A boa excursão do São Paulo que virou mico



Não poderia ter chegado em pior hora a excursão que o São Paulo vai fazer para enfrentar alguns dos times mais poderosos da Europa e, na seqüência, encarar a disputa de uma taça no Japão. O time já está na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro e estará certamente em situação pior quando acabar o passeio.

Esta é uma forma de ver a questão. A outra é assim: o São Paulo embarcou para a Europa para encarar jogos contra Bayern de Munique e depois Milan ou Manchester City. O tour europeu segue com um amistoso contra o Benfica e termina com a disputa da Copa Suruga no Japão. É uma forma interessante de ter a marca exposta no principal centro do futebol mundial e de medir forças com algumas das maiores potências do planeta. Afinal, tirando o Atlético Mineiro, que outro clube brasileiro terá chance de encarar o Bayern, campeão europeu, agora sob comando do badaladíssimo Guardiola?

Entre uma e outra análise está a questão central: o nosso ridículo calendário, que obriga os principais clubes a gastarem tempo e energia em estaduais sem relevância para depois fazer um Brasileiro (este sim importante) espremido em pouco mais de meio ano. Para fazer a excursão, o São Paulo teve de pedir permissão para a CBF, que topou adiantar alguns jogos do clube.

Evidentemente não deveria ser assim. Neste momento, o calendário mundial do futebol está em pré-temporada e não no meio, como o nosso. Assim, os clubes podem fazer excursões lucrativas do ponto de vista financeiro e de marketing.

Por mais bizarro que possa ser, a excursão tricolor ficou com cara de incompetência da diretoria, quando na verdade é exatamente o contrario. O clube conseguiu uma brecha para atuar com os principais clubes do mundo. A má fase e o calendário condenam uma iniciativa que deveria ser elogiada.

A diretoria do São Paulo pode e deve ser criticada por uma série de atitudes. Não por esta.



  • Quem não está muito animado é o torcedor são paulino… Edson Silva e Paulo Miranda para zaga, jogadores ainda sem muito nome no futebol, os meio-campistas, Fabrício, muita raça e pouca inteligência e Maicon, outra promessa chegam para dar mais opções para o meio de campo.

  • Neil Neri

    O grande problema Tirone foi a incompetência ao formar um time inofensivo.
    Temos história fora do pais, fora os mundiais, ganhamos de goleada do Barcelona e Real em torneios.
    A situação eh triste.

  • Richard

    Acho que as críticas não são pelo fato de jogar. Muitos torcedores do clube comemoraram quando o SP acertou para jogar na Copa Audi. Mas o problema é a fase. Um time ruim fisicamente ter que adiantar jogos e viajar a Europa e para Ásia de forma exaustiva, para voltar ao Brasil e enfrentar um calendário pesado. Sim, pelo momento vivido, único na história do clube, a diretoria merece criticas sim.

  • gol

    Diminuir o tempo de duração dos estaduais e número de participantes fazendo com que o campeonato seja mais competitivo e emocionante seria legal mas fazer nosso futebol ter temporadas 2014/15 como na Europa seria muito escroto e ainda mais ridículo coisa de baba ovo

  • socram1958

    Pôxa, até que enfim um comentário digno de um verdadeiro jornalista, parabéns.

  • Raul

    Nunca gostei dos seus comentários, mas desta vez concordo com vc, principalmente na parte sobre os estaduais. Já não deveriam ser disputados pelos grandes a mais de 10 anos.

  • Carlos Mattos

    Estão expondo a marca de forma negativa, haja visto o futebol que o time tem apresentado. Da maneira que jogaram contra os alemães, pareciam os times da Oceania qdo vão jogar mundial da FIFA, não criam nada, só tomam sufoco e o adversário joga em ritmo de rachão. Vexatório!

  • Mario

    concordo plenamente o calendario tem q mudar , mas ontem na ESPN o MAC anão deu sua versão tosca p/calendario e vcs não questionaram, ai não adianta vc publicar no seu blog e na frente de um cartola apenas aceitar a versão dele .

MaisRecentes

A lição de Carille e o que vem por aí



Continue Lendo

Em onze dias, o Brasileiro mudou



Continue Lendo

‘Doping’ estimula jogadores do São Paulo



Continue Lendo