Empatia deve ser aproveitada



O momento entre torcida e time é mais do que oportuno para que ação como a de hoje aconteça para simbolizar a transformação do Morumbi e o uso de um uniforme que foge do tradicional.

No período após a conquista do hexa o torcedor se acostumou a lotar o estádio somente em partidas pontuais como o milésimo jogo de Rogério Ceni contra o Atlético-MG, reestreia de Luis Fabiano diante do Flamengp, apresentação e estreia de Ganso. Dos exemplos citados, somente o jogo que marcou o retorno do atacante não terminou com a vitória do Tricolor em seu estádio.

O costume só voltou com a conquista da Copa Sul-Americana do ano passado e nesta semana é o momento de ratificar este interesse. O estádio tem a chance de receber mais de 150 mil pessoas contra Penapolense, Atlético-MG e uma possível semifinal. É o momento perfeito.



  • Alan – SCS

    Desculpe, não concordo que a torcida só vá em momentos pontuais.

    No último Brasileiro, mesmo em má fase, praticamente empatamos na média de público com o primeiro colocado neste quesito.

    Tivemos 7 dos nossos 18 jogos em casa com mais de 27 mil torcedores (acima da média do campeonato).

    Este ano, como já é costume, temos também a melhor média de público da Libertadores. E olha que o time não está bem, quase não passou de fase…

    • Alan – SCS

      * 19 jogos em casa.

  • fabiano luiz

    so vamos coseguir atrair torcedores para o estadio se time voltar a jogar um futebol competitivo e com raça como foi contra o galo ,mesmo q perca mas jogue com vontade

  • Pingback: Clipping: Notícias Sobre o São Paulo FC | Blog do Lina()

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo