Tigre, o primeiro 'campeão rebaixado' da história do futebol argentino - Toco y me voy

Tigre, o primeiro ‘campeão rebaixado’ da história do futebol argentino



Contra o Boca Juniors, foi campeão da Copa da Superliga e em pouco mais de dois meses jogará a serie B

O Tigre revolucionou o futebol argentino. É o primeiro rebaixado da história a conquistar um campeonato de primeira divisão antes de jogar a série B. Durante muitos anos, as equipes rebaixadas não tinham a chance de jogar uma Copa de caráter nacional antes ou durante de cumprir seu papel na segunda divisão. Foi o Tigre, em 1958, o primeiro a viver esta situação particular. E até 2010, apenas cinco equipes viveram o mesmo.

Desde a criação da Copa Argentina em 2011, se multiplicaram os casos, mas nenhum time conseguiu ser campeão. Com os quatro rebaixados da última Superliga, totalizam 28 casos, mas nenhum foi capaz de dar a volta olímpica.

Em 1958, durante a disputa do Mundial da Suécia, para manter um torneio entre os times, a AFA instituiu a Copa Suécia. Os clubes estavam divididos em dois grupos e a última rodada com dois jogos foi disputada após a finalização da máxima competição. O Tigre, rebaixado, estava em quarto na tabela e deveria jogar com Newell’s, segundo colocado, a três pontos do líder Racing. Como a equipe de Rosario não alcançaria os de Avellaneda nem mesmo com uma vitória, a partida contra o Tigre nunca foi jogada. A final foi disputada em 1960 e o Atlanta se consagrou campeão contra o Racing.  

A partir de 1967 se incorporou o campeonato nacional, que até 1981 sempre foi disputado após o Metropolitano. Em 1972, Lanús e Banfield rebaixados, jogaram o torneio nacional. O primeiro terminou em sétimo e o segundo em nono. Depois, em 1976, San Telmo também jogou o Nacional, mas terminou em último na sua zona. Em 1980 apenas um (Quilmes) dos três rebaixados (Tigre e All Boys) disputaram o torneio. Em 1981, o San Lorenzo foi o primeiro grande a cair. Ainda assim, participou do campeonato que teve River como campeão. O Ciclón terminou na quarta posição.

Desde a temporada 2011/12 todos os rebaixados jogaram a Copa Argentina como equipes de primeira divisão, à exceção de 2015, quando Chicago e Crucero del Norte já haviam sido eliminados antes de perderem a categoria. O primeiro foi o Argentinos Juniors, que chegou às semifinais da Copa Argentina na temporada 2013/14. O “Bicho” caiu em maio de 2014, mas já estava classificado como time da primeira divisão para a Copa.

Desde sua chegada, Nestor Gorosito transformou o Tigre. É certo que não conseguiu evitar o rebaixamento e que a média de pontos o condenou, mas jogou um lindo futebol e brindou aos seus torcedores lindos espectáculos, como uma vitória contra o River em pleno Monumental. Ganhou a final contra o Boca Juniors e levantou a taça da Copa da Superliga, a primeira dos seus 116 anos de história. Além do triunfo, a equipe jogará a Libertadores do ano que vem.

 



MaisRecentes

Messi tem retrospecto negativo contra o Brasil



Continue Lendo

O fim da peregrinação: San Lorenzo volta a Boedo



Continue Lendo

Maturana, o fantasma da Argentina contra a Venezuela



Continue Lendo
%d blogueiros gostam disto: