Análise Press Start – Street Fighter 30th Anniversary Collection



A Análise Press Start de hoje pode ser definida como um grande mergulho na história não só dos jogos de luta, mas dos videogames em si. Confira o que achamos de Street Fighter 30th Anniversary Collection.

Uma viagem no tempo, uma que nos leva direto para o ano de 1987 (coincidentemente o ano de nascimento deste que vos escreve), deixa seus passageiros no meio de um turbilhão criado por um fenômeno da época, um que ninguém esperava e tomou conta do mundo dos games.

Parecia algo como visto apenas em filmes, mas daqueles de terror, onde um vírus se espalha sem ninguém entender muito bem como ou por que, e, de uma hora para outra, todos estão contaminados. Só que Street Fighter era uma “contaminação” boa, e todos corriam para os seus fliperamas favoritos para experimentar a sensação do momento.

Claro, já se passaram mais de 30 anos desde o estouro do game, mas, dificilmente vimos ao longo deste período outros concorrentes do gênero de luta com tamanho sucesso. Mais que isso, Street Fighter criou uma linha inteira de sucessores, não só dentro dos arcades e consoles, mas em outras áreas, como filmes e quadrinhos.

E justamente pensando nessa era que se passou nas últimas três décadas, a Capcom acaba de lançar uma coletânea pra lá de especial, com alguns dos principais lançamentos da franquia Street Fighter reunidos em um pacote que deixa qualquer fã com olhos marejados de emoção. São 12 títulos no total: Street Fighter, Street Fighter II, Street Fighter II: Champion Edition, Street Fighter II: Hyper Fighting, Super Street Fighter II, Super Street Fighter II: Turbo, Street Fighter Alpha, Street Fighter Alpha 2, Street Fighter Alpha 3, Street Fighter III, Street Fighter III: 2nd Impact e Street Fighter III: Third Strike.

E o que podemos dizer desta coletânea? É um passe para uma franquia de absoluto sucesso, dominante no mercado de games por suas três décadas de vida, e que deve ser parte da experiência de todo gamer. É a chance de conhecer suas origens um tanto quanto atribuladas com o primeiro jogo, e ver sua evolução absurda para um dos lançamentos mais bem sucedidos da história. De mergulhar nos belos gráficos da série Alpha, e de ter a felicidade de experimentar aquele que é considerado por muitos o melhor jogo de luta de todos os tempos: Street Fighter III.

Vale ressaltar que dos 12 jogos presentes, 4 possuem funcionalidade online: Street Fighter II Hyper Fighting, Super Street Fighter II Turbo, Street Fighter Alpha 3 and Street Fighter III: Third Strike. É possível duelar em partidas casuais e ranqueadas e ganhar ou perder pontos de experiência para conquistar faixas de diversas cores. Durante nosso período de testes, encontramos conexões lisas e sem qualquer lag.

E se já não tivéssemos sido agraciados com a coletânea em si, ainda está presente nela um Museu, com documentos originais de cada jogo, perfis dos personagens, artes conceituais e muito mais. Uma linha do tempo interativa mostra cada jogo lançado até 2018, com trivias e outros fatos interessantes. Além disso, ainda é possível zapear pelas trilhas sonoras clássicas de cada game.

CONCLUSÃO

Street Fighter 30th Anniversary Collection é uma das melhores coletâneas já feitas. São 12 jogos sensacionais de luta, incluindo um considerado o melhor de todos os tempos. É um banho de nostalgia em quem vivenciou os games originais nos fliperamas e uma chance incrível para quem não fez parte da febre descobrir o motivo de tanto sucesso.

PONTOS POSITIVOS

– Grande coleção de jogos por um preço acessível
– Modo Museu
– Jogabilidade mantida dos originais

PONTO NEGATIVO

– Online presente em apenas 4 dos 12 jogos

NOTA: 9/10

Gostaríamos de agradecer à Capcom, que nos cedeu uma cópia de Street Fighter 30th Anniversary Collection para PS4, plataforma usada nesta análise



MaisRecentes

PES 2019 ganha vídeo com revelações; assista



Continue Lendo

Destaques da E3: detalhes e gameplay de Assassin’s Creed Odyssey



Continue Lendo

Análise Press Start – Dark Souls Remastered



Continue Lendo