Análise Press Start – Destiny 2 (Beta)



A Análise Press Start de hoje é sobre a versão de testes de um dos jogos mais aguardados do ano. Confira o que achamos do beta de Destiny 2.

Umas das melhores coisas que as desenvolvedoras e publicadoras de jogos já inventaram foi esse tal de beta. Nada melhor do que uma versão de testes, jogada por quem realmente interessa, para saber o que precisa ser mudado.

No caso de Destiny 2, não hã muito o que ser feito. Mesmo que a Bungie tenha reduzido drasticamente o tamanho da versão de testes, se compararmos com o que foi feito no primeiro game da franquia, pudemos ter um bom panorama do que nos aguarda na versão completa.

Logo de cara já percebemos que o beta não seria exatamente profundo, já que sequer podemos customizar nosso personagem. Só temos a opção de escolher uma das três classes com armas, equipamentos e habilidades pré-selecionados. Não foi possível ganhar XP ou liberar novos perks.

E isso até que foi bom, já que fez o velho joguinho de deixar a gente com gostinho de quero mais. No beta tivemos acesso apenas à primeira missão da Campanha, a um Assalto e dois modos do PVP.

Vamos começar pela Campanha, que, logo de cara, já mostra que, se a Bungie mantiver o nível no conteúdo restante, teremos algo realmente especial em nossas mãos. Foi muito bacana ver nosso guardião interagindo com NPCs enquanto o mundo (A Torre) caía depois de uma invasão Cabal.

Um dos pontos altos desta primeira missão foi quando tivemos que encarar hordas de inimigos na praça principal da Torre, e, de maneira sutil e praticamente imperceptível, nos juntamos a outros jogadores reais para tentar deter o avanço Cabal. Se esse matchmaking se mantiver para a versão completa, será muito mais divertido e natural.

A jogabilidade é essencialmente a mesma do primeiro jogo, talvez com alguns ajustes. Foi interessante poder testar uma grande quantidade de armas, numa escala de variedade bem extensa também. Além disso, o novo sistema de classificação delas surpreendeu, mas, parece ser algo que de fácil adaptação assim que passarmos um pouco mais de tempo com o jogo.

Outra novidade do beta foi a habilidade de suporte das classes. Os Titãs ganharam uma parede protetiva; os Arcanos podem criar um domo que cura você e seus aliados; e os Caçadores agora possuem uma esquiva e recarregamento de armas bastante útil.

Além disso, ainda fomos apresentados a novas subclasses e seus ataques especiais. As Sentinelas, dos Titãs, possuem um incrível escudo, bastante usado para suportar hordas inimigas; A Dawnblade, dos Arcanos, tem a capacidade de flutuar enquanto, com uma espada em chamas, dispara projéteis absolutamente letais; e o Arcstriker, dos Caçadores, ganha uma espécie de bastão e é capaz de aplicar uma sequência de golpes avassaladores.

A parte multiplayer do beta mostrou que, no Crisol, tivemos uma redução no número de jogadores em cada time para quatro, mas não sabemos se isso é algo exclusivo da versão de testes, ou se será mantido para o jogo completo.

Gostamos muito do que vimos no Assalto. Além da sensação de companheirismo ao jogar com amigos ou pessoas desconhecidas, pudemos notar que há muito mais no sentido da exploração do que tínhamos no primeiro jogo. Ainda que no beta os espaços estivessem desertos, é bom saber que há esperança de termos algo mais significativo do que apenas ir do ponto A ao B, matando X e Y.

CONCLUSÃO:

O beta de Destiny 2 correspondeu às expectativas da comunidade, e entregou conteúdo de muita qualidade e capas de nos deixar sedentos por setembro, quando poderemos colocar as mãos na versão final do game.

PONTOS POSITIVOS:

  • Missão inicial da Campanha é empolgante
  • Assaltos com um possível teor maior de exploração
  • Jogabilidade manteve o padrão

PONTO NEGATIVO:

  • Redução no número de jogadores no PVP

NOTA: 9,5/10

Gostaríamos de agradecer à Activision, que nos cedeu um acesso ao beta de Destiny 2 no PS4, plataforma usada nesta análise.

 



MaisRecentes

Novo gameplay de NBA 2K18 traz atrito entre Durant e LeBron



Continue Lendo

Vai ser dada a largada! Veja o novo trailer de F1 2017 e novidades do game



Continue Lendo

League of Legends chega ao JUBs 2017



Continue Lendo