Presente e futuro do Flu campeão



Foram três míseras derrotas em 35 jogos disputados. Melhor ataque, melhor defesa e artilheiro, título garantido com três rodadas de antecedência. A taça só não está na mão porque a CBF prefere fazer uma festa brega daqui a um mês para entregar o caneco. O Fluminense é campeão brasileiro de maneira irrepreensível.

Se você está esperando ler sobre erros de arbitragem, pare por aqui. O assunto aqui é o título conquistado, o que levou objetivamente o Flu a conquistá-lo e o que é possível esperar do futuro.

Por que ganhou?

1 – O elenco é superior aos dos adversários
Goleiro, meia e atacante excelentes. Sistema defensivo muito bom. Reservas à altura dos titulares, elenco homogêneo. Isso conta muito em um campeonato e duro como o Brasileiro. O Flu tinha tudo isso.

2 – Salários em dia
Em nenhum momento da caminhada houve problemas de dinheiro nas Laranjeiras. Por conta do aporte financeiro brutal da Unimed. Trabalhar com tranquilidade é um enorme diferencial, vide Vasco e Flamengo, seus rivais, por exemplo.

3 – Campanha monstruosa fora de casa
Onze vitórias fora de casa. Ninguém chegou nem perto disso no Brasileiro (o Grêmio, segundo no quesito, ganhou seis). Pontos fora de casa são um passo enorme para o título em campeonato por pontos corridos. Não foi diferente desta vez.

Feliz 2013!
Título garantido, o Flu tem o terreno pronto para uma campanha ótima na Libertadores 2013. Tem time, tem dinheiro, não deverá perder nenhum jogador está organizado fora de campo. Entre os brasileiros, é um dos favoritos.

E o futuro?
Sábado, um dia antes da conquista, o Flu realizou uma mudança estatutária e os sócios-torcedores poderão votar para presidente nas próximas eleições do clube. Um sistema de sócio-torcedor lucrativo e eficiente é a aposta de Peter Siemsen para diminuir cada vez mais a dependência financeira da Unimed. Sob este aspecto, foi um golaço. Peter nunca foi contra a parceria, mas sempre quis que ela fosse mais equilibrada do que é hoje. O resultado desta empreitada do sócio-torcedor deve determinar o futuro do clube a médio e longo prazo. Vale lembrar que hoje, a dívida do Fluminense é da casa de R$ 400 mi. Um assombro.



MaisRecentes

Existem ‘mentiras’ convenientes, Carille



Continue Lendo

Na forma da convocação, Inglaterra deu show. O Brasil segue careta.



Continue Lendo

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo