Kardec? Coloca o Antonio Carlos



(Texto escrito por Thiago Perdigão, editor do LANCE!, analisando o empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, no último domingo).

É óbvio que o título deste texto é uma brincadeira. Mas é verdade que não é a primeira vez que o zagueiro Antonio Carlos “salva” o São Paulo com gols.
O empate com o Cruzeiro por 1 a 1, no domingo – um possível rival pelo título e fora de casa –, foi um ótimo resultado para o Tricolor, que perdia até o fim do segundo tempo. E jogando mal…

Foi ruim de assistir. Pouco mais de 90 minutos de pouquíssimo futebol. O Cruzeiro foi um pouco melhor (bem pouco), sobretudo por conta dos erros defensivos do São Paulo.

A movimentação do ataque são-paulino só teve pequenos lampejos do que fez contra o Botafogo na semana passada. Boschilia tentou, Pato apareceu, mas nada deu muito certo para o Tricolor. Ganso só foi notado quando deu passes para o lado. Deveria ter saído, mas Muricy preferiu sacar Boschilia. Vai entender…

Luis Fabiano, que deve brigar pela posição com Kardec, também pouco apareceu. Mas a bola também não chegou muito, já que o meio de campo tricolor foi pouco efetivo.

Mesmo quando tomou o gol de Julio Baptista, em falta que era defensável para Ceni, o São Paulo continuou no marasmo. Osvaldo entrou e também não mudou muita coisa. Mas bateu a falta (a única, aliás) na cabeça de Antonio Carlos, que fez o gol do empate/vitória.



  • saulo

    Você tem razão, no gol do cruzeiro, a bola era defensável e o nosso M1TO só ficou olhando… Atenção, Carlos Miguel Aidar, não tem, no SOBERANO, reserva à altura.

  • Thiago Kato

    Será que o Kardec toma a posição do LF9?
    Ainda precisamos de peças defencivas!
    Contudo, aquele Hudson me parece ser um bom jogador, o que acharam dele?

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo