Na chegada à Vila, Henrique é hostilizado



A delegação do São Paulo já está na Vila Belmiro. Na chegada ao estádio, o atacante Henrique foi hostilizado por alguns torcedores que esperavam os jogadores na entrada destinada aos visitantes. Com muitos palavrões, os são-paulinos cobraram o atacante por conta do imbróglio que teve com o clube recentemente.

Na volta do Mundial Sub-20, do qual foi artilheiro e melhor jogador, Henrique disse que não vestiria mais a camisa do clube, alegando que seu contrato já tinha acabado. Ele chegou a dizer que o clube tinha conduzido mal sua situação contratual. No entanto, depois de algumas conversas, o jogador recebeu um aumento salarial e seu contrato foi renovado por cinco anos, em acordo entre as partes.

– Não fala mal do São Paulo, que é muito grande. Quero ver você jogar bola agora – disse um dos são-paulinos, muito irritado, se dirigindo a Henrique.

A delegação desembarcou sem Fernandinho, que sofreu uma pancada na perna direita no último jogo e será desfalque. O time deve entrar em campo para o clássico com: Rogério Ceni, Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos, Casemiro e Cícero; Lucas e Dagoberto.



  • deixa o muleque joga rapaziada

  • Na boa, o Henrique merece a valorização, porém, deve-se fazer a coisa certa. E qual é? Conversa entre as partes. Assisti a sua entrevista na integra no Arena Sportv e isso não deveria ter ido a público. Os torcedores pegam bronca de jogador mercenário, e foi o que o Henrique acabou demonstrando ser. Quem não podemos deixar passar é o Dagoberto, gostaria de fazer uma companha fica Dagol! o cara ta jogando muito e se a diretoria incompetente do São Paulo não for competente neste caso, perderemos o Dago para qualquer R$ 100,00 a mais de salário. Só um adendo, o empresário do Henrique é o mesmo do Oscar, advinha porque o moleque tava querendo sair do São Paulo? Má influência. Um abraço.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo