Lucas Barrios: "O importante será vencer o Cruzeiro" - Toco y me voy

Lucas Barrios: “O importante será vencer o Cruzeiro”



Lucas Barrios é o grande destaque do atual Huracán (Foto: Divulgação)

Huracán e Cruzeiro estreiam na Copa Libertadores nesta quinta-feira às 19h00 (horário de Brasília), no Estádio Tomás Adolfo Ducó, em Buenos Aires. As equipes estão no grupo B, ao lado de Deportivo Lara e Emelec.

Lucas Barrios, um 9 de seleção, é a grande arma do “Globito”. O atacante de 34 anos que passou pelas categorias de base do time argentino, é um velho conhecido do time mineiro. Enfrentou o Cruzeiro em quatro oportunidades e marcou três gols, dois quando atuava pelo Palmeiras e um pelo Grêmio. Curiosamente, seu primeiro gol pelo alviverde foi contra a Raposa na Copa do Brasil de 2015.

– Tomara que eu possa marcar outra vez e ajudar minha equipe, mas que o gol também possa sair de qualquer companheiro, o importante será vencer o Cruzeiro – afirmou Barrios ao Lance! antes do confronto na Argentina.

O centroavante voltou ao futebol argentino depois de breve passagem pelo Colo-Colo e chegou com uma trajetória letal: foi campeão do torneio continental em 2017 com o Grêmio, disputou o Mundial da África em 2010 e duas Copa América (2011 e 2015) com o Paraguai; além do império que construiu no Borussia Dortmund com Jurgen Klopp e por seus 172 gols em 416 jogos. O paraguaio também é experiente na Libertadores: já marcou 12 gols na competição continental.

– As expectativas são as melhores e esperamos fazer uma grande Copa Libertadores. Busco passar experiencia aos mais novos e é muito bom ter um elenco com jovens que possam viver sua primeira experiencia neste torneio tão importante – contou.

Além da conquista da Libertadores em 2017 pelo tricolor gaúcho, Barrios foi campeão da Copa do Brasil (2015) e do Brasileirão (2016) pelo Palmeiras.

– Sempre é especial enfrentar clubes brasileiros, tenho um carinho muito grande por Palmeiras e Grêmio, mas hoje devo tudo ao Huracán e só penso no Huracán. É uma equipe que quero muito, comecei aqui. O times argentinos e brasileiros são os mais competitivos do futebol sul-americano e sempre são favoritos, será uma partida (contra o Cruzeiro) intensa e muito pegada, tomara que o Huracán saia com a vitória – afirmou.

Barrios também vestiu a camisa de equipes chilenas como Deportes Temuco e Cobreloa, enquanto na Europa brilhou por Montpellier, da França e Spartak Moscow, da Rússia. Na Argentina jogou por Tigre, Argentinos Juniors e Tiro Federal, de Rosário. No país “hermano”, nunca foi campeão.

– Quero ficar na Argentina, sempre disse que queria ser campeão aqui. Fui campeão na maioria dos países que joguei e agora quero ser campeão aqui, pelo Huracán – afirmou.



MaisRecentes

Messi tem retrospecto negativo contra o Brasil



Continue Lendo

O fim da peregrinação: San Lorenzo volta a Boedo



Continue Lendo

Maturana, o fantasma da Argentina contra a Venezuela



Continue Lendo
%d blogueiros gostam disto: