Kakazetes eram ‘piores’ que Neymarzetes



A volta de Kaká resgata uma parte da torcida que andava afastada do São Paulo desde sua partida para o Milan (ITA). As kakazetes, que ganharam destaque nacional pelos gritos histéricos e idolatria ao meia a partir de 2000, lembravam a paixão de um novo tipo de torcida que despertou com a ascensão do São Paulo de Raí, uma década antes.

As fãs dos anos 90 que cresceram com a atração, mais física do que futebolística, por Raí viram em Kaká o prosseguimento do sentimento nas irmãs mais novas, nas filhas ou mesmo no banzo pelo ídolo aposentado. Confesso que, na minha época de repórter setorista do São Paulo, era um tanto quanto cansativo ouvi-las a cada treino aberto. Acredite, eram mais histéricas do que as Neymarzetes de hoje.

O São Paulo, mesmo em pouco tempo, pode aproveitar o galã com cara de menino para atrair novas torcedoras. Mas terá de ser vencedor, o que não foi na primeira passagem. Até porque Pato não foi o que prometia. Nem para o futebol nem nos sonhos das meninas apaixonadas pelo ídolo bonitinho.

*O texto é de Mauricio Oliveira, editor do LANCE! e repórter do Núcleo São Paulo durante a primeira passagem de Kaká pelo clube.



  • Di boa, não é pq é crente do cu quente não, mais se juntar ele e o Pato não da um Felipe Menezes kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Nem preocupo com a volta da gazela, se jogar metade dos jogos q o valdivia jogava vai ser muito, ouvia falar tanto q o valdivia ganha mt e joga pouco, cade o Pato ? cade o Ganso ? Cade o Luis Fabiano ? 3 q paga o elenco da maioria dos clubes da serie A, e jogam o que ? NADAAAAAAAA

    Mais as Gazelas do lance adoram fazer burburinho uaheuahiuahu

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo