Kaká na Seleção e crise no Botafogo



O editor-executivo do LANCE!, Daniel Bortoletto, me encomendou a seguinte tarefa: comentar os dois acontecimentos importantes desta sexta-feira. Abaixo, as respostas:

1 – Dunga acerta ou erra ao convocar novamente Kaká para a Seleção?

Kaká fez poucos jogos pelo São Paulo para justificar esta convocação. Alguns bons, é verdade, mas o número total de partidas é baixo. Não que ele precise ser testado para a Seleção, diga-se. Ele já provou que tem todas as condições. Mas não é a convocação obrigatória, de alguém que esteja pedindo passagem. Mas o mais intrigante nesta convocação é como ela escancara a falta de qualquer tipo de continuidade no trabalho da CBF. Após 2010, Kaká estava praticamente aposentado da Seleção. Retornou em poucas oportunidades com Mano Menezes e foi abandonado por Felipão, que não o levou à Copa. Agora, passada a tragédia, volta a aparecer. A impressão que se tem é que não há nenhum rito de passagem entre um técnico e outro da Seleção. O trabalho sempre começa do zero.

2 – Na zona de rebaixamento e devendo vários meses de salário, o Botafogo afastou e irá rescindir contrato de Sheik, Bolívar, Edilson e Julio Cesar. Como vê imagina que essa decisão da diretoria vá refletir no desempenho do time no restante do Brasileiro?

O Botafogo já estava em situação calamitosa mesmo com todos os jogadores à disposição. Perdendo figuras tecnicamente importantes como Emerson Sheik por exemplo, a situação pode ficar pior. Se os quatro afastados efetivamente exerciam uma liderança negativa no elenco, só os resultados poderão responder. O fato é que, atolado em enorme crise financeira, não há muito mais o que tirar deste elenco. Em campo, a impressão que se tem é a de que o grupo atua no limite de suas possibilidades.



  • Orlando

    As vezes um inútil consegue fazer algo que preste, a rescisão desses engadores foi acertada, afinal um engador reconhecer outro de longe.

MaisRecentes

É “mimimi” ou tem preconceito?



Continue Lendo

O clássico esvaziado e o golpe da CBF



Continue Lendo

Mimimi ou verdadeiro?



Continue Lendo