Encontros e desencontros de Kaká e Fabuloso



Quando Kaká chegou ao São Paulo em julho, muito se esperava da parceria que o craque poderia reeditar com Luis Fabiano. O sucesso da dupla no Tricolor no início do século e na Seleção Brasileira, no entanto, ainda não foi repetido.

Nesta segunda-feira, contra o Goiás, Fabuloso estará mais uma vez sozinho para tentar se recuperar no São Paulo.

DESENCONTROS

Na estreia de Kaká após o retorno ao São Paulo, o time perdeu por 2 a 1 para o Goiás no Serra Dourada. Luis Fabiano não jogou devido a estiramento na coxa direita sofrido nos Estados Unidos.

Fabuloso foi expulso na última chance como titular (Ari Ferreira/L!Press)

Fabuloso foi expulso na última chance como titular (Ari Ferreira/L!Press)

Fabuloso só voltou aos gramados quase dois meses depois da estreia de Kaká, mas não encontrou o amigo. O craque cumpriu suspensão na derrota por 3 a 1 para o Coritiba no Couto Pereira.

ENCONTROS

Corinthians
Pela primeira vez depois de 11 anos, os amigos Kaká e Luis Fabiano começaram como titulares no São Paulo, mas Fabuloso acabou sacado no intervalo da derrota por 3 a 2 para o rival.

Flamengo
Kaká seguiu como titular no meio de campo Tricolor, enquanto Luis Fabiano saiu do banco de reservas
para garantir, ao menos, o empate em 2 a 2 com o time carioca no Morumbi.

Fluminense
Em mais um tropeço do São Paulo no Morumbi, Kaká iniciou a partida como titular e Fabuloso entrou apenas no segundo tempo. Na saída de campo, reclamou da
condição de reserva.

Bahia
Luis Fabiano novamente foi opção de Muricy Ramalho para a etapa final da vitória por 2 a 1 sobre os baianos e teve boa participação. Kaká, titular, tentou diversas vezes colocar o companheiro em condições de finalizar.



  • João Pereira

    Caro blogueiro:
    Respeito a opinião de todos, mas não sou obrigado a concordar com algumas delas.
    Para mim sucesso é outra coisa e Kaká e Fabiano nunca ganharam nada no Sampa.
    Hoje em dia são 2 ex atletas em atividade, que estão ajudando a afundar as finanças do SPFC, que espera(va) deles a salvação da lavoura, juntamente com o “sensacional” trabalho do Profº Muricy. Infelizmente estão apostando nas personagens erradas.
    Dizem que o Kaká corre (devia ser maratonista, então), que incendeia o time, que fala com os jovens, mas … é muito pouco. Não é só isso que se espera de um cara que já foi o melhor do mundo.
    Detonam o Ronaldinho Gaúcho de todas as formar, mas, e o Kaká? É diferente? Só porque que ele é crente? Tem todos os dentes?
    Não adianta ficar tapando o sol com uma peneira.
    Ninguém quer dar a mão à palmatória, mas até agora não está valendo o investimento.
    Quanto ao artilheiro Fabiano é melhor esquecer. O Túlio Maravilha marcou muito mais gols que ele e também ganhou muito pouco, ou nada.

    • ROBERTO BENTO

      Acredito q vc esta assistindo outros jogadores e não os que vc crítica , tenta ser feliz.

    • Kaká ainda está jogando em alto nível ( deixei derramar água ,a culpa é minha ! é minha ! ) e LF9 é top 3 do clube.Você não entende nada de futebol !

  • Claudio Luiz M. Costa

    Quando o Muricy escalar desde o começo, Ganso, Kaká, Luiz Fabiano e mais um (Pato ou Kardec, dependendo do adversário) aí sim existirá um quarteto, pois sem Luiz Fabiano o quarteto é comum.

  • Chico

    Ivan Moyses, o João Pereira fez um otimo comentario, vc é que não entende nada se futebol.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo