Que as palavras de Ceni virem luz para o futuro



Telê, Autuori e Muricy: pilares de uma história vencedora (Foto: LANCE!Press)

Telê, Autuori e Muricy: pilares de uma história vencedora (Foto: LANCE!Press)

“Telê morreu, matamos o Autuori. Restou o Muricy e espero que possamos preservá-lo melhor.”

Essa foi a resposta dada pelo goleiro e capitão são-paulino Rogério Ceni logo após a vitória sobre a Ponte Preta, quando perguntado sobre a saída de Paulo Autuori na última segunda-feira e a chegada de Muricy Ramalho na sequência. Palavras que, na minha opinião, devem ser ouvidas e transformadas em profunda reflexão por todos aqueles envolvidos na vida do São Paulo Futebol Clube, especialmente dirigentes e torcedores.

Telê Santana, Autuori e Muricy representam o que de mais vitorioso há na história do Tricolor. Juntos, somam quatro Campeonatos Brasileiros, três Copas Libertadores e três Mundiais Interclubes, além de outros títulos importantes. Conquistas que ‘alçaram’ o clube à condição de Soberano, alcunha dada pelos próprios são-paulinos; dirigentes e torcedores.

Mas o futebol é um esporte extremamente ingrato. E Autuori desafiou a ingratidão. Colocou as taças de campeão continental e mundial debaixo do braço e foi para a guerra, com o risco de que tais troféus sofressem danos no meio do caminho. O escudo, que deveria ser dado por aqueles que têm o comando, não foi oferecido. O reconhecimento, que deveria ter partido da massa, nunca foi à altura que o técnico merecia. Sem respaldo e a recognição devidos, foi tratado como qualquer um. Lastimável.

E ser tratado como qualquer um é algo pelo qual Muricy Ramalho não pode passar. Telê é eterno, como dizem as faixas espalhadas e os cantos que ecoam até os dias de hoje no Morumbi. Contra ele, nem o pior inimigo tem coragem de depor. Mas Muricy não é Telê, apesar da idolatria e da identificação. Infelizmente, está sujeito a ser levado para o mesmo local por onde Autuori foi embora: a porta de trás. Com a diferença de que sairá aos gritos efusivos de “É, Muricy!”, entoados por aqueles que o esperarão do lado de fora.

Acredito que a diretoria do clube vá ter mais cautela com Muricy após a forma que agiu com Autuori. Para o bem do São Paulo, toda a falta de respeito com o treinador campeão do mundo em 2005 deve ser transformada em respeito com o tricampeão brasileiro. Se não respeitarem e darem o devido reconhecimento a esses caras, vão respeitar e reconhecer quem?

 

 

 



  • Oberdan

    CONTRATO VITALÍCIO AO MURICY JÁ….SE DER ALGO ERRADO, MUDE O TIME, A DIRETORIA, MAS NÃO MUDE O TÉCNICO…JÁ ESTÁ MAIS QUE PROVADO QUE ELE FAZ QUALQUER TIME JOGAR, ENTÃO SE O PROBLEMA É MUITO SÉRIO, TROQUE AS OUTRAS PEÇAS MAS NÃO MAIS O MURICY.

  • Claudio Subi

    Vejo que mais uma vez a atitude do nosso presidente foi extremamente amadora, ao fazer o certo de maneira errada. Se ele queria ouvir a torcida deveria ja ter colocado o Murici na ultima troca e não ter trazido o Altuori. Da maneira que fez coloca toda a responsabilidade no novo treinador uma carga bastante exagerada. Então galera tricolor vamos torcer para que nosso tecnico consiga acertar o time, dar um animo novo, fazer com que nossos atletas tenham vontade de ganhar o jogo e vencer a apatia que vimos nos ultimos jogos.

  • Seiji

    Bruno,

    É por isso que o Ceni continua sendo ídolo, tenho certeza que os verdadeiros torcedores do São Paulo tem o mesmo sentimento e gostariam de expressar isso publicamente. Ele faz isso por nós. Declaração corajosa.

    O Sr. Juvenal Juvêncio é o responsável direto dessa mancha na carreira de alguém tão querido como o Paulo Autuori, mas esperar o quê de quem já fez isso consigo mesmo através de manobras políticas de continuísmo?

    Lembro que, o filme Paulo Autuori é uma reprise. Carlinhos Neves foi demitido por pura birra, hoje está onde? No atual campeão das Américas. Rosan, Turíbio, Marco Aurélio Cunha, uma verdadeira elite da comissão técnica dispensada ou forçada a sair pela mesma pessoa.

    Até o Milton Cruz, responsável por inúmeras contratações eficientes e lucrativas teve seu poder de negociação retirado para que a política de contratação por “atacado” do presidente entrasse em vigor.

    Resumindo, o clube até 2007 funcionava sozinho, não precisava do presidente, até ele em vez de se orgulhar disso, resolveu que o retrocesso seria melhor.

    Não vou nem entrar nos detalhes da briga com o Corinthians que gerou milhões de reais de prejuízo e fez com que os demais clubes grandes seguissem o mesmo caminho, absoluta falta de tato, que me entendam os verdadeiros torcedores do São Paulo, torcer é uma coisa, administrar um patrimônio é outra totalmente diferente. Paixão X Razão.

    Apesar de tudo isso voltando ao artigo, eu também torço para que o Muricy se aposente no São Paulo, porém todos nós dependemos do Sr. Juju e tudo pode acontecer.

    Abraço e saudações tricolores.

  • CRAQUE NETO

    MAIS UMA VEZ A PONTE FOI ROUBADA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Tricolor

    Ja disse varias vezes, não importa o tecnico Ney era um jovem tecnico vitorioso onde passou, sabia trabalhar com jovens, Autuori idolo do SP muito potencial para formar time, assim como outros que vieram antes e após Muricy, foram linchados no SP e vitoriosos em outros clubes, ai cabe rever, de quem é a culpa? Só pode ser da diretoria, fraca e centralizada, perdeu o foco. Antes JJ tinha uma comição grande forada por olheiros, tecnico, entendidos de bola para contratar, tanto na base quanto no profissional, agora, é ele quem assina o chque a torta e a direita, sem nem mesmo ver se o jogador se enquadra ao esquema tatico, sem saber se o cara tem o estilo do SPFC. Queimou jogadores bons como Cortez, lateral ofensivo feito de quase zagueiro e queimado por sua atuação. A diretoria não parou por ai, a cada vitória era soberba e dizia “viu, eu trouxe o tecnico, o jogador, etc, etc”, quando perdia jogava a culpa nos jogadores, sobrou até pro maior idolo, o Mito. Sim, ele estava certo, paramos no tempo, chegamos ao topo e paramos, não evoluimos, nos permitimos ser utrapassados. Quem faz isso é diretoria e não jogador, foi o JJ que contra decisão judicial se negou a sair do cargo, tenta hoje queimar caras forte como Marco Aurelio, coloca aliados forte politicamentes, mas nenhum São Paulino, torcedor. Todos ali tem interesses menos no clube, no time. Agora resta saber o SPFC conseguirá respirar até a reeleição? Vamos morrer no caminho? E ao final? acharemos um herói ou o vilão perpetuará no poder?

  • Mary

    Boa tarde!

    Ate que enfim um artigo sensato sobre a entrevista do RC ontem, pois o que vi até agora por esses blogs a fora foram criticas ao que o RC falou ao final da partida contra a Macaca, teve ate quem dissesse que o RC criticou a saída do Autuori, para mim o intuito de quem andou escrevendo abobrinha é somente tumultuar mais uma vez o ambiente no SPFC e colocar o Muricy conta o RC, o que vejo são pessoas sem noção querendo manchar a carreira vitoriosa do RC, já que neste fim de ano pode acontecer a aposentadoria dele….fico P da vida quando vejo pessoas querendo colocar a culpa do atual momento do SPFC nas costas dele e tambem de outros jogadores que nada tem a ver com isso, não querem enxergar que a culpa esta na administração que se tornou incompetente, se disfazendo de profissionais de alto nivel e que mantinham o SPFC no status de soberano…na verdade depois que mandaram o Muricy embora, a coisa desandou e com a saída dele outros foram sendo dispensados até chegar ao ponto em que o SPFC se encontra agora, quem sabe a volta do Muricy devolva tambem a sanidade dessa atual diretoria, que espero esteja tambem com os dias contados, que na proxima eleição o SPFC possa se rodear de pessoas mais competentes para assim devolver ao nosso TRICOLOR o posto de soberano…. e para encerrar quero deixar aqui os PARABENS ao RC que tem a coragem de falar o que pensa sem se importar se vai ou não agradar esse ou aquele diretor.. e digo mais, é por isso que existe tantas pessoas que não gostam do RC, porque ele fala o que tem que ser dito e não aquilo que os outros gostariam de ouvir.

  • tudo bem que o Muricy não se permitira ser corrompido mas quem deveria sair não sai e pior deten o poder o dinheiro e o clube com tantos exemplos administrativos hoje sofre até mesmo com este comentarista idiota corno e burro chamado neto, pena que ele se esquece que já ganhou um dinheirinho rolando pelo SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE, não memso gordo e corno.

  • Na minha opinião são histórias completamente diferentes. O Paulo Autuori herdou um time montado, ficou pouco mais de meio ano e apenas teve a competência de manter tudo nos trilhos certos naquela oportunidade.

    Já o Muricy ficou 3,5 anos, remontou o time várias vezes e foi campeão em quase todos os clubes que passou. Desta nova geração Muricy é o TOP.

    Devemos respeitar o Autuori, mais jamais compara-lo ao Muricy.

    • fora futebol…

      Pô, gente – fico imaginando como voces ficam hipnotizados com essa merda chamada futebol = se matam entre torcidas pra querer ser valentes mais que os outros (era dos gladiadores, que atraso de mente!!!) pô, mano, eu sou da independente, dô porrada!! pô mano, eu sou gavião,ninguém me bate!!! pô aqui é mancha sou o tal!!! aí o jogo acaba, os jogadores e comissão vão desfrutar da grana e pouco ligando pra esses babacas metidos a valentões, atrasados de mente, e depois reclamam que pessoas evangelicas doam dízimos às iigrejas, e o que vocês gastam nessa “festinha de ignorantes e que passa em 90 minutos”??? vão trabalhar = vão cuidar da família = vão se preocupar em outras coisas priorítárias = vão tratar de coisas que dão retorno de bom às suas vidas = Por ex.: se o são paulo cair ou não, vocês acham que o são paulo se preocupa com você?? trouxa!!! é só pra sair por aí e abrir o bocão pra dizer = Pô, meu time é o melhor< é soberano, é o tal!!! e aí eu pergunto = e daí que e o tal?? que voce ganhou com isso??? outra coisa pra juventude besta = torcidas uniformizadas(hic!!) isso é uma coisa tão atrasada e medieval que ainda esses jovens não perceberam = sai por aí dizendo dou independente, meu!!! que grande valentia!!! isso tá mais por fora que a bunda da melância!!! e se acham que estão abafando, mentes fracas e iludidas êta atraso mental desses chamados jovens no corpo mas na mente a coisa parou faz tempo!!!!!!

    • moses

      CONCORDO !!!

  • Eduardo

    Muricy tinha q ter sido o Ferguson do SOBERANO mas ai faltou visão para manter um craque de armar times campeões…q agora ele fique por vários anos e possa ter autonomia pra barrar ou afastar quem quiser e q possa trabalhar com paciência e sem cobranças após fugir do rebaixamento!!!!!!!

  • Júlio

    Segundo o blogueiro, o Paulo Autuori não teve o respaldo e a recognição devidos.
    Ora, o que o blogueiro esperava? Que Autuori fosse mantido no cargo mesma após a péssima campanha que o tive teve nos dezessete jogos sob seu comando? Tenho certeza que o clube não conseguiria escapar do rebaixamento caso ele não fosse dispensado. Agora, pelo menos alguma esperança temos de escapar da segunda divisão, pois sabemos que o Muricy vai cobrar severamente os jogadores que estavam acomodados com Autuori, como Luís Fabiano e Jádson…

    • Andressa

      A questão não é mantê-lo no cargo, e sim contratá-lo para, logo depois, demiti-lo. Se a única esperança do São Paulo era o Muricy (a torcida pediu exaustivamente por ele, ainda com o Ney Franco), por que não o contrataram de cara? Contratar o Autuori e fazê-lo passar por isso é o que o Rogério chama de “matar o Autuori”.

      • Gustavo

        Exatamente, Andressa.

        Trataram como lixo o técnico que nos deu nada menos que a terceira estrela sobre nosso escudo. Podem dizer que ele pegou o time “montado” e blá blá blá, mas ele soube conduzir o São Paulo até as glórias com aquele time. E ele NUNCA teve o reconhecimento dessa torcida ingrata.

        Respeito o Muricy, assim como também respeito o Minelli e o Pepe, que também foram campeões Brasileiros no São Paulo, mas NADA se compara à um título de Libertadores ou à um título Mundial. E isto, só Telê e Autuori conseguiram conquistar por aqui.

        Gostei desse texto do Bruno Rodrigues, mas achei ele meio tardio. Deveria ter dito estas palavras antes, assim como o Rogério Ceni, que é meu ídolo, também deveria lê-las dito mais cedo, antes que o Autuori passasse pelo que acabou passando.

      • Airton

        A pergunta é porque aceitou ? Ele não estava inteirado das dificuldades que teria pela frente ? Não sabia da excursão ? Por que não usou todo elenco que tinha ? Por quê podendo mandar o time reserva pra jogar contra o Náutico preferiu levar os que jogaram no domingo ?
        E se fosse pra falar ” matamos ” , o correto seria dizer EU ” matei ” , afinal foi que perdeu 2 pênaltis , que tomou o 2º gol do Criciúma , que preferiu não pular na bola pra evitar o gol do Damião ,só pra ferrar o Lúcio .

  • Daniel Costa

    Respondendo à pergunta, parece que o Juvenal só respeita a si mesmo e a um Zé Ma né chamado Adalberto Batista. Se existe alguém que está se colocando acima da grandeza do clube é esse tal de Juvenal e seu filhinho mimado de estimação Adalbertinho. Os dois já estão eternizados nos piores momentos da história do glorioso tricolor. Não vejo a hora de de chegar 2014 e esses palhaços saírem do meu tricolor. Telê Santana, Rogério Ceni, Paulo Autuori, Muricy e tantos outros profissionais que honraram este time, além da grandiosa torcida, não merecem o que esses dois incompetentes fanfarrões estão fazendo com o time.

  • Cristian Lima

    Me desculpem aos mais fervorosos, mas a verdade é que Autuori não fez nada quando ganhou a Libertadores e o Mundial. Ele chegou as vésperas da final da Libertadores; ou seja, o time já estava formado, embalado e com a gana de vencer o campeonato e que já tinha cumprido praticamente todo o trajeto… era só jogar a final e levantar o caneco. O que ele acrescentou? Foi mero figurante e levou o mérito de um time formado pelo Leão. No Brasileiro que se seguiu não fez nada demais e o mundial simplesmente deixou o time jogar!
    Ou seja, antes de colocar Autuori no patamar de Muricy e Telê, é melhor analisar bem a história.
    Mesmo não gostando do Leão, devemos reconhecer que o reconhecimento que o Autuori tem foi por um trabalho que não foi dele!
    S.P.F.C. -> Contrato Vitalício ao Muricy !!!!

    • moses

      CONCORDO !!!
      Mais do que o senso de justiça, deve-se ter o SENSO DO RIDÍCULO !!!
      Autuori contribuíu POUCO paras os excepcionais títulos !!

  • webao

    teste

  • o tricolor

    fora juvenal e todos o pessoal da situaçao queremos ver o marco aurelio administrando a nossa grande paixao spfc

  • Julio Torres

    Pra falar a verdade, técnico bom faz QUALQUER time jogar. coisa que o Autuori, não fez.
    lembram-se de 2008? o São Paulo não tinha ninguém, mas ele montou uma tática que ele viu que deu certo.
    Nesta ultima passagem o que o Autuori fez? Tirou simplesmente o melhor zagueiro que temos (Toloi) e o colocou no banco, para dar lugar a Antonio Carlos, que acabou de chegar. Ainda teve a ousadia de colocar o R. Caio improvisado na defesa (como se não tivesse outros zagueiros na equipe). Nada contra o Caio, que jogou muito bem na defesa, mas foi uma manobra arriscada, não precisava passar por este risco.

  • Caçador de galinhas

    Cristian Lima, estude a hidtória do seu time, Paulo Autuori não chegou ppara jogar a final da Liberta, e nem foi o Leão que montou esse time foi Cuca.

  • Valdir

    Cristian Lima, estude a história do seu time, Paulo Autuori não chegou ppara jogar a final da Liberta, e nem foi o Leão que montou esse time foi Cuca.

  • moses

    Menos…..bem menos……
    Telê sim ! Muricy sim !
    Autuori………………….não é bem assim !!!
    Ficou +- uns 8 meses, pouco, os títulos marcaram mas ele não.
    Sou sãopaulino de frequentar o Morumba desde os 11 anos ( tenho 50 anos ),
    e posso falar com desenvoltura que o Autuori não está no mesmo patamar que Telê e Muricy
    para o torcedor.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo