Enderson tem uma bala na agulha



Enderson Moreira chega ao comando do Fluminense na mesma situação de seu antecessor: tendo apenas uma bala na agulha. Esta bala é um bom desempenho inicial. Se falhar, provavelmente seu destino será o mesmo de Ricardo Drubscky, ou seja, a rua.

É assim que funciona a vida de um treinador que ainda não tenha um grande nome. Muito mais do do que um medalhão, um emergente precisa mostrar rapidamente resultados para ganhar a confiança da torcida, diretoria e de jogadores. Drubscky falhou neste sentido, sobretudo com os jogadores.

Enderson Moreira vem de alguns trabalhos controversos: saiu do Santos com questões mal-resolvidas com os jogadores. E no Atlético Paranaense teve 50% de aproveitamento, número insuficiente para mantê-lo no cargo. Não teve tamanho para se segurar.

Com relação ao Fluminense, o clube contratou seu terceiro técnico “não-medalhão” na sequência. Como política, é interessante. A questão é se a diretoria vai suportar a pressão que certamente virá se os resultados não aparecerem rapidamente.



  • Adilson Queiroz Machado

    O técnico ideal para o Fluzão, na minha modestia opinião claro,seria o” JULIEN JACQUES NERY”. Afinal, dúvido que o próprio presidente, conheça o elenco melhor que ele. Parabéns!!

  • Seedão

    treinador de time pequeno… cabe bem no florminenC

  • O problema não é o técnico, traga o Luis Henrique do ” Barcelona” e mande ele dar um jeito nesse time de MORTOS, duvido. Coloquem o Cristóvão , Drubscky, Eu ou qualquer um para comandar , Iniesta, Alba, Daniel Alves, Piquet, Neymar, Suarez,M E S S I,Xavi.Rackitic, ai irmão é mole.Tá faltando é TIME, hj só FRED,GERSON,ROBERT,KENEDY,EDSON, O RESTO É resto.

  • BRUM

    Eu ficaria com Marcão, até porque o treinador escolhido, não tem bagagem para trabalhar no Fluminense no momento atual do clube.

  • Julien Jacques Nery

    É SÓ NÃO ESCALAR 3 VOLANTES. SIMPLES ASSIM. TIME IDEAL: DIEGO CAVALIERI, WELLINGTON SILVA, GUM, HENRIQUE E GIOVANNI; EDSON, JEAN, WÁGNER E GERSON; MARTINUCCIO E FRED. RESERVA: JÚLIO CÉSAR, RENATO, ANTÔNIO CARLOS, MARLON E BRENO LOPES; PIERRE, RAFINHA E VINÍCIUS; KENEDY, LUCAS GOMES E MAGNO ALVES. TERCEIRO TIME: KLÉVER, BRENO, ARTUR, VICTOR OLIVEIRA E RONAN; JOÃO FILIPE, GUSTAVO SCARPA, ROBERT E MARLONE; MARCOS JR. E MICHAEL. 4º GOLEIRO: MARCOS FELIPE.

MaisRecentes

‘Isso aqui é Flamengo’



Continue Lendo

Treinador x Jogador



Continue Lendo

Pressão represada



Continue Lendo