Análise Press Start – Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados



Prepare-se para uma viagem no tempo. É com imenso prazer que o Press Start traz a análise do mais recente jogo de um dos animes mais bem-sucedidos de todos os tempos, Os Cavaleiros do Zodíaco. Veja o que achamos de Saint Seiya: Alma dos Soldados.

Finalmente um game a altura do anime

Já são mais de 20 anos de muito sucesso no Brasil, e até hoje, Os Cavaleiros do Zodíaco são vistos por milhares de fãs, não só aqui, mas em todo o mundo. E algo que sempre aguardamos ansiosamente é um grande jogo baseado na franquia. Esperamos bastante, mas parece que valeu a pena.

Alma dos Soldados não é um jogo de luta inovador. Mas isso não é necessariamente ruim. Com um sistema de combate simples, com sequências de socos e chutes, aliados a golpes especiais, caracaterísticos de cada personagem, as batalhas realmente lembram muitos as do anime.

MUITA coisa para se liberar

Em um tempo de dlc’s intermináveis, Alma dos Soldados traz de volta algo que sempre foi muito querido pelos gamers. São incontáveis horas buscando liberar personagens, armaduras e cenários.

A quantidade de personagens em Alma dos Soldados é massiva, com variações de armaduras, que garantem visual e técnicas novas. Prepare-se para buscar cavaleiros de bronze, prata, ouro e muito mais.

Além do número simplesmente assustador de cavaleiros, a Bandai se esforçou para incluir uma lista igualmente gigantesca de cenários em Alma dos Soldados. Não vai faltar motivação para continuar jogando.

Jogabilidade ‘feijão com arroz’

Alma dos Soldados não pode ser considerado com um game inovador. O sistema de combate é bastante parecido com Bravos Soldados, jogo que o antecedeu, mas apresenta melhoras significativas na jogabilidade.

Cada um dos vários cavaleiros tem suas próprias habilidades, o que torna a experiência ainda mais imersiva, já que requer horas de prática para masterizar cada um dos personagens.

Com uma sequência simples de botões, é possível aplicar um longo combo no adversário. Cada cavaleiro entra no combate com três diferentes poderes especiais, como o Meteoro de Pégaso, de Seiya, e a Ave Fênix, de Ikki.

A simplicidade do sistema de combate pode se tornar um vilão para o game, já que não oferece tanta profundidade na jogabilidade, e acaba se tornando repetitivo com o tempo.

Gráficos não são ‘atuais’

Apesar de Alma dos Soldados ser o primeiro game de Cavaleiros do Zodíaco a desembarcar no PS4, ainda não explora o poder gráfico do console da nova geração, inclusive apresentando alguns ‘remakes’ de Bravos Soldados.

Não nos entenda mal. Alma dos Soldados não é um jogo feio. Longe disso! Mas deixa a desejar neste quesito, apresentando algumas falhas importantes, como as sombras dos lutadores, que mostram quadrados em seu entorno.

Vale ressaltar que o game roda em 1080p, a 60 quadros por segundo, o que deixa os combates bastante fluidos e sem quaisquer travamentos.

A nostalgia vem com força com a dublagem original

Talvez o ponto que mais tenha sido aclamado pelos fãs do anime é o fato de Alma dos Soldados ter sido completamente localizado para o Brasil. Isso quer dizer que o game está totalmente em português.

E o ápice desta história é a dublagem dos personagens, que usou as mesmas vozes do desenho. Portanto, cada diálogo e golpe especial vai te levar numa viagem no tempo, desenterrando lembranças de quando você ‘aplicava’ um Pó de Diamante nos amigos.

CONCLUSÃO

Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados é feito especialmente para os fãs da franquia. Com um catálogo impressionante de personagens e cenários, o game é a experiência definitiva para quem é apaixonado pelo anime. Para aqueles que não fazem parte deste grupo, é uma excelente porta de entrada no mundo de Seiya e companhia.

PONTOS POSITIVOS:

– Lista absurda de personagens e cenários
– Dublagem original do anime
– Combate simples e fácil de masterizar

PONTOS NEGATIVOS:

– Gráficos não são dignos do PS4
– Pode se tornar repetitivo

NOTA – 8,5/10

*Gostaríamos de agradecer à Bandai/Namco, que nos cedeu uma cópia de Cavaleiros do Zodíaco: Alma dos Soldados para PS4, plataforma usada nesta análise.



MaisRecentes

Ouça a música de Sniper Ghost Warrior 3



Continue Lendo

Novo trailer “Como É Bom Ser Mau” mostra vilões de Injustice 2



Continue Lendo

“A Evolução do Videogame” conta a história de quase meio século dos jogos eletrônicos durante a BGC



Continue Lendo