Bernardo no Ceará: um problema escondido



O Ceará tem algo a esconder por entre os muros de seu centro de treinamento. Lá, na sede do Vozâo, adversário do São Paulo nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, reside um Bernardo silencioso, quanto mais distante dos holofotes, melhor.

É assim que o clube nordestino pretende recuperar um jogador cujas chances que teve na vida são proporcionais às confusões que arrumou. O meia, com passagens por Cruzeiro, Santos, Vasco e Palmeiras, sempre saindo pela porta dos fundos, está impedido de falar com a imprensa, pouco conversa com os companheiros, restringe ao máximo as informações sobre sua vida pessoal, bagunçada após o vazamento de um vídeo de cunho sexual com a namorada.

Bernardo vem treinando com o grupo, mas não pode atuar na Copa do Brasil por já ter defendido o Vasco. Era esperança para livrar o time da queda na Série B. Só que foi expulso logo na estreia, tão logo entrou em campo. Pouca gente no Ceará acredita nele. Será que o próprio Bernardo acredita?



MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo