Milton Cruz pediu opinião de Aristizábal para contratar Pabon



No texto abaixo, Milton Cruz, coordenador técnico do São Paulo,  conta quais as referências que Aristizábal passou sobre seu compatriota e compara Pabon e Luis Fabiano a Aristizábel e Dodô, outra dupla com sotaque colombiano.

Milton Cruz

Antes de realizarmos a contratação do Pabon, liguei para o Aristizábel para pedir referências e ele me falou muito bem. Disse que era um jogador rápido, que chutava muito bem. Além disso, era conhecido por ser muito bom de grupo. Então, ajudou muito e ele comprovou quando chegou aqui. Pabon é alegre, já está entrosado.

Aristizábal e Dodô o entrosamento não era só dentro de campo. Eles eram parecidos. Eram brincalhões, inteligentes, demais. Acho que os de agora podem repetir o sucesso. Pabon é inteligente, tem dinâmica de jogo, sabe jogar em outras posições. Chuta bem, bate bem na bola, e o Luis Fabiano dispensa comentários. É um dos melhores centroavantes do país. Técnico, raçudo, voltou de novo a ter alegria. Também está bem fisicamente, se movimentando, tem feito tudo o que os preparadores tem pedido, acho que ele está alegre.

O Pabon ainda está mais de garçom, é característica de servir companheiros melhores posicionados. Mas ele chegou há pouco tempo, está se adaptando, conhecendo, o jeito de jogar, a bola é diferente. Tem período de adaptaçao, com o tempo vai dar mais alegria.



  • eder

    esta dupla nos dava muita alegria no passado.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo