Difícil encontrar paz em Buenos Aires



Não será só pela má fase e pela importância do jogo de quarta-feira contra o San Lorenzo que o São Paulo terá dificuldades para encontrar a paz em Buenos Aires. E a reportagem do LANCE! não precisou de mais do que uma hora para sentir o caos instaurado na cidade com a greve marcada para esta terça-feira.

Os trabalhadores do setor de transportes, desde ônibus e táxis até a aviação comercial, reclamam de novo imposto criado pelo governo federal e farão greve geral. Por isso, a segunda-feira serviu para os argentinos resolverem todos os problemas e tarefas previstas para esta terça. E, assim, criaram muitas outras dores de cabeça.

Por todo canto de Buenos Aires e até nos arredores da pacata província de Avellaneda, o trânsito tomou conta. Para piorar, algumas manifestações foram antecipadas, bloqueando vias movimentadas da capital. Dos quatro taxistas com que a reportagem conversou, três se mostraram favoráveis à greve, mas todos escolheram o futebol como assunto para distrair a tensão do tráfego lento.

O primeiro, Mario Heredia, dividia a atenção do volante com uma edição do “Diário Popular”. Depois, declarou seu amor pelo Racing, cujo distintivo balançava a cada uma das milhares freadas provocadas pelo engarrafamento, deu boas referências de Centurión e avisou insistentemente que torcerá como nunca para o São Paulo, pois detesta o estilo de jogo do San Lorenzo.

Isso tudo ao som da rádio “La Red”, que entrevistou o centroavante Mauro Matos, contestado até pela torcida do Ciclón, e o técnico Edgardo Bauza. O comandante do atual campeão da Libertadores reconheceu que precisa da vitória sobre o Tricolor a qualquer custo e afirmou ter ficado atento à péssima atuação do rival contra o Palmeiras na quarta da semana passada: “Poderia ter sido cinco ou seis”, ressaltou.

Nas outras três corridas de táxi, o duelo do Nuevo Gasómetro foi pauta obrigatória. Dois torcedores do Boca Juniors e um do Independiente, todos na expectativa que o São Paulo possa ganhar e eliminar o time “chato” que ganhou a Libertadores do ano passado.



  • VAMOS SER ELIMINADOS NA PRIMEIRA FASE DA LIBERTADORES, FATO. ESTAMOS ELIMINADOS DESDE O ANO PASSADO, QUANDO FOI FEITA TODA UMA CAMPANHA PARA O FRANGUEIRO PERMANECER NO TIME. QUEM EM SÂ CONCIÊNCIA, VÁI APOSTAR NO SÃO PAULO COMO CAMPEÃO DA LIBERTA, COM UM SUJEITO COMO O ROGERIO CENI NO NOSSO GOL ? SÓ CEGO NÃO VÊ, QUE É IMPOSSIVEL CONQUISTAR ALGUMA COISA COM UM “CÂNCER” NO TIME. O MELHOR HÁ FAZER-MOS, SERIA APOSTAR NA CATEGORIA DE BASE E DEIXAR DE PAGAR SALARIOS ABSÚRDOS PARA JOGADORES COMO GANSO, LUIZ FABIANO E O MICO DO ROGERIO CENI. NÃO ADIANTA CONTRATAR JOGADORES COM NIVEL DE SELEÇÃO, SÍ VOCÊ NÃO TEM UM GOLEIRO NO NIVEL DO TIME.

  • I
    N
    C
    O
    M
    P
    E
    T
    E
    N
    T
    E
    SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    TÃO MATANDO O COITADO DO MURIÇOCA..

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    VAI CURINTIAAA!!!

  • O muriçoca esta com os dias neste mundo contados….

    Vai morrer na beira do campo no ultimo jogo dos bambis contra o TIMÃO…

    -Valeu muriçoca!! vai em paz..

  • GAYVOTA FIEL

    Gostaria que minha colega guina, esclarecesse uma dúvida que tenho há muito tempo. O que nosso maior ídolo estava fazendo com 3 travestis, no motel? Preciso deste esclarecimento para continuar chamando os rivais de porca rosa, bambi, sardinha, etc., senão não me sentirei com MORAL para isto.

  • Afasta !

  • Afasta !

  • HJ

    É

    DIA

    DE

    FERROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo