Grêmio contrata uma lenda. A mesma que a CBF levou para a copa



21 dias após a maior humilhação que o futebol brasileiro já presenciou em toda a sua história, o técnico que estava à beira do campo naquele momento, Felipão, foi anunciado nesta terça-feira como novo comandante do Grêmio.

É como se o gestor houvesse levado uma empresa à bancarrota e 21 dia depois fosse contratado por outra empresa por ter tido sucesso no passado ali.

A grande e primeira curiosidade é saber o que Felipão vai falar aos jornalistas nesta quarta-feira, quando se sentar à cadeira na sala de imprensa tricolor. Vai se lembrar dos seus bons tempos ali (já se passaram 18 anos)? Vai falar que está muito motivado em “voltar para casa”? Vai falar sobre seu trabalho à frente da Seleção Brasileira? Vai falar dos 7 a 1? Vai falar dos 3 a 0?

Volta ao Grêmio uma lenda, um dos treinadores de maior sucesso da história do clube gaúcho e do futebol gaúcho. Resta saber se ela será suficiente forte para trazer resultados. A mesma lenda foi convocada para a Copa do Mundo, não é possível esquecer.



  • leocir

    tirone porque vc não vai cuidar de sua vida midiucre ,enves de ficar falando dos servisos dos outro ,seu inútil.sem moral.

    RESPOSTA DO EDITOR

    O que significa “midiucre” ?

  • Jonas

    Sou Gaúcho, não sou Brasileiro, por isso não me importo com os 7×1.

    Esse mesmo Gaúcho que tantos “brasileiros” criticam é o mesmo responsável pelo Penta.

    Agora está na seleção outro Gaúcho que foi responsável pelo Tetra. O Gaúcho Dunga, único responsável pelo Tetra. Dunga em 1994 era o Capitão e Técnico do time. Comandava tudo!!! Parreira era simplesmente um parcitipante, uma visita na comissão técnica!!!

    Vocês “Brasileiros” devem agradecer aos Gaúchos pelo Tetra e pelo Penta. Em 2018 vão agradecer pelo Hexa, novamente com um Gaúcho no comando da SeleNike.

  • Bom se for ver retrospecto do Sr.Luis Felipe, nós Brasileiro só podemos lembrar das duas maiores proezas que ele conquistou nos últimos anos, Ex.. Rebaixamento do Palmeiras para Segunda Divisão, em nossa casa com os jogadores por ele considerados os melhores do mundo Brasil 1 X Alemanha 7, Brasil 0 x Holanda 3, então tomara mesmo que o Grêmio tenha um ótimo time e um excelente grupo de lideres dentro de campo , pois no Banco vai ter apenas um Treinador mediano…

  • Carlos Junior

    Senhores,
    Se o Felipão está decadente ou não isso nós veremos a seguir. Muitos técnicos que foram “estrelas” no passado hoje estão decadentes.. Faz parte do ciclo da renovação. Porém, ninguém pode e deve esquecer o que o Felipão fez pelos clubes pelos quais ele passou, bem como pelo título mundial que presenteou a todos nós Brasileiros. Esse vida de reportes é mesmo fraquinha .. Vivem da crítica alheia, vivendo dos “comentários pós jogo” ..

  • Gilson

    Sempre torci contra a seleção da CBF, a seleção do eixo do mal, seleção oba oba da imprensa, por mim queria que a seleção da CBF levasse de 10 x 0 da Alemanha, tava tão preocupado com o jogo que fui passear de carro bem na hora, tava uma beleza o trânsito, ninguém nas ruas, kkkkk
    Só torço pro Grêmio e pra ninguém mais, e aqui Felipão é Deus. Mas para os “jornaleiros” oportunistas de plantão que mudam de opinião como quem muda de cueca, os dois últimos títulos que a seleção oba oba da CBF ganhou foram com o Felipão de técnico, 2013 copa das confederações e 2002 copa do mundo e a partir de agora tomara que não ganhe mais nada por uns 100 anos, kkkkk. Torcerei muito para que nem se classifiquem pra copa da Rússia.

  • O Analista

    Caro Tirone e blogueiros,

    De fato, ainda é muito recente a lembrança da catastrófica campanha da Seleção Brasileira na Copa 2014.
    Uma campanha interrompida pelos inexplicáveis 7×1 seguido de um natural 3×0 para seleções muito superiores à do Brasil. Tão inexplicáveis quanto o fato do Brasil ter superado o Chile (na sorte) e a Colômbia, que também tinham elenco e time superiores.
    Felipão obviamente fracassou e teve culpa no ocorrido, mas convenhamos, quem alí, se salvou ? Só Neymar, e ainda assim, jogando muito abaixo do que é capaz.
    Então não me parece razoável condenar antecipadamente o profissional Felipão por conta de recente fracasso.

    Fosse esse o critério, Mano Menezes e Vanderlei Luxemburgo não poderiam estar treinando Corinthians e Flamengo respectivamente, face seus retumbantes fracassos anteriores.

    Talvez o Grêmio esteja contratando uma “lenda”, ou quem sabe um mágico, que em 2012 conseguiu dar um título da Copa do Brasil ao time mais fraco que o Palmeiras já teve, confirmado pelo seu justo e merecido rebaixamento no final do mesmo ano.

    Mas os 20 clubes da série A possuem 19 “realidades” nos comandos das equipes ???
    Faça-me o favor… podemos listar Marcelo de Oliveira (campeão na carona do elenco do Cruzeiro e campanha ridícula quando treinou o Vasco), Muricy que faz contratos também com base no passado, Abel, Mano Menezes que é tão aposta quanto Scolari, Luxa que há muito vive do passado, e para por ai…. o resto é um festival de Roth, Levir, Mancini, Oswaldo, Gareca, Ney, Cristóvao, etc, etc.

    Portanto, para Felipão, basta ficar na frente de 16 destes citados, que já estará em territórios bem conhecidos, ou seja, os gramados da América do Sul.

    Concordo que Felipão não está atualmente entre os principais treinadores do futebol mundial, a Copa provou isso, mas ele foi contratado para disputar o campeonato Brasileiro e aqui, a parceria é fraca, parceiro.

    Dá para encarar.

    Um grande abraço a todos.

  • Renato

    Não sou gremista. Mas quer dizer que por ter perdido a Copa o Felipao deve ser banido do futebol? Se até criminoso tem segunda chance, por que ele não pode ter? Estes jornalistas se acham Deus. Acho que eles deveriam ser os técnicos da seleção já que sabem tudo. Imaginem se fossem cobrados por notícias erradas! Deixem o cara trabalhar em paz, não sei porque execra-lo.

  • ESSA E A SACADA DE FABIO KOFF TRAZER FELIPAO P/DAR UMA RESPOSTA A TORCIDA, ELEIÇAO
    EM OUTUBRO, AI ESTA A CABEÇA DOS NOSSOS DIRIGENTES.

  • valdir

    Que renovação é essa.Os gremistas vão passar vergonha e digo mais,toda a escola de futebol gaúcho vai ficar envergonhada com esse senhor,pois ele fará mais estragos.

  • MARCEL ZANINI

    É gremistas, a ditadura ou como queiram a famiglia Scolari esta de volta!
    Uma volta ao passado é sempre bom e que tragam também o Danrley, Arce, Adilson Batista, Rivarola, Roger, Dinho, Emerson, Arilson, Rodrigo Mendes, Paulo Nunes e Jardel porque com esse time atual e com o velho retranqueiro Scolari não vai dar em nada.
    Ele está de volta após 18 anos e está a pelo menos a 10 anos em realizar um trabalho um trabalho razoável como foi com a seleção de Portugal.
    E preparem o caminhão gremistas, porque depois que esse velho retranquiero que na única vez que quis atacar na vida tomou de 7, dfigo preparem o camainhão pra recolher o entulho que ele vai deixar após destruir o grêmio e depois com o mesmo caminhão levar a grana que não deve ser pouca.
    Termino dizendo, Scolari SR é MEDIOCRE.

  • Leandro Mattos

    Olha meu caro. Se tem alguem que tem culpa na derrota deste 7×1, seriam Marins e Ricardo Teixeira e sua cupula imunda. Pois o Felipão ‘decadente’ veio para tapar um buraco que a CBF fez com o Mano Menezes. Ou você que se diz jornalista não lembra que o Mano, saiu da copa américa sem ganhar um jogo sequer? Já o Felipão assumiu a bucha teve peito para encarar. E ganhou a copa das confederações, e deixou vocês da imprensa totalmente contrariados, pois até vocês sabiam que aquela seleção não ia a lugar algum. Agora me diz, a culpa é mesmo do felipão? ou você ta protegendo a CBF?

  • pwagnerbr

    Não acredito que Felipão tenha sido “O” culpado pela derrocada brasileira mais do que anunciada. Certamente, até pela posição que ocupava, foi um dos culpados. Mas acho que houve muito mais coisa envolvida no vexame brasileiro na Copa. Um acúmulo de erros que acabou estourando justamente quando não podia, mas que era previsível para qualquer um que acompanha o futebol brasileiro. Enquanto os principais times europeus jogam o mesmo futebol que a seleção de 82 (Telê santana) já jogava, retrocedemos ao pior futebol brucutu que poderíamos algum dia ter jogado. Os times nacionais são pífios. Jogam um futebol de quinta categoria. Não formamos mais jogadores como formávamos antes. Só zagueiros, volantes e atacantes que correm muito (e pensam pouco). Parecem todos saídos da mesma fôrma. E a Lei Pelé gerou terra arrasada em um ambiente onde sempre houve amadorismo quando tirou dos clubes um dos poucos (ou único) gerador de renda. Se para os grandes é difícil, imagina para os Américas-RJ da vida. Morte certa e anunciada. Só quem se deu muito bem foram os empresários. E a televisão….Por tudo isso, acho que Felipão não é o grande culpado. Mas tem que abrir o olho. Não dá para esquecer do trabalho no Palmeiras, quando ganhou a Copa do Brasil e acabou rebaixado. Nem da seleção. No mais, só posso desejar a ele boa sorte no Imortal que mais morre no futebol brasileiro.

  • Nicholas

    Quando se está à frente de um time ou de uma Seleção, o treinador está vulnerável ao erro ou ao acerto, isto é fato.

    A derrota frente a Seleção Alemã, que diga-se de passagem é MUITO superior a Seleção Brasileira, da forma como ocorreu, foi realmente uma vergonha.

    Entretanto, por que deveria o Felipão falar da Copa do Mundo agora em sua nova passagem no Grêmio?

    Eu acredito sinceramente que toda a imprensa brasileira achou seu culpado para a ausência do HEXACAMPEONATO, e o nome dele é FELIPÃO. Agora, será que ele é o único culpado? Será que ele não tem capacidade de treinar outro grande clube ou grande seleção?

    Na minha opinião, é desnecessária a forma como estão tratando o futuro treinador do Grêmio.

  • Eduardo

    Não haviam gaúchos na seleção. Só Felipão e maicon, este nunca jogou aqui. Time da Nike e cbf.
    Somos gremistas, nosso interesse é o Gremio e aqui ele é Deus.
    Sucesso aí com a selenike do sudeste, temos nossa vida para preocuparmos, outra América para conquistarmos e quem sabe mundo dessa vez.

MaisRecentes

O drone e o jornalismo *



Continue Lendo

A torcida que salvou um time salvará de novo em 2018?



Continue Lendo

A lição de Carille e o que vem por aí



Continue Lendo