Análise Press Start – Dead Rising 4: Frank’s Big Package



A Análise Press Start de hoje é a última de 2017. E, nada melhor do que fechar esse ano com uma versão ultra master mega definitiva de um jogaço que acaba de chegar ao PS4, após um longo período de exclusividade no Xbox. Confira o que achamos de Dead Rising 4: Frank’s Big Package.

Dead Rising 4: Frank’s Big Package era um dos poucos títulos que os donos de PS4 ainda não podiam desfrutar em seus consoles. E essa edição não é apenas uma Game of The Year. Além de tudo que foi lançado para a versão original, ela vem com alguns ajustes no gameplay e conteúdo inédito. O gameplay é o mesmo, com algumas melhorias bem-vindas, saindo da loucura que o limite de tempo exercia na franquia e passando para um jogo de ação ainda mais divertido.

A história de Dead Rising 4: Frank’s Big Package começa mostrndo o nosso querido Frank West sendo sugado por uma conspiração do governo repleta de zumbis. Logo após algumas cenas de abertura, somos livres para explorar o mapa inteiro e, claro, devastar os mortos-vivos por onde passarmos.

Dentre as melhorias que mencionamos acima sobre o gameplay, se destaca a clara evolução da inteligência artificial dos inimigos humanos. Quando você para pensar que seres vivos devem agira de maneira mais inteligente que um zumbi, isso vai de encontro com o que tínhamos em games anteriores de Dead Rising. Um dos pontos altos de Dead Rising 4: Frank’s Big Package são os confrontos contra os Maníacos.

Depois de, mais ou menos, 10h, a Campanha de Dead Rising 4: Frank’s Big Package chega ao fim, mas a diversão está só começando. Essa versão de PS4 traz muito mais conteúdo do que a normal já tinha. No meio dessa mistura temos um modo multiplayer competitivo, um epílogo Chamado Frank Rising, que dá ao protagonista habilidades diferentes das que temos no jogo normal e uma novidade que os fãs da Capcom com certeza vão gostar.

Exclusivo de Dead Rising 4: Frank’s Big Package, o Capcom Heroes Mode é um novo jeito de jogar o game, transformando Frank em diversos personagens da Capcom. O resultado é tão absurdo que você se pega gargalhando com os golpes especiais sendo aplicados nas hordas de zumbis. É claro que a dificuldade cai drásticamente, mas o intuito deste modo é entreter e não dificultar.

 

CONCLUSÃO

Dead Rising 4: Frank’s Big Package é a versão definitiva do mais divertido e polidos dos Dead Risings. Além de todo o material já lançado para a edição original, muitas novidades foram introduzidas para dar um sopro de vida no game. Sentimos falta de mais profundidade no multiplayer.

PONTOS POSITIVOS

– Conteúdo em quantidade e qualidade
– Modo Capcom Heroes é MUITO divertido

PONTO NEGATIVO

– Multiplayer muito raso

NOTA: 9/10

Gostaríamos de agradecer à Capcom, que nos cedeu uma cópia de Dead Rising 4: Frank’s Big Package para PS4, plataforma usada nesta análise.



MaisRecentes

Análise Press Start – Yakuza 6: The Song of Life



Continue Lendo

Análise Press Start – Ni no Kuni II: The Revenant Kingdom



Continue Lendo

Torcer, vibrar e se emocionar. Como explicar a paixão por esportes?



Continue Lendo