Análise Press Start – Project Cars



É com muito prazer que chegamos à análise desta semana. Dizemos isso porque finalmente fomos apresentados a um game de corrida da nova geração. Estamos falando do espetacular Project Cars.

Se você é fã do automobilismo em sua concepção mais pura, então corra para a loja mais próxima e compre uma cópia de Project Cars. Nada de colocar pinturas chamativas, rodas cromadas ou modificar o capô. Neste game fantástico da Slightly Mad Studios e da Bandai, piloto e carro precisam se tornar um só na pista.

Em Project Cars, você passa por alguns estágios de jogabilidade. Primeiro você faz o possível para apenas tentar manter o carro dentro das duas linhas, e acredite na gente: é muito mais difícil do que parece. Quando finalmente há um controle maior do veículo, depois de horas se acostumando com as características dele, chega a hora de masterizar os circuitos. Cada curva, cada freada e retomada de aceleração importa para atingir o primeiro lugar. E isso tudo começa do zero outra vez ao se deparar com uma nova categoria, novos carros e novas pistas. Ou seja: são horas sem fim de desafios.

Como se tudo isso não fosse suficiente, ainda existem, obviamente, os adversários correndo contra você na pista. E eles não vão fazer nada para facilitar sua vida. A inteligência artificial é bastante agressiva e competitiva, elevando o nível do jogo e te forçando a dar sempre o seu melhor. Mesmo quando você acha que abriu muita vantagem sobre o segundo colocado, ele ressurge no seu retrovisor trazendo toda a cavalaria junto.

Como dito acima, Project Cars traz uma quantidade absurda de entretenimento, com suas diversas pistas e vários modelos de carros (Veja no fim desta matéria a lista completa de veículos e circuitos). E cada um deles tem suas características próprias. Não pense que duas BMW’s serão iguais, simplesmente por serem da mesma marca. Portanto, prepare-se para passar horas tentando dominar todos eles.

Caso você não seja fã de multiplayer, não se preocupe, pois a parte offline de Project Cars é excelente. Além das corridas rápidas, há um modo carreira, que apesar de não trazer nada de inovador, ainda assim é bastante divertido, e um dos principais responsáveis por te ‘forçar’ a aprender a dirigir os mais variados modelos de carros, em todas situações climáticas possíveis.

Mudanças climáticas, aliás, são, sem sombra de dúvidas, um dos pontos mais fortes do game. Seja sob um sol escaldante, que causa aquela miragem na pista, ou debaixo de um temporal impiedoso, Project Cars traz gráficos esplendorosos. Sem brincadeira, pegue uma pessoa desavisada, e jogue em um circuito com chuva, usando a câmera de dentro do carro. Muito provavelmente você vai conseguir fazer a corrida se passar por realidade. O efeito da água caindo no para-brisas, sendo retirada pelo limpador, e caindo novamente é hipnotizante.

Apesar de ser praticamente uma obra-prima, Project Cars apresenta pequenos problemas. Pelo menos a princípio, encontramos muita dificuldade para acessar o modo multiplayer. E quando conseguimos, nos deparamos com muito lag nas corridas, o que, definitivamente impossibilitou qualquer diversão, uma vez que você poderia ser atingido, do nada, por um carro adversário que surgia por trás e te jogava rodando, e em algumas vezes, voando, para fora da pista. Mas nada que alguns ajustes e e updates não resolvam no futuro.

Confira a lista completa de carros:

  • Alpine A450
  • Ariel Atom 300 Supercharged
  • Ariel Atom 500 V8
  • Aston Martin Rapide S Hydrogen Hybrid
  • Aston Martin Vantage GT3
  • Aston Martin Vantage GT4
  • Audi R18 TDI LMP1
  • Audi R8 LMS Ultra
  • Audi R8 V10 Plus
  • BAC Mono
  • BMW 1 M CoupÈ (E82)
  • BMW 320 Turbo Gr.5 (E21)
  • BMW M3 Gr.A (E30)
  • BMW M3 GT (E92)
  • BMW M3 GT4 (E92)
  • BMW Z4 GT3
  • Caper Monterey Stockcar
  • Caterham Seven Classic
  • Caterham Superlight R500
  • Caterham SP/300R
  • Ford Capri Zakspeed Gr.5
  • Ford Escort RS1600
  • Ford Focus RS
  • Ford Mustang Boss 302R1
  • Ford Mustang Cobra SCCA TransAm
  • Ford Sierra RS500 Cosworth Gr.A
  • Formula Gulf 1000
  • Ginetta G40 Junior
  • Ginetta G55 GT3
  • Ginetta G55 GT4
  • Gumpert Apollo S
  • Lotus 49 Cosworth
  • Lotus 72D Cosworth
  • Lotus 78 Cosworth
  • Lotus 98T Renault
  • Marek RP219D LMP2
  • Marek RP339h (PM 06a) LMP1
  • McLaren 12C
  • McLaren 12C GT3
  • McLaren P1
  • Mercedes-Benz 190E 2.5-16 Evo2 DTM
  • Mercedes-Benz 300SEL 6.8 AMG
  • Mercedes-Benz A45 AMG
  • Mercedes-Benz SLS AMG
  • Mercedes-Benz SLS AMG GT
  • Mitsubishi Lancer Evo X FQ400
  • Oreca 03 Nissan
  • Pagani Huayra
  • Pagani Zonda R
  • Palmer Jaguar JP-LM
  • Radical SR3 RS
  • Radical SR8 RX
  • Renault Clio Cup
  • Renault MÈgane R.S. 265
  • Ruf CTR3
  • Ruf RGT-8
  • Ruf RGT-8 GT3
  • RWD P20 LMP2
  • RWD P30 LMP1
  • SMS Formula A
  • SMS Formula B
  • SMS Formula C
  • SMS Formula Rookie
  • SMS Kart 125cc (Kart01)
  • SMS Superkart 250cc (Kart02)

LIMITED EDITION CAR PACK

  • Sauber C9 Mercedes
  • Mercedes-Benz C-Class Coupe DTM
  • McLaren F1
  • Ford Mk. IV
  • BMW M1 Procar (E26/1)

MODIFIED CAR PACK

  • Ariel Atom Mugen
  • Ruf CTR3 SMS-R
  • Pagani Zonda Cinque Roadster

CARRO GRÁTIS

  • W Motors Lykan HyperSport – Free Car #1

 

Veja os circuitos do game:

 

Pistas reais:

  • Le Mans (dois tipos)
  • Laguna Seca
  • Donington Park (dois tipos)
  • Bathurst
  • Oulton Park (três tipos)
  • Road America
  • Imola
  • Watkins Glen (dois tipos)
  • Brands Hatch (dois tipos)
  • Dubai Autodrome (cinco tipos, incluindo um de kart)
  • Hockenheimring (três tipos)
  • Monza (dois tipos)
  • Oschersleben (dois tipos)
  • Silverstone (quatro tipos)
  • Zolder
  • Cadwell Park (três tipos)
  • Le Circuit Bugatti
  • Road America
  • Snetterton (três tipos)
  • Sonoma Raceweay (três tipos)
  • Spa Francochamps GP
  • Brno GP
  • Willow Springs (dois tipos)

Pistas fictícias

  • Azure Coast (cinco tipos)
  • Azure Circuit
  • California Highway (cinco tipos)
  • Glencairn karting circuit (seis tipos)
  • Belgian Forest
  • Besos (dois tipos)
  • Eifelwald (oito tipos)
  • Lakeville (três tipos)
  • Moravia Circuit
  • Sakitto (três tipos)

 

CONCLUSÃO:

Project Cars é fantástico. Gráficos impecáveis, jogabilidade precisa e desafiadora, variedade enorme de pistas e circuitos são apenas alguns pontos fortes do game, que consegue preencher a lacuna que nenhum outro game pôde, de verdadeiro jogo de corrida da nova geração. É um jogo obrigatório para os fãs da alta velocidade.

Pontos Positivos:

– Gráficos perfeitos
– Jogabilidade desafiadora
– Variedade de pistas e carros

Ponto Negativo:

– Problemas de conexão no modo multiplayer

NOTA: 9,5/10

*Gostaríamos de agradecer à Bandai, que nos cedeu uma cópia de Project Cars para PS4, plataforma usada nesta análise.



MaisRecentes

Novo trailer “Como É Bom Ser Mau” mostra vilões de Injustice 2



Continue Lendo

“A Evolução do Videogame” conta a história de quase meio século dos jogos eletrônicos durante a BGC



Continue Lendo

Razer lança “Paid to Play”, plano de recompensas para gamers



Continue Lendo