Preocupante início de Brasileiro dos cariocas



Nenhum dos cariocas da Série A têm motivos para comemorar. O início de Brasileiro de Flamengo, Fluminense e Vasco é muito ruim. São apenas duas rodadas, mas já é possível ver algumas tendências de comportamento dos três.

O Vasco tente a ser inoperante ofensivamente, mas forte na defesa. Times bons defensivamente normalmente sofrem menos em campeonatos por pontos corridos. Mas ao menos quando jogar em casa, o Vasco terá de ter mais fome para não ser apenas um coadjuvante.

O Fluminense, que terminou 2014 com risco de desmanche total com a saída da Unimed conseguiu segurar alguns jogadores, mas a liga entre os experientes e os jovens da base ainda não aconteceu. Ricardo Drubsky sofre o que todo treinador sem muito nome sofre: a pressão. A tendência é a de dias turbulentos.

O Flamengo é a maior decepção até o momento. Luxemburgo segue falando que este grupo pode levar o clube ao G4, mas parece pouco provável. Sem inspiração e sem talento, o Rubro-Negro nada fez até agora e sem reforços é pouco provável que faça. Até quando a torcida entenderá a correta política de austeridade financeira?

Não era esperado um começo de Brasileirão tão ruim, pelo menos de Flu e Fla. Somados, os três times tem os mesmos seis pontos do líder Corinthians. O início de competição, normalmente negligenciado pelos clubes, pode definir o destino ao final, quando pontos imperdíveis e perdidos são lamentados.



MaisRecentes

Seleção enfrenta seu primeiro tremor



Continue Lendo

Segue o líder



Continue Lendo

O intervalo que mudou tudo



Continue Lendo