Fifa 15: cartas do modo Ultimate Team passam a ter valores tabelados



Preço de Messi nos leilões, por exemplo, terá que ser 5 e 7, 5 milhões (Foto: Divulgação)

Preço de Messi nos leilões, por exemplo, terá que ser 5 e 7, 5 milhões (Foto: Divulgação)

A semana começou com uma notícia que pegou os fãs de Fifa, mais precisamente do modo Ultimate Team, de surpresa. A EA Sports anunciou a introdução de uma nova política no mercado de transferências, que irá se chamar “Price Ranges” (categoria de preços). Ela irá fixar um valor mínimo e máximo para todos os itens negociáveis do FUT (jogadores, consumíveis, cartas de forma e itens de clube).

Na teoria, a medida, segundo a produtora canadense, servirá para ajudar os gamers a compreender o valor dos jogadores em seus clube, garantir condições de uma concorrência equilibrada nos leilões e, é claro (e principalmente), restringir mais a circulação de moedas “ilegais” no mercado.

Via Twitter, a EA Sports anunciou que os leilões, que ficaram boa parte desta segunda fora do ar, estão liberados já com os valores das cartas contendo um mínimo e máximo. E, também, explicou que o critério dos preços tabelados é baseado em uma análise das médias dos itens ao longo dos últimos anos. Já as cartas especiais (IF), só receberão uma faixa de preço após a liberação das mesmas, podendo ser ajustadas futuramente.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

E aí, fifeiro, o que você achou da nova política adotada pela pela EA? Deixei sua opinião nos comentários.

 

 



MaisRecentes

São Paulo se torna o 4º gigante brasileiro exclusivo em PES 2019



Continue Lendo

Vai encarar? Copa Kinoplex PES 2018 vai misturar cinema com jogatina



Continue Lendo

Análise Press Start – No Heroes Here



Continue Lendo