As amarras de Ney Franco. E a âncora…



Ney Franco tem pedido à diretoria do São Paulo a permanência de Denilson e Luis Fabiano. Tanto publicamente, nos microfones, como nas reuniões com os dirigentes. A dupla, no entanto, ainda não sabe qual camisa vestirá no segundo semestre deste ano. Denilson rompeu com o Arsenal, está a vinte dias do fim de seu contrato e ainda não tem proposta para ficar. Luis Fabiano se irritou pelo fato de o terem colocado à venda publicamente e vê a diretoria forçar sua saída. O atacante não queria ir embora, mas já admite deixar o clube, mesmo que contrariado. Ora, se a diretoria mantém Ney no cargo, mesmo com toda a pressão, por que não atender estes dois pedidos simples? Prova de fraqueza do técnico ou despreparo dos dirigentes?

Se a diretoria de Juvenal Juvêncio e Adalberto Baptista não atende um técnico que pede a simples permanência de dois de seus principais titulares, não há autonomia para o treinador trabalhar. Se as saídas de Denilson e Luis Fabiano se concretizarem, só serão novas ilustrações de que Ney Franco é o menos culpado pelos recentes fracassos do São Paulo. Ney escala o time que tem, e não pediu as principais contratações que chegaram recentemente ao São Paulo.

Ney Franco passou meses pedindo um ponta direita após a saída de Lucas para o Paris Saint-Germain. O clube ganhou mais de R$ 80 milhões com o ex-camisa 7 e não deu qualquer opção para que o técnico mantivesse seu 4-2-3-1. Na Libertadores, Douglas virou ponta direita por falta de alternativa no setor ofensivo. Não é culpa de Ney que o jogador foi mal. Muito menos de Douglas. Foi apenas a exposição de que o São Paulo, hexacampeão brasileiro, tri da Libertores e trimundial, não tem uma fração do preparo e planejamento que tinha até alguns anos depois da glória contra o Liverpool no Japão.

A diretoria não atende o técnico, mas não o demite. Ney assumiu o São Paulo em julho do ano passado, foi campeão do segundo turno do Brasileirão e deu ao clube o troféu da Copa Sul-Americana. Um 2012 impecável, por mais irregular e dependente de Lucas que a equipe tenha sido, mas com objetivos cumpridos. Em 2013, houve, sim, falhas. No esquema de Ney, Jadson e Ganso não cabiam. Ele teve de fazer caber. Tentou, desistiu, tentou, desistiu… Quando deu certo já era tarde demais. A má campanha na Libertadores fez com que o São Paulo tivesse que enfrentar o quase imbatível Atlético-MG de Cuca, que venceu por merecimento, como admitiu o treinador são-paulino.

No Morumbi, no entanto, o torcedor pede Muricy. Pode ser, sim, que Muricy tivesse conseguido mais sucesso do que Ney Franco se fosse o treinador do São Paulo desde o início do ano. Mas Muricy, Mano Menezes, Paulo Autuori, José Mourinho ou Alex Ferguson seriam invariavelmente restringidos por Juvenal Juvêncio. Nesse São Paulo, o treinador é acorrentado e não tem autonomia. Um dos cenários mais infernais para se trabalhar.



  • A corintianada doLance quer porque quer derrubar o Juvenal Juvencio!è mais um jornalecosustentado pelo Luladrão!!!

    • cristiano

      Larga de ser burro!! Sua Anta!

      O Juvenal tem é que cair mesmo!! Vc é cego?? O morfético está afundando o SPFC!

      Jumento!!!

  • Esse Guilherme Palenzuela não parece muito inteligente. A diretoria passou a mão grande na grana do São Paulo. Do jeito que está, é maravilhoso pra eles lá dentro. Eu posto isso a muito tempo em todos os sites esportivos que entro. Estão “ROUBANDO” O tricolor. Esse lixo de técnico é só ferramenta de distração. Um clube que arrecadou milhões nos últimos anos e não tem um elenco que presta, um técnico de ponta, manda embora profissionais competentes e não sofre pressão das organizadas? Muito estranho aliás essa organizada do Sampa, só fazem barulhos mas pressão mesmo, nenhuma. E com isso Juvenal e sua máfia vão roubando, roubando e roubando sem ninguém sequer investigar isso. Brasil véi… uma bosta.

  • fabio leitao

    até 2014…com a perda das eleições do sucessor do JJ.

    E que 2013 seja de mais lambanças, contanto que não caiamos para a segundona, porque aí é meio caminho andado pro JJ e sua corja sumirem do Tricolor.

    Difícil desejar isso. Mas pela primeira vez e sem querer, JJ tá fazendo algo de proveitoso, que ele continue se queimando!

    • Felipe

      vc só esqueceu uma coisa caro Fabio, o jj tem a maioria do concelho ou seja deve ser um sucessor dele.

  • André Amaral

    Assino embaixo sua opinião! A verdade é q, enquanto o cachaceiro continuar, planejamento inexistirá e não adianta pensar em nada mais do q outra Sulamericana.

  • Denis

    Excelente texto. Juvenal perdeu a boa mão que tinha de 2006 a 2009 e Adalberto faz trabalho horrível como diretor de futebol. O time atual não funciona e Ney Franco não tem peças pra fazê-lo funcionar. E quando funciona, alguma idiotice individual coloca todo o esforço no lixo, como fizeram Lúcio na Libertadores contra o Atlético e, em menor escala, como fizeram Luis Fabiano e Ganso ao perderem seus penaltis contra o Corinthians no Paulista. Justamente os que deveriam ser os pilares do time, queridinhos da diretoria. Bem irônico.

  • jean

    Gosto da proposta ofensiva proposta pelo Ney. Porem, o time tem muitos erros de posicionamento, especialmente defensivo, e acaba tomando gols bobos. No ataque perde tambem muitos gols. Acho que taticamente o Ney entende, porem nao e um bom treinador no quesito fundamentos. Alem disso, por sua personalidade introvertida, nao e um grande motivador, e nao segura broca nos dificeis momentos. Nao acho, portanto, o treinador indicado para o Sao Paulo.
    Da diretoria ja nao aguento mais falar mal. Acho que os torcedores estao exaustos tendo em vista o descuido do time. Dos 40 milhoes de euros vindos do Lucas, se eu fosse o presidente, acharia justo investir a metade na vinda de reforcos, e ficaria um pouco envergonhado se investisse uns 10 milhoes. Mas nao trazer ninguem, obviamente, e digno de forte protesto, e um absurdo. Mas o que fazer? Adiantam esses protestos, pedindo jogadores? Nao adiantam. Pedindo a saida dos dirigentes? Menos ainda. Fazer o que?

  • JOSÉ ROBERTO ROSSI

    O Tricolor mais querido do mundo só vai se firmar quando acreditar que o meio campo tem que ter volantes que além de técnica tem que ter muita força e garra ,assim foi o Chicão,Pintado,o incansáveis Mineiro e Josué.E porque não apostar no Lúcio como volantão .O Fabuloso não pode sair em boa fase é um gol por jogo,o que está faltando prá ele é concorrência ele fazia muito mais gols quando tinha a sombra do Willian José ,agora não tem ninguém.

  • Carlos

    Se não tem autonomia, pede demissão!!!!!! O problema é que o sr. Nei Fraco está preocupado com o seu (dele) emprego, nada mais do que isso.
    É mais um MEDIOCRE valorizado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Antonio Braz

    Denilson vai continuar no SPFC sim senhor, Luis Fabiano está colhendo o que semeou, desequilibrado emocionalmente por seus destemperos, recebe o troco da Direção Tricolor, acho favoravel a venda do jogador, no momento em que o time mais necessitou do seu futebol não correspondeu, com a venda, o SPFC deve se ressarcir do investimento que fez e correr atrás de outro atacante, quem sabe do Scoco do New Old Boys ou do Wagner Love, jogadores mais novos com futebol apresentavel

    • cristiano

      Parei no colhendo o que semeou.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo