“Começo” de temporada



Entrevista de Luiz Felipe Scolari depois da vitória do Grêmio contra o Criciúma: “Quem entende de futebol tem que perceber que em 15 dias não se pode fazer muita coisa. Há muito o que evoluir”. Entrevista de Vanderlei Luxemburgo depois da vitória do Flamengo contra o Coritiba: “Vamos continuar trabalhando, vamos fazer as coisas acontecerem.” Entrevista de Muricy Ramalho após a vitória do São Paulo contra o Palmeiras: “Os jogadores têm qualidade e mesmo ainda sem entrosamento podem render.”

Grêmio 2 x 0 Criciúma, Coritiba 0 x 1 Flamengo e Palmeiras 1 x 2 São Paulo não foram amistosos de pré- temporada, mas jogos do principal campeonato do Brasil em sua 15a rodada. Falta pouco para a metade da jornada. E faltam apenas quatro meses para o ano esportivo acabar. Parece loucura, mas tem gente falando ainda na montagem do time.

2014 parece que vai ficar marcado como o ano que só teve cinco meses. Tudo o que os clubes fizeram e planejaram no primeiro semestre é como se não tivesse existido. Até a Copa do Mundo, quase todo mundo tocou de lado para decidir o ano só na parte final. Times foram detonados e remontados à exaustão.

O Palmeiras talvez seja o exemplo mais claro disso. O time que entrou em campo e perdeu para o São Paulo claramente está em processo de montagem. Gareca ainda sente o terreno que está pisando, testa alguns jogadores e traz outros (que ele conhece) enquanto aprende a língua portuguesa e as particularidades do futebol brasileiro.

Dommingo, o time chegou a nove jogos sem vitória e a zona de rebaixamento assusta. Vale destacar uma certa dose de azar na derrota: contusão de Valdívia quando o time começava a partida melhor, gol perdido no final e levado na sequência com direito a bola batida na trave e nas costas do goleiro antes de entrar. O Palmeiras é um exemplo, mas até quem está brigando lá em cima, como o Corinthians, ainda consegue ser irregular. Há uma exceção: o Cruzeiro, que trouxe entrosamento da temporada passada e segue firme na liderança, com cara de que não vai deixar escapar de novo.



MaisRecentes

A nova moda dos técnicos



Continue Lendo

Trabalhos incompletos favorecem jogo reativo



Continue Lendo

Uma espécie em extinção



Continue Lendo