Não tem graça nenhuma



A graça do futebol está na polêmica e na discussão é o muitos que dizem. Não sei você, leitor, mas desde quinta-feira à noite eu não tenho achado graça nenhuma. E acredito que nem mesmo os torcedores de Flamengo e Fluminense tem achado divertido. O árbitro Sandro Meira Ricci certamente está vivendo dias bem turbulentos.

O que aconteceu na noite de quinta-feira em Volta Redonda é de responsabilidade do árbitro, que se enrolou em uma decisão correta que já estava tomada, voltou atrás e depois reviu tudo para seguir com o que havia apitado no início. Mas este é só o começo da conversa e fica muito simples achar que toda a questão se resume a uma lambança.

A partida ficou parada intermináveis 12 minutos e neste período todo tipo de interferência pode ter acontecido, afinal, o árbitro foi cercado por jogadores dos dois times, policiais, delegado do jogo… À beira do campo repórteres estavam posicionados e com possibilidade de ter informação sobre o que o vídeo mostrou. Portanto, não dá para duvidar de que alguém “não autorizado” avisou sobre o que aconteceu. Só é difícil provar, mas desconfiar é permitido. Foram 12 minutos perdidos com algo que poderia ser resolvido em menos de um.

O modelo de arbitragem que temos no futebol é tão arcaico que estamos discutindo até agora sobre uma decisão que no final das contas estava correta, mas que teria sido tomada depois de algo ilegal (a ajuda externa). Isso não tem graça nenhuma e não ajuda em nada o esporte.

Nelson Rodrigues disse que o Fla-Flu começou 40 minutos antes do nada. Este, no caso, ainda não terminou. E esta não é uma boa notícia. Se o auxílio eletrônico fosse legal estaríamos neste momento debatendo se o Fla conseguirá alcançar a liderança, se o Flu conseguirá seguir vivo na luta pela Libertadores…

Enquanto o Brasil perde dias discutindo se foi lícita ou não uma decisão correta da arbitragem, a Fifa está pensando em inchar a Copa do Mundo. É uma questão de prioridades.



MaisRecentes

Bem-vindo à Seleção, Tite!



Continue Lendo

Evolução



Continue Lendo

Vai começar uma nova Copa



Continue Lendo