O clube sem boas notícias



O Santos foi o time que causou a impressão mais positiva entre os quatro grandes de São Paulo na primeira rodada do Paulistão. O time comandado por Dorival Junior levou a campo uma proposta diferente e interessante, com seus laterais fechando pelo meio e iniciando algumas jogadas. O resultado foi um bonito 6 a 2 sobre o Linense.

O Corinthians anunciou oficialmente a volta de Jadson, dias depois do mico Drogba e a torcida já sonha com a repetição do espetacular ano que o meia teve em 2015, que culminou no título brasileiro.

A onda de boas notícias não para nunca no Palmeiras. A última é a aproximação de Borja, o ótimo atacante do Atlético Nacional de Medellin. Como se não bastasse já ter o elenco mais recheado do país, o Verdão segue contratando. E ainda deverá anunciar a renovação de contrato com a Crefisa, a patrocinadora que injeta um caminhão de dinheiro nos cofres do clube.

Como você pode ver, leitor, são muitas notícias boas pipocando em três dos quatro grandes de São Paulo. Com maior ou menor expectativa, ao menos o começo tem sido promissor para todos. Pelo menos por enquanto não há sinal de sofrimento ou desespero ao longo do ano.

Chegamos então ao São Paulo, clube no qual a alegria tem sido artigo raríssimo há anos. Até mesmo aquilo que seria uma boa notícia tem uma contrapartida negativa, caso da venda de David Neres para o Ajax da Holanda por um bom dinheiro. Ganhou grana, mas abriu mão daquele que talvez fosse o mais talentoso dos garotos que subiram da base recentemente.

Então o Paulistão começa e o time é goleado pelo Audax em sua estreia por 4 a 2. A grande expectativa gerada por Rogério Ceni no comando virou frustração ou ao menos um ajuste do sonho com a realidade.

No fim das contas, Rogério Ceni foi a única boa notícia que o clube teve para dar desde que a temporada começou. A confiança da torcida nele segue intacta, mas também foi claro perceber que ele não vai operar milagres, por maior que seja sua dedicação à nova função.

O São Paulo virou o clube em que as notícias boas desapareceram.



MaisRecentes

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo

Chega de falar de arbitragem!



Continue Lendo

O juiz errou. E os outros?



Continue Lendo