Juvenal é um ‘mal’ necessário



É errado o golpe de Juvenal Juvêncio para cotinuar no poder do São Paulo? Sim. Disso, nem mesmo ele, pode discordar. Tanto que, entre dirigentes e conselheiros, o discurso é sempre o de que está errado, que realmente não seria a melhor saída, mas é tratado como um “mal” necessário.

Com o parceiro Alexandre Lozetti, que conhece Juvenal há mais tempo do que eu, estivemos na sala do mandatário, no Morumbi, na véspera da eleição. Um local com réplicas de animais, dois deles um casal de girafas bem interessante, quadros do presidente, sendo dois deles com a polêmica taça da bolinhas (um dos seu orgulhos pessoais), além de um pôster do ídolo Rogério Ceni e uma camisa da Seleção enquadrada e assinada por Luis Fabiano.

Juvenal fala com orgulho sobre tudo que fez, ainda pode fazer, e o que logo se concretizará como obra dele no clube (leia-se Cotia e Morumbi). Ele sabe o quanto é importante para o andamento dos projetos. E realmente é. Para isso, e por isso, mudou o estatudo do clube, que até então não permitia um novo mandato (neste caso: três). É errado o que está fazendo, mas me rendo aos que dizem que ele é imprescindível para o Tricolor. Isso também por um próprio erro de JJ, que não preparou ninguém para seu lugar. Talvez pelo seu declarado estilo centralizador, nem quis dividir com ninguém o gostinho do lugar mais alto da diretoria. Para o futuro, daqui três anos, também nem quer saber quem vai assumir o cargo.

Juvenal, quando se encaminhava para o fim da entrevista, rechaçou que está cansado do que faz no clube. Pelo contrário, diz que é algo que lhe faz bem. Por fim, detalhista como é, revelou que sabe tudo que se passa, dando como exemplo um simples quarto em construção no CFA de Cotia. E é verdade, o homem está à par de qualquer assunto. Não seria diferente com o Tricolor.

JJ destaca-se não só pela qualidade na gerência, mas também por entender de futebol, por ser bem relacionado (sua próxima futura amiga será a presidente Dilma, por intermédio de Lula), por amar o que faz e por ter profissionais de qualidade ao seu lado. Principalmente os que estão no Morumbi, casos do advogado José Manssur, do diretor de marketing Adalberto Batista, do diretor de comunicação Rogê David e do vice de marketing Julio Casares. Homens que, nos seus devidos ramos, entendem do que fazem e sabem dar bons conselhos a um homem de 76 anos. Já com muitos cabelos brancos, mas experiência e lucidez de sobra.

O chefe vai para ter terceiro seu mandadato, é apenas um fato a concretizar logo mais à noite. Afinal de contas, são favas contadas sua “re-reeleição”. Sou totalmente constrário aos que se perpetuam no poder. Mas Juvenal será um bem para o São Paulo nos próximos anos. Ou um “mal” necessário. Ele pinçou o segredo do futebol como poucos. Apostou na base, que não só ajuda no desenvolvimento do homem, mas também traz retorno dentro de campo e financeiramente, e no Morumbi, uma fonte de renda que não para de crescer. Chegando ao meu terceiro ano na cobertura de São Paulo, se assim continuar, na companhia do Sr. Juvêncio eu estarei por mais algum tempo…



  • Neil Azevedo

    Até que enfim alguém da imprensa fez um texto que delata o que realmente significa JJ na história do clube.
    Uma coisa é a forma com que ficará nestes 8 anos, outra é o que deste período vai deixar de legado…
    O MAIOR PRESIDENTE DA HISTÓRIA DE UM CLUBE NO BRASIL!

  • Concordo com quem escreveu e com o Neil. Realmente, é suja a maneira como ele ficará lá. Mas o que ele fez e fará, nenhum outro outrora alcançou no nosso país.

  • Ramos

    JJ é no mínimo muito f.o.d.a, por mim considerado o segundo melhor presidente do Tricolor, atrás apenas de Marcelo Portugal Gouveia, o homem que deu a base desta última década de sucessos. Não vejo pq o JJ sair, se o trbalho é bom então que perpetue no cargo. sds Tricolores

  • RENATO MENEGHELLO

    O JUVENAL É O CARA , EMBORA SEMPRE TENHAMOS EXCELENTE PRESIDENTES AO LONGO DA HISTÓRIA . SE ELE NÃO FOSSE BOM , NÃO SERIA REELEITO DE NOVO . QUERO LEMBRAR QUE HOJE TEMOS ELEIÇÃO NO CLUBE , ELE NÃO SE APOSSOU DO CARGO . SE TIVESSE ALGUÉM MELHOR , A DEMOCRACIA IRIA PROVAR ISSO . MAS LAMENTO O PRESIDENTE NÃO TER APROVEITADO A OPORTUNIDADE DA COPA PARA REFORMAR O MORUMBI , NA VERDADE COBRIR O ESTÁDIO E ESTRUTURAR OS ENTORNOS POIS DENTRO , É SIM UM DOS MELHORES ESTÁDIOS DO BRASIL . PODIA SER UM ESTÁDIO MELHOR ? SIM , MAS O BRASIL TAMBÉM PODERIA SER MELHOR . SOU TRICOLOR ATÉ NA ARTÉRIA …

  • EDSON

    Sou totalmente contra as viradas de mesas e ditaduras, mas infelizmente no mundo do futebol e na política não espaço para Madre Teresa.
    FHC conseguiu uma reeleição que não estava prevista, e foi um bem para o Brasil, pois naquela ocasião era necessário consolidar a estabilidade econômica e a democracia. Outros não conseguiriam.

  • JJ é mais um exemplo de amor ao Sao Paulo, independente da forma com que o mesmo o faça, ele ama esse clube e quer que ele sempre seja o melhor, assim como ja diz o nosso hino “dentre os grandes é o primeiro”, ele faz com que isso seja concretizado. Tambem nao concordo com a monopolizaçao do poder, mas quando nao se tem opçoes validas e competentes, nao podemos abrir mao de quem o faz tao lucida e eficazmente!!! JJ, sempre fui fã de tudo aquilo que voce fez e faz pelo Sao Paulo, e so pelo fato de ter muito respeito por jogadores como Rogerio Ceni, e por saber da importancia que o mesmo tem dentro e fora das 4 linhas, é por essas e outras que o Sao Paulo nao poderia ter presidente melhor. JJ obrigado, e que nesses proximos anos voce possa trazer de volta Dio Lugano, Kaka e realizar o sonho do Diego Forlan poder vestir o manto sagrado do Morumbi.
    “Vida longa ao rei”.

  • Engraçado como ultimamente tudo o que eu tenho escrito passa por uma rigorosa vistoria, sera que tenho incomodado alguem com que eu escrevo…….vou pensar nisso….

  • rafael

    Alexandre Lozetti, volte a ser o Alexandre XP que era imparcial e nao fazia media com ninguem.

  • Nelton

    Engraçado, li e ouvi os mesmos argumentos há algum tempo atrás dos senhores Alberto Dualib e Mustafá Contursi, justificando a longa permanência no poder dos seus respectivos clubes. Parece que quem gosta do poder e tem tendência a ditador não tem muita imaginação. Lamentável, o São Paulo FC parecia que era diferente dos demais.

  • desculpem-me amigos mas eu nao pude deichar de fazer uma observação, no ano de 2009 quando o nosso capitao sofreu aquela grave lesão muitos corinthianos, ficaram tripudiando,falando um monte de besteiras, que o rogério tinha amarelado. pois é, o tempo passa e hoje, sao eles que estao com problemas. nao é que, eu esteja feliz com isso, más fica uma lição, jamais brinque com a desgraça dos outros.

    • tubo bem Luiz Fernando, ótimo comentário, mas permita eu sugerir a vc um pouco (muito) de leitura e redação.

      abraço

      marcio

  • Alek

    Esta reeleição do Juvenal é uma tragédia, nem tanto pela competencia do mandatário, mas sobretudo pelo que ela significa na história do meu clube querido e tricolor.

    Construímos a alimentamos a imagem de um clube a frente dos demais justamente pela sua estrutura e democracia e agora estão a jogar uma pá de terra nesta construída tradição.

    Afinal, jamais teríamos conhecido o Pimenta, o presidente que nos deu os 2 primeiros mundiais, se o presidente anterior resolvesse ampliar o seu mandato por mais 6, 8 anos mudando o estatuto, sob o argumento de uma nova interpretação somente para usufruto próprio.

    Todo clube necessita de renovação, de um novo fôlego. O tempo do Juvenal para acabou. Melhor seria se o mesmo entrasse para a história tricolor como um presidente conquistador de brasileiros, a entrar para história do clube como golpista.

    Já vimos em outros clubes rivais experiencias parecidas com esta e muito trágicas. O exemplo serve aos virtuosos. Apenas dois exemplos já causam arrepios, Alberto Dualib e Mustafa Contursi. Eu me lembro da ruína em que deixaram os clubes que presidiram por tão longo tempo.

    Espero sinceramente que o mesmo não aconteça com o meu time de coração e que o Juvenal no caso de amar o clube como tanto diz abrir mão de uma nova presidencia.

    Alek.

  • Marcos

    Eu acho lamentável tanta gente aceitar a artimanha do Juvenal Juvêncio como se fosse uma coisa normal. Independente de acha-lo bom ou mau presidente, todos os são-paulinos (como eu) deveriam se envergonhar de uma atitude dessas. Isso vai totalmente contra a imagem que o SPFC tem de clube organizado, que serve de exemplo, etc. É lamentável ouvir/ler que o São Paulo precisa do Juvenal. O São Paulo nunca dependeu de ninguém, tivemos Telê, Raí, Pedro Rocha, Pita, Muller, Muricy, entre outros. Agora temos o Rogério Ceni, acho que o maior ídolo da história do clube, e mesmo assim não dependemos dele. Quando ele parar o SPFC será o mesmo. Nunca dependemos de nenhum ídolo, quanto mais de um dirigente. O que irá ocorrer hoje a noite é um exemplo de ganância, de arrogância, de egocentrismo e de uma pessoa que quer o poder a qualquer custo. Se isso acontecesse no Corinthians, nós, são-paulinos, seríamos os primeiros a falar mal.
    Eu não vejo nada demais no nosso presidente. Acho que o SP saiu na frente dos outros clubes na questão de trazer jogadores em fim de contrato, montou um timaço em 2005 (até então o presidente era o MPG) e daí em diante os outros clubes foram se organizando e a cada ano a supremacia do SP foi diminuindo, até não existir. Muito graças a teimosia e, principalmente, a soberba do nosso mandatário. Analisem as campanhas de 2005 pra cá, vejam que sempre piorou (mesmo quando ganhou título). Em 2009 não ganhamos nada e 2010 sequer conseguimos uma vaga na Libertadores (por sinal, parte disso deve-se ao fato da teimosia do JJ em insistir por tantas rodadas com o Sergio Baresi no comando, mesmo com o Dorival Jr. dando “sopa” nesse período).

    • Aires

      Excelente comentário Marcos, a ética e a legalidade são princípios obrigatórios em qualquer seara.
      Aqueles que dizem que o futebol não é para pessoas de boa índole ou para Madre Tereza, amanhã poderão sofrer diretamente os dissabores dessas abomináveis práticas- ilegalidade e falta de ética, inclusive, no que concerne a violência nos estádios. Alguém poderá dizer o dirigente é o exemplo, então vamos espelhar nele. Pensam que não importa os meios mas sim os fins. Depois, querem falar do Presidente da CBF e outros dirigentes.
      Então se é para aplaudir a atitude do Sr. Juvenal em comento, então, por oportuno, assevero:
      Ricardo Teixeira você é o melhor e dirigente da história do Futebol patrio, quiça mundial.

    • Aires

      Excelente comentário Marcos, a ética e a legalidade são princípios obrigatórios em qualquer seara.
      Aqueles que dizem que o futebol não é para pessoas de boa índole ou para Madre Tereza, amanhã poderão sofrer diretamente os dissabores dessas abomináveis práticas- ilegalidade e falta de ética, inclusive, no que concerne a violência nos estádios. Alguém poderá dizer o dirigente é o exemplo, então vamos espelhar nele. Pensam que não importa os meios mas sim os fins. Depois, querem falar do Presidente da CBF e outros dirigentes.
      Então se é para aplaudir a multireferida atitude do Sr. Juvenal por oportuno, assevero:
      “Ricardo Teixeira você é o melhor e dirigente da história do Futebol patrio, quiça mundial.”

  • JJ que voce fique mais 100 anos no tricolor!!!

  • Marquinho

    Vai jogo bingo jj

  • olha podem falar o ki quizerem maqs o jj e realmente o cara trouse o fabuloso manteve o lucas e nao perde ponto para o babaca do andres que achou ki o sampa ia quebrar sem os jogos do timtinho e esta ai o sampa nao prescisa deo dinheirinho deles o jj bate de frente com qualquer 1 que quizer entrar numa com o sampa por isso ele e o presidente eterno do tricolor

  • salve salve nacao do maior do mundo nao sei a opiniao de todos mas sei que a maioria dos tricolores concorda que o jj e o cara para traser novas contrataçôes de peso como ja trtouxe o luis e disse que vai manter o alex e nao tenhoduvidas que e4le vai cubrir morumbasso e vamos reçeber a estreia da copa pra calar a boca de todo mundo que critica diretoria e o gramnde jj que sabe tudo se f7utebol devemos muito a ele claro que o kleber santana nao rendeu o que nos esperavamos mais todo mundo sabe como foi difgiçil sua contrataçao e ele conseguiu por ter influençia no fgutebol e inteligençia por isso fica jj vç e a cara do sao paulo maior time do mundo e maior presidente do m,undo fica jjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjj vç e o cara valeu

  • José Roberto

    Não sou a favor destas viradas, mas convenhamos, entre Juvenal e Lapolla não tem argumentos. Lapola não tem competência para ser presidente de um clube como o São Paulo. Ele quis comparar o JJ com o Kadaffi, mas cá prá nós, com todo o respeito, a aparência do Lapola é de um Kadaffi. Lapolla vá cortar esta barba indecente. Você mais parece um corinthiano.

  • raphael santana

    Estou totalmente de acordo. Juvenal é um BEM NECESSARIO!!!!!!

  • anderson

    Fez o Sâo paulo ser grande a nível mundial !!!

    Parabens Sr juvenal pela reeleição

  • até concordo com a releiçaõ no saõ paulo ao sr.. juvenal jevencio acho que ele mudou a cara o jeito do tricolor em 8 anos , ele tem acertado mais do que erra mas quero aqui dexa minha cincera indignaçaõ ao caso alex silva se ouver mesmo e se confirma sua saída vai ser o maior erro dele ja que o jogador tem vontade de ficar no clube e é um dos melhores zagueiros do brasil ja vamos perder muinto sem o miranda que ja foi um erro mas o alex naõ pode sair sr.. j.j. vc fez uma promessa e espero que a cumpra a compra do alex é fundamental pro futuro do clube ….

  • anderson

    Sr juvenal juvencio parabéns pela reeileição e

    por favor não deixa o Alex Silva sair, ele é o lider que substitirá o CENI no futuro

    • boa anderson o caso alex silva vem sido tratado no tricolor com desrespeito total nao vejo nehum movimento em renovar seu contrato boa culpa disso também é por conta do carpegiane a ele vai um recado que se oponha a o alex e oj.j cade a promessa feita ta parecendo politico em campanha assim fica dificil em aceita

  • hashid

    JJ pilantra safado
    o Eurico do sao paulo
    ladrao tratante safado pilantra golpista

  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    O ‘mal’ necessário vai levando o Tricolor para o buraco. Idiotas foram aqueles que acreditaram que Juvenal era a solução.

MaisRecentes

‘Hudson é um bad boy elegante’



Continue Lendo

Quando se faz jus ao termo trabalho



Continue Lendo

São Paulo e as expulsões a base de anti-inflamatório



Continue Lendo