Análise Press Start – Devil May Cry 4 Special Edition



No ano dos reboots e remasters, chegamos a mais uma análise de uma versão repaginada de um grande jogo do passado. Desta vez, iremos passar nossa impressão de Devil May Cry 4 Special Edition.

Para fazer justiça, antes mesmo de começar a análise, temos que ressaltar que Devil May Cry 4 Special Edition não é simplesmente uma versão mais ‘arrumadinha’ do game lançado originalmente em 2008. Além da repaginada no visual, a presença de três novos personagens jogáveis traz uma nova vida ao título da Capcom.

Tecnicamente falando, as mudanças presentes em Devil May Cry 4 Special Edition são essas: um visual mais polido no PC e nos consoles da nova geração, com suporte a 1080p de resolução com texturas incríveis, mantendo a animação suave de 60fps do original.

DMC4SE é baseado nas mesmas premissas de seu ‘irmão’. Muito hack ‘n slash, tiros e magias pra cima de diversos tipos de demônios e chefões gigantescos e perigosos. Mas aí você se pergunta: por que comprar esta nova versão? Com a adição da possibilidade de controlar Vergil, Trish e Lady, se ganha três novos lados da história, inclusive com cutscenes específicas para cada um deles.

Os fãs da série já devem conhecer o poderoso Vergil, irmão de Dante, que com sua Yamato faz muitos estragos nos demônios que têm o azar de cruzar seu caminho. Seus movimentos exigem mais precisão do que o normal, mas com o tempo isso se tornará tão natural quanto passar uma faca em manteiga.

A maior novidade entre os personagens é a presença da dupla Lady e Trish. Enquanto a primeira é focada em combate mais distante, com sua bazuca, a segunda lembra mais o estilo de Dante, com uma espada longa e um arsenal de armas de fogo.

Outras adições interessantes são o modo turbo, que obviamente aumenta a velocidade do jogo, e do modo Legendary Knight, com uma dificuldade ainda maior para os gamers mais hardcore.

Apesar de todas estas boas novidades, Devil May Cry 4 Special Edition mantém o mesmo problema do original. A câmera, que causou muitas reclamações, foi mantida.

CONCLUSÃO:

Devil May Cry 4 Special Edition é uma aposta certeira para quem não jogou o game original e para os fãs mais antigos da série. Com a adição de três novos personagens jogáveis, suporte a 1080p, e novos modos de jogo, a diversão está garantida por várias horas.

PONTOS POSITIVOS:

– Novos personagens jogáveis
– Novos modos de jogo
– Suporte a 1080p

PONTO NEGATIVO:

– Câmera confusa foi mantida

NOTA: 9/10

*Gostaríamos de agradecer à Capcom, que nos cedeu uma cópia de Devil May Cry 4 Special Edition para PS4, plataforma usada nesta análise.



MaisRecentes

Análise Press Start – Street Fighter V: Arcade Edition



Continue Lendo

Embalado por título, INTZ começa sua trajetória no primeiro split do CBLoL 2018 neste sábado



Continue Lendo

Campeonato Brasileiro de League of Legends estreia Temporada 2018 com novo formato e novo estúdio



Continue Lendo