Onde estarão Flamengo e Corinthians no futuro?



Quando o Clube dos Treze foi implodido e os clubes passaram a negociar individualmente as cotas de TV, Flamengo e Corinthians despontaram como potenciais donos do futebol brasileiro pelo dinheiro que
passariam a ganhar.

O primeiro a mostrar as garras foi o Corinthians. Além da grana alta de TV, vieram títulos internacionais, estádio próprio, uma arrecadação nunca antes vista na história do futebol.

Atolado em dívidas imensas e vivendo a desastrosa administração Patrícia Amorim, o Flamengo nem se mexeu. O caminhão de dinheiro não fez nenhuma diferença em um universo de gastança desenfreada e irresponsável.

O ano de 2014 termina com a seguinte frase do presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Melo: “Se alguém está esperando que a gente deixe de recolher impostos, pagar nossos compromissos, para investir no time de futebol, até por ser ano eleitoral ou outra besteira dessa, pode tirar o cavalinho da chuva.” O Fla, portanto, seguirá com sua política de austeridade, que fez com o que o clube diminuísse sua dívida em R$ 240 milhões.

2014 também termina com o Corinthians acertando com o técnico Tite. Pagará um salário gordo, um pouco menor do que desembolsava para seu antecessor Mano Menezes. Está também para acertar renovação de contrato de Guerrero por uma nota preta. Além disso, o clube desembolsa cerca de R$ 3,6 milhões para pagar parte de salários de jogadores que estão emprestados ou encostados, casos de Pato e Sheik, por exemplo. O rombo ao final da administração Mario Gobbi
chega a R$ 44 milhões.

No futebol, o rumo das coisas podem mudar muito rapidamente. Uma sequência de derrotas pode derrubar um viés de austeridade, por exemplo. Mas considerando que as políticas de um e outro clube permaneçam as mesmas, em que patamar estarão Flamengo e Corinthians a curto, médio e longo prazo?



  • Rafael

    O Corinthians precisa de pessoas TÉCNICAS e com AUTONOMIA para exercer suas funções nos mais determinados departamentos do clube.
    Por exemplo: na gestão anterior, o marketing do corinthians era avassalador, nunca na história do clube se vendeu tanto a marca.. seja por camisa, pingente, cueca, enfim, o raio a quatro… mas na atual gestão, isso estagnou, ñ há novos produtos no mercado, pq? pq a atual gestão eh mesquinha e centralizadora… se vc (líder e gestor) ñ tem o expertise em determinado setor, vc delega. Isso ñ foi feito, ou seja, nosso presidente além de ruim de serviço, eh passivo, o que falta pro corinthians eh voltar a ter pessoas com PULSO e LIDERANÇA no topo da cadeia de comando.

  • eutalia andrade

    COM CERTEZA ESTARÃO NA BIRLANDA E MAIS QUEBRADOS QUE ARROZ DE TERCEIRA!!!!!!!!!!!

  • Wagner Cruz

    É meu amigo Tirone, sou corinthiano e tenho muita inveja da administração do Bandeira de Melo, o Flamengo está no caminho certo e espero que continue na presidência este Senhor e que os demais clubes repensem a sua maneira de administrar.

  • Sam Lins Lessa

    Se a filosofia da austeridade permanecer, não tenho dúvidas de que o futuro rubro negro seja saudável, glorioso e vencedor. Acredito que essa deva ser a máxima do futebol nacional daqui pra frente, aqueles que querem permanecer em evidências.

  • O Flamengo esta no caminho certo, se continuar com essa política extremamente correta, saneando os problemas num futuro bem próximo 2016/2017 vai se tornar uma potência das Américas.

  • J. Taborda

    Boa tarde Tironi. A Forbes responde a sua pergunta:

    http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resultados/noticia/2014/12/corinthians-e-o-clube-mais-valioso-das-americas-segundo-forbes.html

    Covardia comparar um clube que vale US$ 579,9 mi com um que vale US$ 91,3 mi.

  • gy francisco

    O que você quis dizer, Tironi?
    Sabemos que a Globo, dona do nosso futebol, queria que uma espanholização do Brasileirão, nada de 12 grandes, mas apenas dois gigantes, Corinthians e Flamengo, um SUPERCLÁSSICO BRASILEIRO, como REAL X BARCELONA, ou BOCA X RIVER.
    Mas a coisa não virou, até o momento, pois nem Timão, nem Fla, são muito superiores ao resto em qualquer quesito, exceto em torcida. Mas aí eles são tão amadores, incompetentes e corruptos quanto todos os outros. Então não adianta botar muito mais grana deles pra forçar uma superioridade, pois quanta mais grana entrar , mais grana vai sumir simplesmente.
    Tem ainda que, no momento é mais fácil o SUPERCLÁSSICO BRASILEIRO SER CORINTHIANS E SÃO PAULO, em vez do Mengo, pois o Tricolor tem situação financeira e administrativa muito superior ao carioca, além de haver uma rivalidade natural e legítima entre ambos, enquanto Timão e Fla são popularmente conhecido com CLÁSSICO DE COMPADRES…
    RESUMINDO: MAIS IMPORTANTE QUE TER MAIS RECEITAS E APOIO PRA QUE UM CLUBE SE DESTAQUE, É TER UMA DIRETORIA MAIS COMPETENTE E PROFISSIONAL, QUESITO NO QUAL CORINTHIANS, FLAMENGO, SÃO PAULO E TODOS OS 12 GRANDES SÃO RIDÍCULOS…

  • MachadoJ

    Patrícia Amorim e seus antecessores foram um cancêr para o Flamengo.
    Espero que a chapa Azul continue fazendo o bom trabalho pelos anos que virão….

  • Charles

    Do formato que está desmotiva todos os outros clubes.
    Até que um dia se unirão todos os outros clubes contra esses dois.
    E que esses dois poderão jogar sozinhos entre si duas vezes por semana.

  • eutalia andrade

    Se continuarem com essa gastança com certeza chegarão ao fundo poço, a tv ja não esta com o mesmo ibope de antes torcedor canssou de tanta ´porcaria futebol da varzea esta melhor que futebol apresentado todo dia pelos mesmos. Quanto a estadio proprio, isso é ilusão, não veio do bolso dos curintianus e sim dinheiro publico deixado de aplicar na saude, educação e segurança, então não tem merito nenhum q

  • Rogério Mendes

    Se estivéssemos falando de duas organizações, se não houvesse uma mudança drástica na condução das mesmas, o Flamengo em um prazo médio de 5 anos navegará em um mar azul e o Corinthians terá sérias dificuldades em se manter solúvel. Como você escreveu, temos um fator que pode mudar tudo isso, a paixão, mas em termos econômico ouviremos a cada mês que passa, as notícias de salários atrasados mudando de estado, como já aconteceu no ano de 2014.

  • Tiago

    Flalido sempre flalido.Continuara na mesma brigando para ñ cair para a série B.
    Só ñ disputou a série B esse ano pq teve a LUSA para ajudar.

  • Alan Vasconcellos

    É claro, que tudo dependerá da permanência do atual grupo à frente do Flamengo. Não acho que resultados ruins, mudarão algo, até mesmo porque, o pior já passou. Se o Bandeira teve coragem de bancar austeridade acima de tudo no início, quando para a maioria, se tratava de um completo estranho, agora, essa maioria não só o conhece, como também o apoia.
    O basquete, que agora caminha com as próprias pernas, é o atual bicampeão da Liga.
    Com calma, tenho certeza, que caminharemos irreversivelmente para o topo do futebol nacional e sul-americano.
    O ídolo do presente, tão aclamados por alguns, no futuro, talvez percebamos que estava diante de nós.
    Já no Corinthians, tudo parece depender do carimbo da principal torcida organizada, ficando a vontade do Presidente, limitada a pressão da organizada, que para quem vê de fora, parece acima de tudo. Uma pena, pois a anos atrás, imaginava estar diante do exemplo a ser seguido, e não apenas de algo passageiro.

  • Marcio Lopez

    Espero, sinceramente, que no futuro ambos estejam no lugar que sempre deveriam estar:NA SÉRIE B!!

  • ANTONIO CARLOS

    ei TIRONI o que aconteceu com os comentários?

  • ANTONIO CARLOS

    A partir de uma boa condução dos dois clubes o FLAMENGO além de pagar as dividas e permanecer em regime de austeridade financeira durante alguns anos precisará investir em um estádio proprio(importante pelo tamanho da torcida e para se distanciar dos concorrentes),talvez uma reconstrução e modernização de cts e sede do clube para continuar mostrando seu porte e em paralelo montando novamente grandes times de futebol.Os dois clubes CORINTHIANS e FLAMENGO não serão necessáriamente o retrato brasileiro da espanholização do futebol por conta da TV,Os dois são muito grandes independente da
    GLOBO.Mas sem austeridade financeira,responsabilidade e honestidade podem passar por muitas dificuldades sempre.

  • Se a Globo continuar pagando muito mais para eles do que para os outros provavelmente o futebol brasileiro vai perder a graça com o monopólio de 2 ou 3 times como na Espanha, acho que é isso que a Globo quer !!
    Tirone, você saberia porque a Globo faz isso ?

  • É impressionante a boa gestão que vem tendo o Flamengo . Os dirigentes estão cumprindo fielmente ao que se propuseram , que è resgatar a credibilidade do clube . Percebe-se , com clareza , que a atual administraçào nào cai na tentação do imediatismo e , como deve ser , não importa-se com as críticas dos mais afobados , especialmente da imprensa esportiva ( maior até do que da torcida ). Com mais um ou dois anos de austeridade , de continuidade do crescimento das receitas ( deve ser , pelo segundo ano consecutivo , a maior receita operacional do Brasil ) e de busca pela auto-suficiência nos esportes olímpicos , o Flamengo , com o seu gigantismo , tem tudo para entrar num ciclo virtuoso e dominar o futebol brasileiro . O Flamengo hoje é administrado por um grupo de abnegados e competentes flamenguistas , e ainda conta com correntes políticas de apoio que prestam um excelente serviço técnico ao clube , tais como : elaborações de projetos olímpicos , reforma do estatuto , comunicação com sócios e torcedores , esclarecimentos e análises financeiras , incentivo aos programas do clube ( especialmente nos programas que geram receitas para o Flamengo ) , além de apoio político . Se não houver desvio de conduto – e nada indica que isso vai acontecer – ver Flamengo de volta ao protagonismo do futebol brasileiro , e quiçá internacional , é uma questão de tempo .

  • Jorge Esteves

    Curto prazo: Corinthians ligeiramente superior ao Flamengo;
    Médio prazo: Corinthians e Flamengo em pé de igualdade;
    Longo prazo: Flamengo sobremaneira superior ao Corinthians.

  • Felipe Filho

    Eu quero que esses times, principalmente o flamengo cheguem ao fundo do poço e por lá continuem por um bom tempo..

  • Renato Prado

    Você mesmo diz que no futebol o rumo das coisas pode mudar rapidamente e pergunta se as políticas permanecerem o que acontecerá? Pura contradição e vontade de puxar sardinha pra um lado e tumultuar o outro…

  • Lázaro Costa

    O Corinthians eu não sei como estará, mas o meu Flamengo vai ser um clube com muito dinheiro, estrutura, e potencia em todos os esportes do clube. Nosso horizonte é de coisas boas, Flamengo.

    Saudações Rubro-Negras!

  • Claudio

    Sr. Tironi, eu vejo os fatos de uma outra maneira, Há times grandes que vão diminuindo( como os clubes cariocas). O Flamengo só tem torcida e parece que tem um presidente que joga mais com a realidade, no caso do Corintians a torcida é grande, os dirigentes pequenos e as dívidas vão aumentar, jogam pra torcida e pra imprensa. Um dia vão surgir novos entrantes com planejamento e grana então os clubes grandes do passado serão lendas do futebol.

  • Eu espero que, esse grupo político se perpetue no Flamengo. Pois, se um time consegue pagar 240 milhões de reais em 2 anos, imagine se não houve-se divida? Vida longa ao Bandeira de Melo e seus comandados!

MaisRecentes

O drone e o jornalismo



Continue Lendo

A torcida que salvou um time salvará de novo em 2018?



Continue Lendo

A lição de Carille e o que vem por aí



Continue Lendo