Por um 2013 perfeito



Por Bruno Rodrigues

Com o retorno à Copa Libertadores após dois anos sem disputá-la, o Campeonato Paulista entra como complemento no primeiro semestre da temporada.

Porém, o Tricolor é, entre os quatro grandes clubes do estado, o que está há mais tempo sem conquistar o Estadual. Na última vez em que levantou a taça de campeão paulista, em 2005, a equipe se sagrou campeã também da Libertadores e do Mundial naquele ano. Em 2013, chance de repetir o feito, já que o time volta a participar do torneio continental.

E assim como há sete anos, o Tricolor poderá utilizar o Paulistão para testar e ratificar o melhor esquema a ser implementado no início da temporada, já que o clube perdeu o meia-atacante Lucas, grande personagem são-paulino em 2012, para o Paris Saint Germain (FRA).

Sem o ex-camisa 7, o técnico Ney Franco deve abdicar do 4-2-3-1 que conquistou a última Copa Sul-Americana e escalar a equipe em um 4-4-2 com um losango no meio, formação que foi trabalhada durante a pré-temporada realizada em  Cotia.

Dessa forma, Wellington segue como primeiro volante à frente da defesa. Denilson terá mais liberdade para avançar pela direita enquanto Jadson, grande assistente do time no ano passado, será posicionado mais à esquerda do ataque. Na ponta ofensiva do losango, Paulo Henrique Ganso, grande contratação do clube em 2012, iniciará o ano como titular e atuará mais próximo dos atacantes Osvaldo e Luis Fabiano.

Fisicamente completo e com a chance de trabalhar desde a pré-temporada com o elenco, o Maestro é a grande aposta do São Paulo para 2013, uma vez que na reta final do ano passado o camisa 8 não teve tempo de mostrar futebol capaz de justificar o investimento de R$ 24 milhões, mesmo após ter arrastado grandes públicos ao Morumbi para acompanhar sua apresentação e posteriormente a sua estreia.

Além de Ganso, o São Paulo aposta também em Lúcio. O Xerife, como tem sido chamado pelos torcedores, chega para ser titular ao lado de Rhodolfo, apesar de Rafael Toloi ter encerrado a temporada passada como grande destaque da zaga tricolor. O setor ganha em experiência.



  • jonas

    SERÁ QUE AGORA VAI???????????? POIS COM UMA DIRETORIA DESSA É DIFICIL,, APÓS PERDER O CHILENO VARGAS( VALDIVIA REENCARNADO),,FICA DIFICIL!!

  • Julio Torres

    Não sei porque, esse Vargas tá com cara de Piris.?

    • eu tenho a mesma impressão,estão pagando tanto pau pra esse cara,tomara que jogue,porque ai quero ver o gremio cair do cavalo,pra largar a mão de ser intrometido e furar o negicio dos outros.

  • César

    Poxa…dois nomes para esta ponta direita: O Carlos Eduardo jogou bola no gremio, está no Brasil procurando clube…o dinheiro que o Soberano pagaria de salario para o Vargas não daria para acertar com ele?
    Agora…antes do Carlos Eduardo…uma cria da casa…o Thiago Ribeiro comeu a bola no Cruzeiro! Será que não seria a hora de ir buscá-lo la fora? Ele não gostaria de voltar e fazer um ataque com muita movimentação dele e do Osvaldo sem ter lado do campo definido?

  • Que saudades do nosso ex-presidente Pimenta, a imprensa perg untava a ele se tal jogador seria contratado,ele com um leve sorriso dizia,todo bom jogador interessa ao são paulo,mas no momento não, e no dia seguinte ele estava anunciado como jogador do tricolor!!!!!

  • Pingback: Clipping: Notícias Sobre o São Paulo FC « Blog do Lina()

  • Leonardo

    E o Dudu (ex-cruzeiro) que foi sondado no meio de 2012?

  • OQIY

  • E o Dudu (ex-cruzeiro) que foi sondado no meio de 2012?

  • HELIO

    Vargas, nao! vamos aguardar wallison, enquanto isso devemos dar oportunidade para
    Tiago da base e Ademilson que não participou do jogo vejatorio do contra o Peru,
    time de entregão, só trouxa pode chamar peruano de guerreiro, esqueceram copa
    de 1978. o tricolor Chicão gavião!!!!!! não.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo