Análise Press Start – Mortal Kombat XL



A Análise Press Start de hoje começa com um toque de Déjà Vu. Quase um ano depois, iremos avaliar Mortal Kombat X, mas desta vez, a versão kompleta e melhorada, chamada de XL. Confira!

Mortal Kombat X turbinado

Em abril de 2015, Mortal Kombat X chegou ao mercado com as credenciais de ser o melhor game da franquia, e um dos melhores de luta da nova geração de consoles.

Mas, como já se fez virar costume, os games atuais têm recebido inúmeros conteúdos através de DLC’s pagos, e com MKX não foi diferente. Por todo o ano passado, lutadores, skins e até mesmo um novo cenário foram adicionados.

Além disso, pequenos updates corrigiram pequenos bugs que comprometiam a jogabilidade de MKX. Ou seja, praticamente um ano após seu lançamento, o jogo finalmente está do jeito que deve ser.

Para quem não comprou MKX, ou não adquiriu as DLC’s, uma nova janela se abre para o torneio mais sangrento do universo. Mortal Kombat XL chega com todo o konteúdo adicional já lançado, e um novo netcode, que promete aperfeiçoar o modo online do game.

Novos kombatentes geram reações opostas

Mortal Kombat XL traz todo o conteúdo adicionado pelos Kombat Packs 1 e 2. Ou seja, várias novas skins para alguns personagens, além de oito personagens para entrar na pancadaria.

E quatro destes novos lutadores são alvo de uma certa polêmica. É válido adicionar personagens de fora do universo de Mortal Kombat?

Alien, Predador, Jason Vorhees e Leatherface foram alvo de críticas de alguns fãs mais ferrenhos de Mortal Kombat, que preferiam personagens originais da série ao invés de ícones do terror.

Mas, por outro lado, muita gente achou muito bacana, incluindo este que vos escreve, trazer personagens que habitam nossos piores pesadelos para um dos games mais sangrentos da história.

O melhor Mortal Kombat da história!

Quando avaliamos Mortal Kombat X, demos nota 9 para o game, inclusive considerando o game o melhor da história da franquia. Portanto, não vai ser tão impactante dizer isso novamente, mas temos que ressaltar o trabalho da Netherrealm em pegar algo que já era ótimo e conseguir evoluir ainda mais.

Uma das críticas que fizemos ao MKX foi o fato de ter que pagar para usar personagens clássicos, como Goro e Tanya, Mas Mortal Kombat XL acaba com esse problema, trazendo o game totalmente kompleto.

Além disso, esse quase um ano de ‘experiência’ que MKX teve dá a MKXL a capacidade de apresentar uma jogabilidade sem quaisquer bugs ou falhas, incluindo um aprimoramento sensível no modo online. Chega de lag!

Uma pena que isso não tenha acontecido já no MKX original. Acredito que muita gente que comprou o game acabou não adquirindo os DLC’s, deixando de aproveitar muito conteúdo bacana.

CONCLUSÃO:

Mortal Kombat XL é a experiência definitiva do game original, lançado em abril de 2015. Novos lutadores, novas skins e um novo cenário, além de balanceamentos no gameplay, um modo online completamente melhorado… Não faltam justificativas para você comprar essa belezinha.

PONTOS POSITIVOS:

  • Mortal Kombat X enfim kompleto
  • Jogabilidade e modo online aperfeiçoados

PONTOS NEGATIVOS:

  • Não há

NOTA: 10

Gostaríamos de agradecer à Warner Brasil, que nos cedeu uma cópia de Mortal Kombat XL para PS4, plataforma usada nesta análise.

 



MaisRecentes

Campeonato Brasileiro de League of Legends ganha novo formato em 2018



Continue Lendo

Análise Press Start – Star Wars Battlefront II



Continue Lendo

Brasileiro vence campeonato internacional 1×1 de League of Legends



Continue Lendo