O Fabuloso de Osorio e agora do time



Nos últimos quatro anos, desde que voltou ao São Paulo, Luis Fabiano encarou (ou provocou) a convivência com rótulos. De ídolo artilheiro a bad boy odiado, o camisa 9 também foi tachado de individualista, pronto para reclamar de substituições, passes que não o encontraram ou de colegas fominhas para concluir os lances.

Desde a chegada de Juan Carlos Osorio, Fabuloso se mostrou completamente diferente, da postura tática ao comportamento pessoal. O problema é que a falta de gols trouxe desconfiança, intensificada com a novela mal-acabada sobre sua saída para o México.

Tanto na estreia de Osorio contra o Grêmio como na vitória sobre a Chapecoense, o que se viu foi um Luis Fabiano livre para flutuar à frente da área e pensar mais antes das infiltrações, tantas vezes seguidas por impedimentos. Neste domingo, contra o Corinthians, ele voltou a cumprir o papel. E foi além.

O Fabuloso de Osorio passou a ser também o Fabuloso do time. Que marca a saída de bola adversária, que ajuda Ganso a armar o jogo e que não é não previsível para os zagueiros adversários. Da referência fixa, facilmente desarmada, Luis virou problema pela facilidade em finalizar sem espaço.

As duas bolas na trave do primeiro tempo no Majestoso de ontem comprovam essa mudança: rapidez e explosão. E a postura mais contida a cada lance individualista de Ricardo Centurión, por exemplo, também merece destaque – apesar de poder ser vista como uma obrigação profissional.

E se cumpre as precisas orientações de Juan Carlos Osorio, se joga para o time, coletivamente, se faz a diferença com gols, Luis Fabiano traz para si e para o time o apoio da torcida. Assim, o São Paulo cresce e pode sonhar em ser mais regular neste Campeonato Brasileiro. Assim, talvez a sorte não seja tão cruel e acerte menos a trave.



  • NÓISS FEROIZZ

    IVANILTON!!!

    SEU VAGABUNDO ATOA E MULAMBO…….

    TO T VENDO PELO RETROVISSOR SEU PORCARIA….

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • carlos

      RABINHA TIAZINHA SAFADINHA MASCARADINHA ESTA VENDO TAMBEM PELO RETROVISSOR AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CASSETA DO SEU NEGAÕ PE DE MESA 29 CM CRESENDO SEMPRE ATRAIS DO SEU SOBRECU DE GAYVOTA FIEL GAY ROSA KKKKKKKK CHUPA CHUPA BINHA OU RABINHA TIAZINHA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CASSETA DO SEU NEGAÕ PE DE MESA 29 CM CHUPA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • erick

    Espero muitos gols do LF antes do final do ano… e que a sorte mude tambem para todo o time do SPFC.

  • MODESTO PANGAREEEEEEEEE

    SOU PEQNO SOU DS@N7X1 KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • carlos

      SOU MODESTO CRAQUE BOCA DE FEZES NETA MAIS CONTINUO CHERANDO AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CASSETA DA NAÇAÕ SANTISTA CHEIA DE CEBO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK EO MEU PODEROSO KAGAÕ OU TIMBOSTAÕ EDA ETERNA SEGUNDONA BIBIBIBI 1982 E 2007 EU VIVIVIVI SOU GAYVOTA OTARIA PENSO QUEO MEU TIMBOSTAÕ OU PODEROSO KAGAÕ SEREI BBBB 1982 E 2007 E MAIOR DOQUE O BOTAFOGO DE GUAIANAZES KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • MODESTO PANGAREEEEEEEEE

        sou betu bundau 2 na sua boca e 5 no seu cuzau kkkkkkkkkkkkk

  • Ivan Moysés

    Corinthians time podre ! Joga com medo,tudo atrás,conta com a trave e com a arbitragem para empatar ! Uma vergonha !

  • Roberto Tavares

    Artilheiro dos gols inúteis, acerta mais a trave do que o gol. Bem que o SPFC poderia ter tido a inteligência de liberar esse azarado inútil para o Cruz Azul. Nosso time não ganha nada com ele em campo.

    • carlos

      ROBERTA TAVARES CROSE. RAI VAI LANÇA A BIOGRAFIA DELE VOCEIS CHUPALINA ESTAM DOIDINHA PARA QUELE ABRA O JOGO QUE ELE E ZECA CAMARGO FAIS TROCA TROCA COM VOCEIS CHUPALINAS KKKKKKKKKKKK

      • Roberto Tavares

        Vocês tiveram Edinho traficante preso múltiplas vezes, que vergonha, bando de criminosos kkkkkkkkkkkkkk

  • MODESTO PANGAREEEEEEEEE

    SOU PQNO SOU S@N7X1 KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo