Futebol é nosso carnaval do restante do ano



Oficialmente neste sábado começa o carnaval. Quatro dias de folia em que o brasileiro está liberado para se fantasiar, sair dançando na rua, brincar sem preocupação. Voltar a ser criança e esquecer as privações e preocupações do dia a dia.

O futebol nos permite um pouco de carnaval nos outros 361 dias do ano. Vale brincar, tirar um sarro do rival, xingar o juiz, gritar na janela, agitar bandeira, soltar rojão.

A sociedade evolui quando é politicamente correta em causas importantes: racismo e homofobia, por exemplo. E é chata quando censura tudo sem interpretar situações com leveza.

Osvaldo de Oliveira não vai matar tricolores na rua porque fez um discurso raivoso no vestiário. Seu vizinho não quer que você chupe nada quando grita “Chupa!” na janela no dia em que seu time perde. Isso é só um pouquinho de carnaval fora de época.

Brinque no carnaval a partir de amanhã. E brinque com futebol nos outros dias. Gaste o “politicamente correto” com o que realmente importa.



  • Bom texto, temos que parar com esta mania do Politicamente Correto

  • corinthiano

    Boa! Bom Carnaval, Garoto!

  • @alecost

    perfeito este seu post. vamos ser politicamente corretos com o que realmente importa.

  • Fabio Martelozzo

    Vale também quando o Joey Barton chama o Brasileirão de “Amazon Jungle League” ou aí a gente veste a carapuça de perseguido e discriminado e cobra por “respeito” e “boicote”.

MaisRecentes

Palmeiras: o time que não pode perder



Continue Lendo

Só punição pode acabar com a cafajestagem



Continue Lendo

Ainda é cedo para tudo



Continue Lendo