Análise Press Start – Fifa 18



A Análise Press Start de hoje é sobre um dos games que os fãs mais aguardam todos os anos, e que, mais uma vez, está na disputa pelo prêmio de melhor em sua categoria. Confira o que achamos de Fifa 18.

A franquia Fifa da EA Sports é uma das mais solidificadas no mercado de games mundial, com uma base de fãs gigantesca. Todos os anos o título trava uma batalha contra seu maior concorrente direto, o Pro Evolution Soccer, para determinar qual é o melhor jogo de futebol que existe. Mas, Fifa 18 dá um passo a frente, deixando PES ainda mais para trás, e passa a encarar a disputa pelo troféu de melhor game de esportes, no geral, tendo titãs como o NBA 2K18 como adversários nessa disputa.

A EA Sports já havia trazido um jogo bastante completo em Fifa 18, mas a versão desta temporada consegue ser melhor em tudo. Vamos começar pelo o que é considerado o maior motivo pelo domínio de Fifa sobre PES: a jogabilidade. O ritmo das partidas mudou, está um pouco desacelerado, mas ainda acompanha o estilo do futebol moderno, sabendo ser cadenciado quando precisa, e mais explosivo nos contra-ataques, por exemplo. A Frostbite introduziu ainda mais animações nos movimentos dos jogadores, desde uma simples corrida lateral, passando por toques de três dedos até os dribles (que estão ainda mais soltos e dinâmicos).

Os gráficos de Fifa 18 estão espetaculares. Outro ponto onde a Frostbite trabalhou pesado no game. Os jogadores estão ainda mais parecidos com os da vida real, e os estádios receberam detalhes para recriar a atmosfera das mais variadas praças, seja no mais “frio” futebol da Premier League, ou nos caldeirões criados aqui na América do Sul. As torcidas merecem um destaque nesse quesito, já que esse ano não parecem mais ser feitas de papelão. Agora são em 3D, e reagem de maneira mais natural e humana, até mesmo indo comemorar um gol com os jogadores no limite da arquibancada.

Outra novidade do ano passado que está ainda melhor em Fifa 18 é A Jornada. O modo que conta a história do inglês Alex Hunter está ainda mais profundo e divertido. Se na primeira temporada o jogador era um desconhecido em busca de seu lugar ao sol, dessa vez temos que lidar com as repercussões da fama. Viagens ao redor do mundo, encontro com estrelas do esporte, como Cristiano Ronaldo e Griezmann, e até mesmo a estrela de capa de NBA Live 18 James Harden, e transferências para os maiores clubes da Europa são apenas alguns dos temperos que ajudam a fazer do modo uma versão bem verossímil da vida de um jogador de futebol de sucesso. Vale ressaltar a possibilidade de poder customizar o visual de Hunter, adicionando tatuagens e mudando o corte de cabelo, por exemplo.

Mas a mudança mais impactante em um modo offline de Fifa 18 pode ser encontrada na Carreira. Mais uma vez a Frostbite mostrou seu poder, e agora o modo está mais “visual” do que nunca. As negociações são feitas de maneira dinâmica e em tempo real, com muito mais opções na hora de contratar um novo jogador. Os menus também ganharam alguns updates gráficos e agora a Central mostra as últimas notícias com fotos e vídeos para ilustrar as novidades.

Partindo para o mundo online, o modo mais popular de Fifa também está melhor. O Ultimate Team mantém sua estrutura de sucesso e adiciona algumas novidades que vão tornar o modo ainda mais competitivo e divertido. Se no ano passado tivemos a introdução do FUT Champions, a novidade nessa temporada fica por conta das Squad Battles. São partidas offline contra times montados por jogadores comuns ou por celebridades que te dão pontos para subir no ranking em busca de uma classificação e prêmios melhores. Uma ótima alternativa para começar sua vida no FUT.

CONCLUSÃO

Fifa 18 dá mais um salto em busca da perfeição. Com jogabilidade e gráficos mais realistas, e modos de jogo mais profundos e divertidos, o game briga firme pelo título de melhor game de esportes do ano. Abre o olho, NBA 2K18!

PONTOS POSITIVOS

– Jogabilidade mais solta
– Atmosfera dos estádios está incrível
– Modos de jogo ainda melhores

PONTOS NEGATIVOS

– Não há!

NOTA: 10/10

Gostaríamos de agradecer à EA Sports, que nos cedeu uma cópia de Fifa 18 para PS4, plataforma usada nesta análise.



  • Marcos Eduardo

    Me desculpe querido amigo mas eu, usuário comum, vejo esse FIFA com bem menos atrativos para a compra. Se pegarmos a questão gráfica, a evolução é mínima agora o principal, que são a adição de ligas e estádios, o FIFA ainda deve muito. Adicionar apenas a 3ª divisão alemã? Liga espanhola e francesa com 2 estádios? Muito pouco. A ambientação dos estádios é muito rasa, com coisas feitas no la bombonera que patches já fazem há milênios. A ambientação asiática por exemplo está muito longe da realidade. Enfim, pra quem tem o 17 não precisa mudar não.

MaisRecentes

Bethesda divulga trailer de lançamento de Wolfenstein II: The New Colossus



Continue Lendo

Expansão Corridas Metamorfose já está disponível para GTA Online



Continue Lendo

Atualização de temporada já está disponível em F1 2017



Continue Lendo