Levir, o homem que resolve problemas



No clássico “Pulp Fiction” (1994), de Quentin Tarantino, Harvey Keitel interpreta Wolf, cujo trabalho consiste em “resolver problemas”. No filme, Wolf é chamado para desaparecer com um corpo e limpar todos os vestígios após um disparo acidental de uma arma. Ele entra em cena, dá uma série de ordens e a tarefa está concluída.

Fazer o “trabalho sujo” que muita vezes dirigentes não conseguem fazer tem virado função de especificamente um treinador brasileiro: Levir Culpi. Foi ele quem fez a limpa no Atlético Mineiro após a conquista da Libertadores e parece começar a fazer agora no Fluminense. O indício disso é A rusga entre ele e Fred, o principal e mais caro jogador do elenco tricolor.

Lembrando de Levir no Galo: chegou em um momento em que alguns dos principais jogadores do elenco campeão sul-americano já não rendiam mais ao mesmo tempo que tinham tamanho para seguir com prestígio junto à torcida, caso sobretudo de Ronaldinho Gaúcho. O treinador limpou a área, reformou o time e conquistou a épica Copa do Brasil em 2014. No ano seguinte foi vice-campeão brasileiro.

Este ano Levir chegou ao Fluminense que já se notabilizava por ser um moedor de treinadores. Eduardo Baptista, Cristovão Borges, Enderson Moreira e Ricardo Drubsky, em sequência, fracassaram na tentativa de fazer o time jogar. Levir foi trabalhando em silêncio, os resultados começaram a aparecer, o time chegou à final da Primeira Liga e se classificou para a fase final do Campeonato Carioca. Em nenhum momento titubeou em substituir Fred do time.

Levir estava aposentado, com a vida ganha, não precisava mais trabalhar até receber a proposta do Galo. Topou, mas parece ter feito uma condição a ele mesmo. A de ser sempre sincero e de não se agarrar ao cargo a qualquer custo. Assim ele limpou o time de quem não lhe interessava.

No Flu, parece seguir a mesma filosofia. A ponto até de brincar outro dia quando perguntaram por que ele aceitou dirigir o Fluminense: – Pelo dinheiro, ele respondeu.

Acontece que este desprendimento está fazendo bem ao treinador, que não vê problema em ter contra ele o principal astro do time. Ele quer é limpar a área. Parece que a maioria está do seu lado. E se não estiver, provavelmente Levir pegará suas coisas e irá para casa. Sem nenhum sofrimento.



  • MAXMILIANO

    amigo desculpe mas fred tem de sumirrrrrrrrrrrrrrrrrrr.

  • MAXMILIANO

    onde assino amigo .

  • Penisvaldo Padília

    Querem o Fred por que na Copa do Brasil ele com uma só perna pulando que nem Saci ainda fez gol em vocês?

  • 12 DE ORURO

    TIMES DO LITORAL DE MG SÃO UMA PIADA.
    JUNTEM OS 3 GRANDES DO LITORAL MINEIRO (VASCO + FLAMENGO + BOTAFOGO) E O TIME DA SÉRIE C QUE SOMENTE O PALMEIRAS PÕES VCS NO BOLSO.

  • Penisvaldo Padília

    – 1996: a virada de mesa da vez salvou Corinthians e Atlético-PR, envolvidos em um escândalo de arbitragem;- 2000: o Corinthians termina a JH em último, mas também não é rebaixado. Paga aí e fica quieto gambá.

  • 12 DE ORURO

    SÓ VOU RESPONDER QUANDO O FLOR DE TERCERA DIVISÃO TIVER MUNDIAL. AHAHAHAHAHA!!!
    VAI CORINTIAS!!! AQUI É CORINTIAS, MERRMÃO!

  • 12 DE ORURO

    ATÉ NISSO O FLOR DE TERCEIRA ENGALFINHA!
    SÃO L1X0S, ETERNOS FREGUESES DO PODEROSO T1M”AO!

  • Penisvaldo Padília

    Mas os Vasco não está pagando? Ficou acertado que em 2016 pagaria a “B”. Não querem mais?

  • brandao

    ???????????????? SÉCULO PASSADO,SÓ FALTA VC QUERER QUE O GETULIO VARGAS RENUNCIE

  • brandao

    EU QUERO É TÍTULOS,O TREINADOR TEM QUE ARMAR UM BOM TIME E GANHAR TÍTULOS,UM BRASILEIRÃO QUE ELE NÃO GANHOU AINDA SERIA BOM

  • Ronaldo Pereira da Silva

    O Fred não poderia de nenhuma forma fazer o que fez com o Levir, deveria conversar frente a frente e expor as suas razões, aí sim, ir a diretoria e dizer que não jogaria mais, da forma que fez foi traição não só ao técnico, mas ao clube e aos jogadores.

  • 12 DE ORURO

    PAGUEM A SÉRIE B!

  • Carlos Alberto Anciutti Pessoa

    acorda;

  • Jose Luiz Cavalcanti

    Não é insubstituível , é um bom jogador ,todos cumprimos regras.O
    Fluminense não pode se adequar a ele.Se não tem humildade deve
    mudar de ares.

  • Meu Helicoptero Minha Vida

    Tudo achismo de jornalismo.

  • Jack

    Acho que FRED tem que continuar no FLUMINENSE. Mas, não ficar vivendo de 2009 e 2012, seus dois grandes anos. Viver o presente. E o seu presente é esse: um atleta de 32 anos, “gato”, lento, com problemas musculares e logicamente, com esse conjunto de predicativos deveria pedir DIMINUIÇÃO de salário. Mas não!!! Pediu aumento. Pior: o FLU não tem nem patrocinador master para ajudar pagá-lo. Ídolo da torcida, FRED deveria analisar e pensar em adotar o velho jargão de que “nada é eterno nessa vida”. Se tem onde ganhar tanto, SAI!!! Caso negativo, viva o presente e diminua o salário para 450 mil e já estaria ganhando muito!!!

  • Ricardo Moyses

    Nada de novo! Tudo repetido e cansado de ouvir!

MaisRecentes

Waldir Peres foi um herói improvável



Continue Lendo

A nova moda dos técnicos



Continue Lendo

Trabalhos incompletos favorecem jogo reativo



Continue Lendo