Análise Press Start – LEGO Star Wars: The Force Awakens



Na Análise Press Start de hoje, vamos viajar pelas galáxias, com nossos sabres de luz em mãos, para ver se LEGO Star Wars: The Force Awakens merece nossos elogios.

O poder da força é grande!

Depois de conseguir reacender a chama que há muito estava fraca na franquia Star Wars, O Despertar da Força desembarca seus poderes no mundo de LEGO, e faz isso muito bem.

Não é segredo que os games de LEGO são divertidos, mas também acabam sendo um tanto repetitivos, no geral. Cada novo título traz suas particularidades, mas, no final das contas, a sensação é sempre parecida.

Ainda que Star Wars: The Force Awakens não seja uma completa revolução, o game consegue introduzir novos aspectos que realmente melhoraram a experiência que temos no jogo.

Além do gameplay em si, algo que Star Wars: The Force Awakens faz com maestria, e que não vimos em outros jogos da série, é contribuir para a história do próprio filme. Sim, o game te dá mais conteúdo sobre O Despertar da Força, com cenas que não apareceram no cinema além de mostrar eventos anteriores aos da produção da Disney.

E como está o gameplay?

No início, tudo parece bem familiar em LEGO Star Wars: The Force Awakens. Sabre de luz na mão, habilidades especiais a um toque de distância e muita pancadaria e destruição do cenário.

Mas as novidades começam a aparecer logo assim que o tutorial termina. A primeira delas é o elemento de cover and shoot, que proporciona uma variação importante na maneira com a qual você encara as hordas de inimigos. A adição de elementos do cenário, como explosivos, aumentam ainda mais seu arsenal.

Mas, provavelmente, a maior adição ao gameplay sejam as batalhas aéreas. Apesar de voar, em si, não ser algo novo na franquia, The Force Awakens amplia essa mecânica com perseguições intensas, dignas de jogos maiores de Star Wars.

Outra parte que recebeu uma refrescada foi a dos puzzles. Além dos já tradicionais que estamos acostumados a ver nos jogos LEGO, o novo sistema multi-build faz das construções um quebra-cabeça mais elaborado. Outra novidade é a possibilidade dos inimigos usarem o sistema de build a seu favor.

Mas as novidades no gameplay não são os únicos motivos de LEGO Star Wars: The Force Awakens se destacar de seus irmão mais velhos. Algumas mudanças na interface deixaram o visual do game mais ‘clean’, fugindo da confusão de games anteriores.

Com as limitações de um jogo ‘feito’ com peças de LEGO, The Force Awakens se destaca de games anteriores da franquia, e, apesar de, obviamente não concorrer com games AAA como The Witcher 3 ou Final Fantasy XV, merece o reconhecimento pela evolução gráfica.

CONCLUSÃO:

LEGO Star Wars: The Force Awakens é sem dúvidas o melhor game da franquia nos últimos tempos. Trazendo uma revigorada nas mecânicas, adicionando conteúdo à história de O Despertar da Força, com o bom humor de sempre, o jogo é uma excelente opção para se divertir.

PONTOS POSITIVOS:

  • Novas mecânicas no gameplay
  • Conteúdo adicional para O Despertar da Força
  • Visual bem bonito

PONTO NEGATIVO: 

  • Loadings demorados

NOTA – 9/10

Gostaríamos de agradecer à Warner Brasil, que nos cedeu uma cópia de LEGO Star Wars: The Force Awakens para PS4, plataforma usada nesta análise.



MaisRecentes

Cavaleiros do Zodíaco vai ganhar um jogo do gênero MMORPG



Continue Lendo

paiN Gaming e Team oNe disputam a taça do CBLoL e final poderá ser assistida nos cinemas



Continue Lendo

Novo gameplay de Fifa 18 traz Neymar fazendo malabarismo e Jesus ‘realista’



Continue Lendo