‘Kieza é um ótimo jogador mas tem temperamento forte, explosivo’



*Por Ana Canhedo

Ao LANCE!, o editor do Jornal A Tarde, de Salvador, Luiz Teles, falou sobre o período em que Kieza passou no Bahia:

– Kieza chegou ao Bahia em 2014, ficou para 2015, era um remanescente da Série A do Campeonato Brasileiro. Começou a temporada muito bem fisicamente, muito acima dos demais e isso fez ele se destacar no Campeonato Baiano e na Copa do Nordeste. Houve depois um período de lesões, que acabou coincidindo com sua renovação de empréstimo junto aos chineses. Depois disso, foi justamente quando ele caiu de rendimento, já não jogava tanto pelos lados e não estava mais tão bem como no começo. Ele foi se recuperar lá pelo meio e final da Série B.

Tecnicamente, tem boa velocidade, talvez não tenha uma grande característica, mas combinando todas elas, é um ótimo jogador. Faz dele um centroavante que marca muitos gols na temporada. Pelo menos aqui ele teve um casamento com a torcida. E também a maneira de jogar do Sérgio Soares o ajudou. Kieza ajudava muito o time na marcação, cobrava, marcava no ataque, isso é um diferencial.

É um atleta com temperamento forte, reclama muito das marcações dos árbitros, reclama com os companheiros de vez em quando e isso pode gerar problemas, aqui nunca gerou. Ele tem esse temperamento um pouco explosivo, gerou muitas expulsões e cartões amarelos, não por violência, reclamação, problemas disciplinares. Fora de campo, as informações que chegam para nós são as melhores possíveis.



MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo