Análise Press Start – F1 2017



A Análise Press Start de hoje vai nos levar para dentro do cockpit de um carro capaz de atingir velocidades superiores aos 300km/h. Confira o que achamos de F1 2017.

F1 2017 é uma representação em formato de videogame do que acontece no Campeonato Mundial de Fórmula 1 da vida real. Com isso queremos dizer que a nova era da modalidade esportiva, mais dinâmica e emocionante, desembarcou também nos consoles e PCs.

A base dos jogos de Fórmula 1 da Codemasters sempre foi o modo carreira. E essa tradição ganhou ainda mais força com F1 2017. O nível de autenticidade e realismo foi elevado, com novas animações e interações com sua equipe, além de mais cenas de dentro dos boxes.

O novo sistema de upgrades é mais um grande passo dado em relação ao game do ano passado. Ele permite que você possa focar o trabalho de sua equipe nas melhorias em áreas fundamentais, como aerodinâmica e potência dos seus carros. E cabe ao jogador decidir onde seus pontos serão gastos, e isso varia de acordo com as necessidades de cada escuderia. Isso fica mais simples quando o jogo te mostra de uma maneira mais direta uma comparação entre a performance de sua equipe em comparação com as rivais.

Os carros, aliás, estão espetaculares. Cada uma das máquinas das dez equipes foi recriado de maneira impecável, até os últimos detalhes. E a qualidade dos gráficos vai além dos veículos, com uma ambientação fantástica. As pistas estão incríveis, o sistema de iluminação e o clima dinâmico contribuem para uma recriação absolutamente fiel da vida real.

Mas carro nenhum no mundo vive só de beleza, não é mesmo. E F1 2017 também fez seu dever de casa no quesito jogabilidade. O controle dos veículos é perfeito, com uma precisão e respostas nos comandos assustadoras. Achamos incrível ver a Codemasters recriar a sensação que os pneus mais largos dão ao piloto, possibilitando freadas mais tardias e curvas mais fechadas, sem perder tanto a direção.

Outro ponto que merece os elogios foi a inclusão de carros clássicos da história da Fórmula 1. São 12 máquinas, ao todo, incluindo a lendária McLaren que o nosso saudoso Ayrton Senna pilotou em 1988. Para quem é fã do esporte, poder não só visualizar, mas experimentar a evolução da modalidade ao longo dos anos é algo simplesmente fantástico.

Toda a emoção das corridas pode ser levada para o mundo online também, e, desta vez, de uma maneira muito mais simples e dinâmica. Basta escolher entre corridas curtas ou mais longas, entrar em um lobby e entrar no cockpit de seu carro. Muito bom ver o retorno do campeonato online, para que você compita com seus amigos por toda uma temporada.

Mas, como nem tudo são flores, F1 2017 também comete seus pecados. Alguns menores, e que a maioria nem vai perceber com se incomodar, como replays longos demais, e outros mais graves, como pouco realismo na destruição dos carros após batidas.

CONCLUSÃO:

F1 2017 é o resultado de vários anos criando jogos de Fórmula 1 de ponta. A Codemasters mais uma vez mandou bem demais em seu simulador, com um modo carreira mais robusto, jogabilidade realista e atual, e uma parte audiovisual de tirar o fôlego.

PONTOS POSITIVOS:

  • Modo carreira imersivo e divertido
  • Carros clássicos
  • Jogabilidade realista e responsiva
  • Gráficos e sons excelentes

PONTOS NEGATIVOS: 

  • Destruição dos carros deixa a desejar
  • Replays longos demais

NOTA: 9,5/10

Gostaríamos de agradecer à Codemasters, que nos cedeu uma cópia de F1 2017. Esta análise foi realizada em um PS4 Pro.



MaisRecentes

Análise Press Start – Marvel vs. Capcom: Infinite



Continue Lendo

Análise Press Start – Destiny 2



Continue Lendo

Análise Press Start – PES 2018



Continue Lendo