Mais dinheiro para os mais bem colocados



Meritocracia é uma palavra difícil, que causa urticária em muita gente. Mas é uma das formas mais justas de se premiar os melhores em qualquer ramo de atividade. Infelizmente não funciona na plenitude no futebol brasileiro.

Falo de dinheiro. Cada clube negociou separadamente seus direitos de TV. Alguns ficaram com muito dinheiro outros nem tanto. Basicamente, o quesito derminante para se apontar quem ganha mais foi a popularidade do clube. Assim, Flamengo e Corinthians ganham mais do que todos os outros.

O assunto aqui é que a divisão das verbas da TV não leva em conta um aspecto relevante: o desempenho dos times dentro de campo. Apenas 30 milhões são distribuídos aos clubes pela colocação no Brasileiro. Ao Náutico, caberá R$ 300 mil, caso ele mantenha a 13a posição atual. Este valor não reflete a diferença do que fez em campo entre ele e o Palmeiras, por exemplo.

Assim, não dá para imaginar que clubes médios nacionalmente possam crescer. Vários já tiveram algum tipo de brilho no Brasileiro por pontos corridos: o Juventude foi (7o em 2004), Coritiba (5o em 2003), Goiás (3o em 2005), Paraná (5o em 2006). Todos caíram depois. Um dos motivos foi a impossibilidade de brigar contra os milionários.

Na Premier League 70% da verba da TV é dividida igualmente entre todos os 20 participantes. 15% da verba leva em conta o desempenho no ano anterior e os outros 15% é pela audiência. Nas ligas americanas, há sistemas de draft cirurgicamente feitos para que o equilíbrio não se desfaça.

Privilegiar o todo é o caminho natural para que nosso principal campeonato siga atraente. Mas para que isso acontecer, seria necessário uma liga forte e independente, em que todos sentassem à mesa de negociações. Mas ainda vivemos na era do cada um por si. A tendência é a de que todos percam no futuro.



  • Quando algum jornalista conseguir explicar que diabos tem a ver “Cotas de TV” com posição na tabela ou desempenho dentro de campo, aí podemos tentar conversar nesses termos. Cotas de TV são relacionadas única e exclusivamente ao retorno dado pelos clubes com a AUDIÊNCIA dos seus jogos. Se deve haver uma divisão de verba baseada na classificação e no desempenho, ok, é outra história… Mas isso não tem qualquer relação com cotas de TV. Estudem o exemplo da Premier League. Vejam como funciona por lá essa questão de divisão da grana. Talvez aí vocês entendam que o grande câncer do futebol brasileiro se chama “Federação” (qualquer uma) e nada tem a ver com a emissora que transmite os jogos.

  • Luiz Augusto

    Parabéns Tironi

    É difícil que o futebol brasileiro cresça, não concordo que alguns clubes da mesma divisão (série A), os do sudeste do Brasil, recebam milhões e milhões, por participação do campeonato, em troca outros clubes, principalmente do nordeste, centro oeste, recebam migalhas, como que recebendo de favores. Não concordo e não compreendo o porque desta leva, desta joça, desta proteção aos chamados clubes do sudeste. As emissoras televisivas tendenciosas clubisticamente, massacrando o torcedor com jogos fracos. Para o crescimento e desenvolvimento do futebol brasileiro que anda capengando, com técnicos ultrapassados é necessário que a imprensa esportiva nacional tome uma posição a respeito, expliquem quanto os clubes de outros campeonatos recebem por participação, colocação, bom desempenho. Senão daqui a algum tempo teremos um campeonato com Corinthians X Flamengo e Flamengo X Corinthians e alguns clubes convidados do sudeste do Brasil. A cota deveria ser distribuída como se faz no campeonato ingles, senão ficaremos igual a espanha com Barcelona e Real Madri sempre campeoes. Seu comentário Tironi foi perfeito. Gostaria que vc comentasse sobre o nível dos técnicos de futebol no Brasil. Eu pessoalmente os acho fracos tecnicamente, assustados com a forma dos clubes europeus jogarem, (vide Muricy), no jogo Santos X Barcelona, disse que o Barcelona era imbatível de outro mundo, que vergonha para o futebol penta campeão mundial, tomar 4 a zero.

  • Neto Freire

    CONCORDO COM VC…. MANDEM DINHEIRO PRO MEU TIME AQUI EM LIMEIRA, A INTERNACIONAL, PRIMEIRA CAMPEÃ PAULISTA DO INTERIOR DE SÃO PAULO…. ME DÊ LICENÇA, QUANTA ASNEIRA, QUER DIZER ENTÃO QUE SE DIVIDIR O BOLO O CAMPEONATO IRÁ SE NIVELAR? E O PALMEIRAS, CAIU DE NOVO POR FALTA DE DINHEIRO? E O FLAMENGO COM ESTE APROVEITAMENTO RIDÍCULO, TAMBÉM FALTOU GRANA? FAÇA-ME O FAVOR……….

  • Fernando

    Esse blogueiro com certeza é um são paulino frustrado, São Paulo nunca vai chegar aos pés de Corinthians ou Flamengo, tanto em popularidade quanto a Dinheiro. São Paulo é um clube bem administrado, mas sempre viveu a sombra do Corinthians. Igualmente para o Vasco no Rio, sempre a sombra do Flamengo. Flamengo e Corinthians são a maior potencia do Brasil, depois vem o resto.

  • Guilherme

    EM RESPOSTA A JOÃO LUIZ – Se o SANTOS fosse pequeno não te incomodaria tanto né mané… Pequeno é o corinthians que só ganhou uma única libertadores depois de 100 anos.. corinthians é corinthians pq a classe D torce para esse time mediocre, já o Flamengo nem comento…

  • Sergio Torres

    Tirone, será que veículos grande audiência abririam mão de suas receitas em favor das menores? A ESPN socializa as transmissões, por exemplo, da NBA, NFL ou MBL com Rede Vida, Gazeta etc? Jornalistas mais conceituados dividem seus alto salários com os outros menos valorizados pelo tal mercado? Os tais “furos de reportagem” são socializados entre os jornalistas? O São Paulo vai dividir o dinheiro da venda do Lucas? O Palmeiras dividiu o dinheiro da Parmalat? O Neymar divide o salário com o Bill? Abraço.

  • Antonio Carlos

    Perfeita colocação Tironi. Infelizmente a maioria não consegue raciocinar em termos lógicos e, aqui falo como economista, enlaçar causa e efeito (daí parte pro simplismo de torcedor de “o meu é sempre melhor”).

    Aos medíocres uma regra simples: olhem para os bons exemplos, como a NBA e Bundesliga; comparem com o péssimo exemplo da Liga espanhola. E agora, gastem sua cota diária de dois neurônios pra deduzir quem está melhor. Simples. Sem os clubes médios – asfixiados pela míope visão imediatista da Globo – a médio prazo o Brasileirão vai ficar com a monotonia do Espanhol e do Italiano. Vai se desvalorizar e, então, valer menos. Passo seguinte, os CLUBES VÃO RECEBER MENOS. Entenderam ou precisa desenhar? Como diz a célebre frase (e verdade daquelas absolutas) “É a Economia seu burro!”

    Não sou daquelas pessoas que acham que o Estado deva se meter em tudo. Mas a ingerência da GLOBO no futebol é tão nefasta que cabe sim uma ação do Congresso pra normatizar esta relação antes do futebol brasileiro falir de vez. A metodologia que você propõe deveria ser levada ao Congresso Nacional e transformada em Lei, pois preserva o ganho por mérito no curto prazo e a sobrevivência geral no longo prazo.

  • Parabéns Tironi, até que enfim vejo alguém falando do assunto, a globo está trabalhando para que em curto espaço de tempo tenha apenas dois clubes grandes, afinal esses dois clubes já possuem maiores torcidas, graças a grande divulgação que a imprensa dá a eles, afinal em conquistas eles não são os maiores.

    Os outros grandes clubes deveriam montar uma LIGA sem eles e fechar com outra emissora; e eles que faças um campeonato apenas entre os dois.

  • sobre pato melhor corinthias compra barcos novo falcão garcia pato vai reder nada no brasil n meu teme vai por mim

  • Alexandre S Ribeiro

    no campeonato ingles 50% e dividido pela popularidade de cada clube, e os outros 50% de acordo com a colocacao do clube, não é atoa que é o campeonato mais competitivo, e niguem vai quere entrega ja que um 20° lugar vai ganha menos grana que um 19° lugar mesmo os dois caindo para a 2° divisão…

  • Absolon Soares

    Bom vamos aos registros oficiais para acabar com essa idéa falaciosa, que jornalistas e torcedores de outros clubes que não Corinthians e Flamengo vem alardeando.

    Campeões da Premier League (1992-2012)

    Manchester United = 12 conquistas
    Arsenal FC = 3 conquistas
    Chelsea FC = 3 Conquistas
    Black Burn = 1 conquista
    Manchester City = 1 conquista

    Um rapido olhar mostra que esta tal distribuição mais equitativa da Premier League é um ledo engano. Temos aí acima, 5 clubes vencedores da competição, sendo que apenas duas vezes o caneco ficou fora das mãos dos milionário MUT,ARS,CHE.
    E numa delas para o mais recente miliónario MCT, logo o unico que sai totalmente fora do padrão é o Black Burn Rovers cujas conquistas são em 1912,1914 e 1995.
    Recuando mais no passado do Futebol Ingles, cuja referencia tem sido citada nesta reportagem, antes da Premier League(1992) o nivelamento foi muito maior entre os campeões com um leve vantagem ao Liverpool FC,pois tinha equipe fantástica. No restante muito equilibrio, coisa que eu não vejo agora nesta premier league.

  • Paulo Munhoz FIlho

    Acho que muita gente aqui não entedeu o negocio. Dinheiro de TV divide por igual, ou o mais igual possivel. A divisão igual das cotas de TV não vão fazer com que a globo passe na mesma quantidade os jogos do curintia e os da ponte preta. Com mais exposição na TV esse time que tem mais jogos transmitodos, consegue os melhores patrocinios e consequentemente mais verba para montar o seu time. Uma divisão mais justa dos valores pagos pela TV só vão fazer com que não tenhamos uma campeonato chatissimo como o espanhol. Fala sério, é muito chato ver jogo do Barcelona e do Real no espanhol… não dá nem graça.

  • Max Alan

    Bom gente isso é conversa para boi dormir o Corinthians acordou para o mundo. Fazer o que se outros clube não atraem patrocínio milionários como o timão. A torcida do timão e enorme apaixonada faz anos ela compra tudo do clube lota fácil estádio nem precisa abaixar preço de ingresso como faz o São Paulo para lotar o Morumbi. Um dia conversando com um torcedor do São Paulo numa padaria ele e advogado e esse cara me disse o dia que seu time acorda para vida no futebol brasileiro ele vai deixar todos para trás fácil. Ele é único clube, desse Pais que sua torcida só gosta do Corinthians. No nordeste muito gosta do Flamengo mais torce para o Bahia, Vitória Sport Santa Cruz..esses time de lá. Você vai hoje no Nordeste encontra corintiano mesmo que ama seu clube mais ninguém ai ele consome coisa do seu clube assisti jogo só do Corinthians. Gente se o governo está ajudando o Corinthians com estádio Patrocínio sei la mais o que e porque ele da retorno a sua torcida paga pode demorar mais paga. Na Espanha Real Madrid o governo local da milhões ao clube em Barcelona o mesmo governo da milhões ao clube Na Itália o governo de Milão da milhões ao Milan. Futebol no Brasil está copiando a Europa cada clube ganha pela sua importância a sociedade do seu País e por isso que Corinthians e Flamengo ganharam sempre mais que todos juntos isso é Matemática simples …abraço ….

  • sanpaulino não é bambi

    eu quero meu dinheiro de volta…. hospitais fechando por falta de verbas,,,, falta de remédios por falta de verbas… falta sôro nos hospitais por falta de verbas… a segurança está sem verbas… as estradas federais estão que é só buraco… transplantes de medula óssea está uma fila terrível por falta de verbas… e sabem onde está indo toda essas verbas?????????????? para aquele time da marginal s/n que não se sustenta com dinheiro próprio. depois que o “espanhol” esperto andres sanches e seu “cumpanheiro” lula se juntaram com o aval da “dirma sapatão” e o “gordo runardo” eles estão se sentindo os “piratas dos sete mares” aliás seria mais legal chamá-los de ” alibabá e os 40 ladrões” e o povo???? ora, o povo que se dane…

  • Donizeti

    ESTE É O REAL MOTIVO PELO QUAL O SANTOS FUTEBOL CLUBE NÃO ESTÁ CONTRATANDO JOGADORES DE PESO,POIS NÃO TEM GRANA E A CONTINUAR ASSIM,A FALENCIA VIRÁ SÓ COM O TEMPO,AJUDEM O SANTOS ANTES QUE SEJA TARDE.

  • Donizeti

    Entenderam agora o golpe aplicado com o novo estatuto no clube?
    Hoje o Santos é comandado por uma figura estranha, que o associado não elegeu, chamada “Comitê de gestão”.
    Esse pessoal do Comitê de gestão não presta satisfação a ninguém, suas reuniões são um mistério insondável, suas decisões mais opacas que o chumbo. O associado não sabe nem quem são essas pessoas. Elas são santistas mesmo?
    Nem o Conselho tem poder sobre o Comitê de gestão. Absurdo!
    Mas foi isso que os trouxas aprovaram e saíram dando pulinhos de alegria.
    Para piorar ainda mais a situação, as eleições (eleição para quê?) não vão mudar absolutamente nada pois um novo estatuto teria que contar com a anuência do … Comitê de gestão!
    O presidente é uma figura meramente decorativa, não tem poder para assinar nada sem a anuência do Comitê de gestão.
    Hoje o Santos virou uma repartição pública da Resgate, empregando mais de 400 pessoas com carteira assinada, todas elas contratadas por simpatia política e não por capacidade técnica. Imagine 400 pessoas, cada uma ganhando em média R$ 3 mil (na realidade pode ser muito mais), não dá menos que R$ 2,4 milhões por mês só de folha de pagamento dos funcionários contratados por compadrio político.
    Por isso o Santos não tem dinheiro para contratar ninguém no mercado e até o Robinho está indo para o Grêmio.

  • joao luiz

    Time pequeno tem receber como time pequeno, Corinthians e Flamengo, eternamente serao melhores pagos pela TV, muito justo, o que nao é justo um timinho que nem o Santos, só porque tem o neymala, receber igual a timao e fla.

  • WWW

    Tironi, ótima sua proposta. Especialmente se você topar passar seu domingo assistindo Ponte Preta x Portuguesa ou Bangu e Madureira. Ganha mais quem atrai audiência, quem dá ibope.

  • Dennis Tavares

    O Futebol Italiano está do jeito que está porque seguiram pelo mesmo caminho que estamos hoje, o futebol na Alemanha está se levantando agora devido a esta divisão proposta no post…

    Para quem já foi aos Estados Unidos e acompanhou os campeonatos de lá sabe que até os clubes menores levam muita gente ao estadio/ginasio pois estes tem condições de ver astros em seus times…se dá melhor quem administra melhor, contrata melhor, pois todos estão em igualdade…do jeito que está aqui no Brasil acredito que em 10 anos, teremos apenas 2 times capaz de ganhar títulos o restante vai lutar por posições intermediárias…teremos muitos napolis, sampdoria, valencia…clubes que um dia foram grandes e hoje não tem condições de competir com os mais ricos…

    Foi um ótimo post e um caso a ser pensado pelos dirigentes antes que consigam acabar com o futebol brasileiro…

  • itamar o melhor presidente junto com dilma

    Bruno do fla vai pro timão, junto com a bandidagen que esta em alta, junto com marta e lula com o comilhão argentino, agora é moda o governo federal furtar dos aposentados pra ajudar as prefeituras com verbas dos aposentados, saudade da velha ditaduta com ordem e progresso…………………………………….

  • itamar o melhor presidente junto com dilma

    Bruno do fla vai pro timão, junto com marta e lula, junto com o comilhão argentino. e toda bandidagen em alta, governo federal furtando dos aposentados pra destinar recurçõs pras prefeituras fazer festas……………………….

  • fernandãovv

    buááááá´!!!!!!!!!! curintia devolve meu dinheiro!!!!!!!!! buáaááááá´caixa devolve meu dinheiro!!!!!!!!!!!!!!!!! estou doente e não tem remédios no sus, pois a verba tá indo pro curintia!!!!!!!!!!!!!! buáááááááá´!!!!!!!!!! não tem leito nos hospitais!!!!buááááááááá´, curintia devolve meu dinheiro!!! buááááááááá´- buáááááááááááá´´aáááá´- devolvam meu dinheiro, estão vendendo a camisa pra gritar campeão com nosso dinheiro!!!! buáááááááá´, tenho um vizinho que tá com a filhinha de 3 anos esperando vagas no hospital que tá sem verba que o curintia roubou de nós!! buááááááá´, curintia cadê meu dinheiro!!!!!!! buááááááááá´caixa devolva meu dinheiro!!!!!!!!!!!! buááááááá´ – o fernando collor roubou nosso dinheiro da poupança e foi caçado e com o curintia não acontece nada???? buáááááá devolve meu dinheiro, todo mundo sabe que a maioria dos detentos e ladrões são curintianos, mas agora não precisava roubar na cara dura !!!!!!!!!!!!! caixa devolva meu dinheiro que é pra saúde!!buááááááá

  • Kaká

    Prezado, acorda pra vida!

    Se vc pensa em dividir a verba televisiva de maneira igualitária, eu também gostaria de ter condições de anunciar a minha empresa no horário do JN ou das novelas da Rede Globo. Faz sentido? Óbvio que não. Quem pode mais, paga mais.

    Agora, querer fatiar a verba de Corinthians, Flamengo, São Paulo e os demais grandes, com o resto dos outros times apenas sob o argumento de nivelar o campeonato?! Faça-me o favor… times pequenos não dão retorno porque não tem torcida. E a torcida dos times grandes não surgiu do acaso.

    O Campeonato Brasileiro jamais será como as ligas espanhola, italiana e outras. O país é muito maior e a rivalidade extrapola estados. Time grande jamais deixará de ser time grande, ou você tem alguma dúvida disso? E se o deixar, será simplesmente por incompetência administrativa.

  • alexandre

    Que tal você começar esse processo,dando o exemplo,comece a comentar mais sobre times que ao contrário de Corinthians e Flamengo não rendem tantos comentários no seu Blog.

  • Fernando

    Concordo, desde que, este bolo seja dividido também com o futebol feminino, o que seria bastante coerente com sua teoria. Tenho certeza que apesar de não ter audiencia alguma iria fortalecer bastante esta categoria.

  • JGIL71

    Vivemos num regime capitalista ( ou estou errado ?? ). Ganha mais quem produz ( faz, vende, etc..mais )… é simples! A audiência da emissora num jogo de um time popular é grande! Consequentemente, ela cobra mais das empresas que anunciam nesse horário. Nada mais justo que repassar, parte dessa verba pra que está alavancando esse aumento.
    Esse nivelamento pela parte de baixo, só ajudaria ( ainda mais ) o bando de dirigentes que vivem expropiando os clubles! Não há nenhuma evidência que vá melhorar a situação dos times que estão embaixo ( série C, D,….).
    Perdoa-me colunista, mas o mundo que vivemos é outro!

  • JUCA

    FOI INFLUENCIA DO PVC !!!!!!

    LAMENTÁVEL !!!

    AVAI E ATLÉTICO GOIANIENSE RECEBERIAM O MESMO QUE CORINTHIANS E FLAMENGO ?

    RIDÍCULO !

  • Lucas Esteves

    Nao e so o for dinehiro que dita a qualidade e competencia de um clube. Olha so o Flamengo. Ganha uma barbaridade com as cotas de televisao e mostra um futebol no minimo mediano. Fluminense e Sao Paulo tem muito mais time do que o Flamengo principalmente por que eh organizado e nao uma farra so. Dinheiro nao constroi time vencedor, voce precisa criar uma gerencia. O Corinthians quando voltou a serie A nao possuia nenhum time avassalador mas jogava como um. Flamengo comprou jogadores pelo nome e nao pela qualidade e esta ai a diferenca. Eu acredito que sim as cotas sendo discutidas e negociadas a parte fazem parte do futebol. A diferenca de um clube para o outro e a administracao e como usar os recursos que lhe sao dados para criar um time competitivo e nao so rechear o clube de atletas caros. O Atletico MG eh exemplo disso tambem.
    E nao se pode comparar o campeonato brasileiro ao ingles, por que mesmo se voce ver la a disputa eh sempre entre 4 times e os outros sao meros coadjuvantes tbm.

  • Flavio Rodrigues

    o modelo da Premier realmente é mais justo do que o nosso, mas o atual, e mais justo do que o anterior…

  • Leandro

    Sua tese não tem fundamento nenhum.
    O dinheiro é da TV e ela paga pra quem lhe traz mais retorno. E retorno é audiência e não taça de campeão.
    Se sua tese tivesse fundamento as TV deveriam contratar jornalistas que tiveram melhores notas na faculdade e não os que lhe trazem melhor retorno como apresentadores

  • TIMÃO

    TIRONI: Você quer um COMUNISMO NO FUTEBOL? DIVIDIR IGUAL PARA TODOS?
    PODERÍAMOS COMEÇAR pelas empresas jornalísticas: Que tal dividir o faturamento do UOL, do TERRA, DA GLOBO, com o KIGOL, Chicolang, lance, e outros sites esportivos, para que esses veículos menores possam crescer e dar mais oportunidades de emprego.

    E se dividirmos o faturamento da REDE GLOBO, BANDEIRANTES, RECORD, SBT, CULTURA, REDETV E GAZETA, de forma igualitária? Divindo o lucro igualmente entre todas, haveria um crescimento das emissoras menores, maiores oportunidades de trabalho.

    PERCEBEU A BOBAGEM QUE VOCÊ ESCREVEU? AFINAL PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO.

  • Essa é uma situação que não vai alterar, ha não ser que viremos uma China e que as tendências mudem, como diz um time aqui de São Paulo, que nos proximos 5 anos seriam os maiores em torcida é esperar, porém já to dando risada da comédia.

  • Luiz

    Como sempre Curinthianos e Flamenguistas so olham o próprio rabo,e ainda falam em time do povo de audiência,dois times que se não fosse pela rede globo não seriam nada,alias big Brother da muita audiência mas é um lixo cultural,isso nao significa muita coisa,alias pra esses torcedores qualquer merda esta bom!!!

  • Andrade

    buabuabua, quando a Meca estiver pronta então….suicidio. Vão torcer pros seus times se tornarem grandes e deixe o TIMÃO pros corinthianos. A Fiel, midia , audiência, arrecadação, bilheteria, patrocinio, tudo é maior no Maior. Chupem manés.

  • O tal de André, vá se catar e vê se toma coragem e fala esta asneira lá na Arena Corinthians quando você for comprar ingresso para conhecer o estádio da abertura da Copa, seu zé ruela.

  • haghios

    A Globo Compra a Série A… tem todo o direito de Priorizar Corinthians e Flamengo …. só que ela não permite que outros Clubes da Série A ….tenham Contratos com outras Emissoras …. isto é uma Covardia … se as Cotas do Corinthians e Flamengo são maiores .. a Globo deveria …. então Liberar os demais Clubes para as outras Emissoras…. isto não acontece … porque os outros Clubes vivem com o Pires na Mão .. e gastam por conta da Grana que a Rede Plim Plim … paga … mesmo que seja menor do que Corinthians e Flamengo.

  • Bruno Peixoto

    Caro Tironi, no país do bolsa família, das cotas raciais em universidades, da, iminente, cota racial em concursos públicos, dos “apadrinhamentos”… o que podemos esperar!?

  • Andre

    Existe muito amadorismo nessa discussão, e não se restringe ao seu blog ou ao seu post. Enquanto somente os torcedores estão defendendo o modelo atual (porque seus times recebem uma parcela maior) e outros a condenam (porque seus times recebem uma parcela menor), tudo bem, faz parte. O problema é que não se resolve isso em instâncias onde essas paixões tem que ser deixadas de lado, e a razão tem que falar mais alto. Somente torcida potencial não pode ditar as regras, porque um time de grande torcida e baixo desempenho, por exemplo, pode gerar mais problemas que soluções. O Palmeiras é um time de maior torcida que o Santos, por exemplo, mas qual é a empresa que quer colocar a sua marca hoje nesse time, e não no da vila? Não somente pelo Neymar, mas também pelos episodios de violência, e pelo rebaixamento, que ainda é um plus. O modelo dos EUA, com wild cards para os piores times, e o modelo inglês, com outros critérios embutidos, são de longemais honestos, e mais justos, e visam um maior equilibrio, e não a disparidade. É ruim para SP que o Palmeiras esteja na segundona, é ruim para SC que Figueira e Avai estejam na segundona, é ruim para o PR que Paraná e Atético não estejam na primeira divisão, mas o torcedor de Corinthians, Coritiba e Criciuma pode não achar, e está no seu direito. Especialmente os estados onde o futebol não está no mesmo nivel que SP, RJ, MG e RS, quanto mais times na primeirona, melhor. Bairrismos de lado, quanto mais times competitivos, melhor para o país, melhor para os estados. O torcedor pode pensar com seu umbigo, mas os donos da caneta tem que ter mais bom senso. Além de que, não se mede grandeza somente pela torcida. Corinthians, por exemplo, foi ganhar seu primeiro nacional na década de 90. Até esse momento, era um mero time de estadual, e qual empresa quer colocar a sua marca ali? E quem disse que não vai voltar a ser?

  • Jair Sergio

    A distribuição como é feita na Premier League na minha opinião é a mais correta, porque
    não adianta favorecer um ou dois times e o resto passar por dificuldades, aqui cada um
    está pensando em seu próprio umbigo e deixando o esporte de lado, do jeito que está
    vai ficar um campeonato de no máximo quatro clubes, o pensamento dos clubes que tem
    maior torcida é distorcido e egoísta.

  • Sergio Galvao

    Ah vá… cada um defende o seu. Eu por exemplo acho otimo isso, eu acho muito mais justo do que o antigo é igual opniao cada um tem a sua. E na minha está otimo desse jeito.

  • BETO CANADA

    Voce está tentando colocar a carroça na frente dos bois !!!

    Na Europa e nos Estados Unidos os times mais “populares” negociam seus patrocinios multimilionários, ja os menos populares NÃO !!!
    Como no Brasil não temos um número muito grande de empresas com esse poder de gastar milhões e milhões em patrocínio , nada mais justo que a TV que por sinal é a que mais lucra com o Campeonato, distribuir a renda pra quem dá retorno.
    FUTEBOL É NEGOCIO E NÃO CAMPANHA DA UNICEF !!!
    E mesmo assim o Brasileirão é o único do mundo onde 10 times sempre tem chances de ser campeão !!!

  • Cativeiro

    NA BOA TIRONE, VC ESCREVEU MUITA BABAQUICE, VOLTA PARA A FACULDADE E APRENDE UM POUCO SOBRE “INVESTIMENTO E EMPREENDEDORISMO”, AI VC VOLTA A TENTAR ESCREVER UMA MATÉRIA COM UM MELHOR CONTEÚDO.
    COMO UMA EMPRESA INVESTE DINHEIRO EM ALGO Q NÃO LHE RENDE RETORNO FINANCEIRO ??
    ESSA EMPRESA SOBREVIVE DE QUE, BOAS INTENÇÕES ??
    CHEGA SER HILÁRIO A SUA MATÉRIA, E ELA CLARAMENTE ACABA SERVINDO APENAS PARA QUEM NÃO TEM CONHECIMENTO E QUE VIVE DA OPINIÃO DE TERCEIROS. (TRÁGICO)

  • Cativeiro

    NA BOA TIRONE, ESCREVEU MUITA MERDA, VOLTA PARA A FACULDADE E APRENDE UM POUCO SOBRE “INVESTIMENTO E EMPREENDEDORISMO”, AI VC VOLTA A TENTAR ESCREVER UMA MATÉRIA COM UM MELHOR CONTEÚDO.
    COMO UMA EMPRESA INVESTE DINHEIRO EM ALGO Q NÃO LHE RENDE RETORNO FINANCEIRO ??
    ESSA EMPRESA SOBREVIVE DE QUE, BOAS INTENÇÕES ??
    CHEGA SER HILÁRIO A SUA MATÉRIA, E ELA CLARAMENTE ACABA SERVINDO APENAS PARA QUEM NÃO TEM CONHECIMENTO E QUE VIVE DA OPINIÃO DE TERCEIROS. (TRÁGICO)

  • sam

    Se O corinthians da audiencia entao merece ganhar mais sim, o corinthians esta cada vez mais se consolidando como o maior clube do brasil e se tornando um gigante, explora sua torcida apaixonada super bem, acaba de fechar um baita patrocinio e ja tem a fisk e a tim oq dao ao timao uns 50 milhoes mais a nike e mais a cota de tv, se os outros times nao conseguem explorar suas torcidas tao bem e problema deles, pq o corinthians caiu em 2007 mais em 2008 tava arrecadando mais, entao se voce vem me falar de divisoes caindo ou nao caindo o corinthians aumentou sua renda. Os outros que se virem pq para o nautico, sport, coritiba palmeiras santos etc. receberem igual o corinthians isso sim e injusto pois nem eles tem 33 milhoes de torcedores e nem os torcedores acompanham o time quanto o corinthians. O timao da audencia e como um economista e advogado corinthiano posso garantir que se ficar assim o corinthians sera o barcelona da espanha, todo mundo querendo jogar e disputando tudo ate as semis ou final, ninguem gerencia o time tao bem quanto a diretoria corinthiano. salve salve corinthians, um orgulho imenso torcer por ti!

  • Rafael

    n podemos esquecer é q a maioria dos clubes são administrados de forma amadora e com certeza existirá desvios das verbas do clube para o bolso de cartolas antes deveriamos pensar é na profissionalização e modernização na administrações dos clubes não é só da mais dinheiro q tudo vai ficar resolvido , muitos desses clubes “coitadinhos ” estão nessa situação devido a erros proprios só basta olhar ao q acontece com o palmeiras nesse campeonato.

  • Paulo Munhoz FIlho

    Esse sistema de cotas de hoje foi incentivado pelo Corinthians, que aparentemente tenta se consolidar como time grande afundando os outros times. Se o clube conseguir o que quer logo teremos uma liga com apenas dois times como na espanha.

  • marcio

    Enquanto os clubes não aprenderem a serem sustentaveis, sempre irão ficar nas mãos deste crapulas da globo, que só favorece seus dois “clubes amigos” e coloca os outros como mero coajuvantes. Só esquece que se os outros clubes não jogarem com esses dois, não teriamos mais campeonato. O campeonato, sem esses dois clubes pode continuar a seguir sem problemas, agora vamos ver se todos os outros clubes não quiserem jogar, se unindo contra essa corja de mafiosos, se teriamos este campeonato só os dois clubes. No dia que os torcedores dos outros clubes valorizarem mais suas marcas e não ficar achando que só porque não recebem transmissão das emissoras, sendo julgadas como medianas ou pequenas por esta ou aquela emissora talves acabaremos com essa ditadura de proteção a estes clubes. Sem grandes adversarios não ha grandes campeonatos, nem grandes campeões!!!

  • Leo Trindade

    Visão mais que correta. Mas é como bem disse o Tironi, antes precisamos de uma liga independente, focada em sua própria manutenção, de preferência com a menor interferência possível da CBF.

    Os times de maior torcida precisam se reciclar e encontrariam formas de manter a renda, não podem depender da TV e da desigualdade em relação aos clubes menores. O exemplo vem de fora, os grandes se tornam maiores ainda mesmo com a distribuição igual, até porque se mantêm na parte de cima da tabela.

    Mas até lá temos um longo caminho, falta muito pro nosso futebol ser realmente profissional no país.

  • F Porpino

    Meritocracia é fundamental para o sucesso de qualquer coisa! Aqui no Brasil, onde o pensamento comum ainda é medieval, a solução está em copiar o que se faz no primeiro mundo, simples assim! Evita perda de tempo e consertos meia bomba.

  • o corinthians eu ate aceito porque tem time e dos bons ,agora essa mulambada do flamengo ,e sacanagem,sou TETRA

  • Andre

    Concordo plenamente em seguir um modelo como o da premier league. Do contrário a tendência é que os times de maior torcida sempre sejam favorecidos e a qualidade do campeonato continue baixa…

  • Edson

    Gente, acordem! A Globo é uma empresa e como tal investe no que dá retorno. Flamengo e Corínthians sempre vão encabeçar a lista.

  • Jorge

    Não concordo!
    Como foi dito acima a Globo é uma empresa e se você gera mais dinheiro pra essa empresa tem que ter um retorno maior também. Se você dividir igualmente entre os 20 times você também tem que transmitir a mesma quantidade de jogos de cada time. Porque Corinthians e Flamengo aceitariam a mesma comissão se seus jogos são transmitidos mais vezes e as audiências incomparavelmente maiores?
    No caso de importar um sistema de fora, que seja qualquer um mas não o draft americano. É verdade que o campeonato vai ter campeões diferentes mais frequentemente, mas nos EUA não tem segunda divisão (um time pode apodrecer por dois anos com jogadores fracos, apenas pra juntar dinheiro e ter direito a primeiras escolhas no draft) e teremos o Bahia mudando pra Sao Paulo, o Fortaleza mudando pro Rio, tudo em nome de um sistema pra atrair mais investidores.
    Quer ajudar seu time? Compre camisetas, va aos jogos, seja socio-torcedor e pague o PPV.
    O Corinthains não vale um Bilhão de reais por causa dos direitos de transmissao da Globo apenas.
    Meritocracia tem que ter base no sistema que existe, que e o capitalismo. O nautico nao deve mirar o Sao Paulo quando faz suas contas pro ano que vem, mas os times imediatamente acima dele em receita.

  • Mário

    Meritocracia para os melhores colocados? O Flu foi campeão e já recebe muito da Unimed. A Unimed também poderia dividir para o Vasco, Sport, Bahia, Coritiba, etc? Um time como o Flu que liderou quase metade do campeonato e foi campeão antecipado sendo a média de público decepcionante de 12.000 ,em 10° lugar, merece melhor direito de TV?

  • Massara

    No dia em que a divisão do dinheiro da televisão levar em conta o desempenho dos clubes e que houver punição, inclusive com rebaixamento, àqueles que não demonstrarem o acerto de contas no fim do ano, falaremos de futebol sustentável e competitivo. Mas você sabe quando isso vai acontecer, né…

  • Don Pepito

    Ah, mas falar de divisão de direitos de tv na Inglaterra é bem diferente do Brasil. A segundona deles tem mais público, renda e audiência que a nossa série A. Dividir um bolo grande é bem mais fácil.

  • Roger

    Muito justo realmente, a torcida de um clube sustentando a de outro clube, realmente justíssimo, o dia que for assim paro de ver futebol, paro de pagar pay per view, o meu dinheiro tem que ir para o meu clube e não ser dividido entre os adversários, a maioria que odeia o clube, isso é o cúmulo do absurdo, da hipocrisia. A unimed que banca os tricoletes por conta de seu presidente ser torcedor vai distribuir dinheiro para os outros clubes por acaso?

  • Luís de souza

    Prezado Tironi,
    Foi um ponto muito interessante que você abordou e concordo com tudo o que você disse.
    Um comentário que não tem haver com o texto mas, quero ressaltar, é que foi muito legal o Bate-Bola na ESPN desta quinta, com a presença do grande Jô Soares e o técnico Abel Braga.

  • Daniel C H

    Meritocracia, na minha opinião, é o clube que tem maior audiência na TV, ganhar mais dinheiro da TV. O clube que tem o melhor desempenho no campeonato (o campeão), ganhar o maior prêmio da CBF. O clube que tem maior média de publico, ganhar mais em bilheteria. O clube que vende mais camisas, ganhar mais com licenciamentos.
    As fórmulas da Inglaterra e da Alemanha podem ser boas, mas isso é tudo menos meritocracia. A meritocracia existe na Espanha. Ou você acha que as TVs do mundo inteiro compram os direitos do campeonato espanhol pra ver o Getafe jogar?
    Outra coisa que quem defende esse ponto de vista dificilmente cita, é que essa “péssima” fórmula atual, é a do campeonato mais disputado do mundo. Na Premier League do ano que vem, todos nós sabemos que ganha ou um time de Manchester, ou o Chelsea. Mas e no brasileiro do ano que vem? quem vai ganhar?

  • Perfeito Tironi.

  • alessandro

    ACHO QUE OS CLUBES QUE DAO MAIS AUDIENCIA TEM QUE RECEBER MAIS SIM,QUEM TEM MENOS QUE FAÇA AÇOES PARA SUA TORCIDA CRESCER(EXEMPLO DO SANTOS QUE SEGUROU NEYMAR TABEM COM ESSA FINALIDADE)AFINAL A GLOBO E UMA EMPRESA E VAI PRIVILEGIAR QUE LHE DA RETORNO,ISSO E BASE DO CAPITALISMO.
    MAS PODERIAMOS TER UMA FATIA UM POUCO MAIOR SENDO DISTRIBUIDA PELA MERITOCRACIA,DERREPENTE OS CLUBES TERIAM QUE DEIXAR 20% DO QUE RECEBEM DA GLOBO,A CBF JUNTARIA E DIVIDIRIA DE ACORDO COM A CLASSIFICAÇAO.
    SE OS CLUBES MENORES ESTAO RECEBENDO POUCO QUE SE JUNTEM E BRIGUEM CREIO QUE CONSIGAM MELHORAR OS VALORES,O PROBLEMA E QUE ESSES CLUBES SAO DESUNIDOS.

  • Isso só acontecerá quando os outros clubes isolarem flamengo e corintians. Que estes 2 façam um campeonato só com eles.
    Caso contrário a “espanholização”, emocionante como uma disputa de par ou impar, vai prevalecer!

  • Marcus

    Caro Tironi

    Concordo com você que a premiação deveria melhor dividida. Mas apenas uma porcentagem dela. Porque, utilizando o exemplo que você mencionou, as contas do Náutico e a representatividade de sua torcida são bem diferentes de Flamengo e Corínthians.

    Pagar tufos de dinheiro porque o Coxa fez uma boa campanha, e deixar o Palmeiras às moscas porque caiu, também é exagero. é o mesmo que condenar um time grande a ficar pequeno, e querer que um pequeno se torne grande. Se esse sistema se aplicasse aqui, o Fluminense teria continuado na Segunda e Terceira Divisão, e n~çao seria o legítimo campeão que é hoje.

    Discordo quando você utiliza o exemplo da Premier League. Temos necessidades muito específicas para copiar um modelo de fora. Na Inglaterra, se eu não me engano M. City, M. United e Chelsea são mantidos por aqueles caras que compram times. (acho que tem mais, mas esses são os que eu lembro). Além desses, na primeira divisão, apenas Arsenal e Liverpool podem ser considerados muito grandes. Outros tem tradição e representatividade também como Tottenham e Everton. Mas o que eu quero dizer é: considerando que os times mantidos por empresários não dependem desse dinheiro para fechar suas contas, fica tranquilo dividir mais igualmente o dinheiro.

    Isso fora os valores de salários, contratos de patrocínio etc.

  • Artigo genial, embora cada corinthiano torça para que tudo continue como está…

  • A Globo comprou a Série A, e esta série é composta por 20 clubes, todos os 20 clubes deveriam receber igual valor da emissora antes do campeonato, e depois ao final do campeonato cada um receba de acordo com sua colocação, se um clube é mais popular que outro, que ganhe com bilheteria, venda de camisas, produtos licenciados, patrocínio, etc…

  • Eduardo

    Tironi ,

    Precisamos de um modelo próprio. Se não é justo termos o modelo atual , o que dizer de um sistema que poderá dar milhões e milhões a clubes de prefeitura , que mudam de cidade a cada ano , e que são instrumentos políticos de administrações municipais ?

MaisRecentes

Eficácia no Brasileirão



Continue Lendo

São Paulo é como uma obra que nunca acaba



Continue Lendo

Brigões não se importam



Continue Lendo