Análise Press Start – WWE 2K17



Na Análise Press Start de hoje, vamos embarcar em um universo onde tudo vale dentro do ringue… E às vezes até mesmo fora dele! Confira o que achamos de WWE 2K17.

Em time que está ganhando não se mexe!

Quando nos deparamos com um daquele jogos que são lançados anualmente, duas coisas podem acontecer: ou os produtores perdem a mão e estragam um trabalho inteiro com inovações bizarras, ou percebem que estão no caminho certo e apresentam adições que realmente agradam aos fãs.

Com isso em mente, WWE 2K17 chega com um elenco maior de lutadores, mais opções de customização e gerenciamento e algumas outras novidades que corrigem algumas pequenas falhas de jogos anteriores, mas não trazem mudanças drásticas à franquia.

WWE 2K17 é, como seu astro de capa, Brock Lesnar, gigantesco. E não estamos falando apenas dos quase 60gb que são necessários para baixá-lo juntamente com a primeira atualização. Há muito o que se fazer no game. Desde os já tradicionais MyCareer e Universe mode, há diversas opções de combates entre os mais de 150 lutadores presentes.

É incrível a variedade de opções apresentadas no game. É possível lutar mano-a-mano, dois contra dois, três contra três, quatro contra quatro e até mesmo seis contra seis, em diversos estilos de combates e torneios.  E agora vamos falar um pouco sobre a jogabilidade nestes embates.

Mais um pouco de ‘se não está quebrado, não tente consertar’

A jogabilidade de WWE 2K17 é bastante parecida com a de seu antecessor. É claro, o game traz alguns pequenos ajustes e outras adições, mas a luta, no geral, não mudou muita coisa.

A barra de stamina ainda é algo com o que você deve se preocupar. Não dá pra sair atacando o inimigo de maneira desenfreada. Além disso, chutar, fazer uma reversão e ‘pregar’ o adversário no chão também não foram alterados.

Mas algumas pequenas mudanças foram feitas para ajustar a sintonia fina do gameplay. A parte de submissão ganhou uma versão alternativa, o wrestling também recebeu algumas alterações e é possível provocar o adversário para ganhar um bônus por um curto tempo.

A parte que mais gostamos é quando pudemos levar as lutas para fora do ringue. E não estou falando sobre a área ainda às vistas do público. É possível sair na mão em diversas áreas dos ‘bastidores’ das arenas, e usar alguns objetos que por lá estiverem, como até mesmo uma mala, para atacar seu adversário. Viva a bizarrice do WWE!

Modos de jogo

WWE 2K17 brilha em seus dois principais modos de jogo: MyCareer e Universe. O primeiro é exatamente o que você imagina. Criar um personagem customizado, ganhar experiência ao longo dos anos e buscar seu espaço entre as estrelas da organização.

O bacana do MyCareer é poder vivenciar algumas áreas da vida do lutador fora do ringue também. É possível, por exemplo, ganhar uma graninha extra com acordos comerciais.

Mas falando da parte prática, WWE 2K17 traz algumas boas novidades ao MyCareer, como por exemplo criar rivalidades com outros atletas e a possibilidade de possuir mais de um cinturão ao mesmo tempo.

O ponto negativo do modo é a ausência das meninas. Não é possível criar um personagem feminino e lutar pelo cinturão do Women’s Championship, o que é, com certeza, uma decepção.

Já o Universe mode subiu de patamar na prateleira. A primeira novidade que vemos é a possibilidade de ter até três ‘saves’ de progresso, ao contrário de apenas um que tínhamos na versão passada.

Mas são as pequenas coisas que realmente chamam atenção, e, a princípio podem parecer supérfluas, mas com o tempo mostram que fazem bastante diferença em nossa experiência.

Discussões e combates no backstage, novos, melhores e mais dinâmicos ângulos das câmeras trazendo mais realismo, a iluminação deixando tudo mais vívido e correto… No final das contas você percebe que elas são bastante importantes.

Gráficos e sons

Como já era de se esperar de um jogo da 2K, os gráficos estão impecáveis. Praticamente todas as estrelas do WWE foram recriadas perfeitamente, com um outro lutador que recebeu menos atenção.

As arenas também estão incríveis, o que deixa os modos MyCareer e Universe com um tom ainda mais reais, já que não só os atletas, mas toda a ambientação parece demais com o que vemos na TV.

Na parte de áudio, vale o destaque para a trilha sonora do game, que conta com músicas escolhidas por ninguém menos que Sean ‘Diddy’ Combs, faz jus à expectativa criada.

CONCLUSÃO:

WWE 2K17 dá sequência ao trabalho realizado na versão passada, e apresente adições e ajustes que melhoram a experiência geral do game. Elenco enorme de lutadores, modos de jogo divertidos, gráficos e áudio de primeiro mundo… Tá esperando o que para comprar?

PONTOS POSITIVOS:

  • Mais de 150 lutadores
  • Modos MyCareer e Universe são excelentes
  • Pequenos ajustes melhoraram muita coisa

PONTOS NEGATIVOS:

  • Não é possível fazer o MyCareer com uma mulher
  • Telas de loading são longas

NOTA: 9/10

Gostaríamos de agradecer à 2K Games, que nos cedeu uma cópia de WWE 2K17 para PS4, plataforma usada nesta análise.



MaisRecentes

Análise Press Start – Marvel vs. Capcom: Infinite



Continue Lendo

Análise Press Start – Destiny 2



Continue Lendo

Análise Press Start – PES 2018



Continue Lendo