Eixo Rio-SP 1 x 1 Eixo Sul-Minas



Assim terminou Flamengo x Cruzeiro no Engenhão. Com um erro grave de arbitragem para cada lado, empate. O mesmo placar foi repetido no jogo, um gol para cada lado.

Quando Liedson fez o gol do Flamengo a gritaria sobre o favorecimento ao chamado “Eixo-Rio-SP” começou. Isso porque Love ajeitou a bola com a mão antes de tocar a bola para o companheiro abrir o placar.

Porém, o segundo tempo chegou e o Flamengo só não ficou na frente do placar porque o árbitro apitou um impedimento inexistente de Liedson, que teve o gol anulado.

O árbitro principal não percebeu que o lance era legal, idem o sujeito que fica atrás do gol (um dia ainda vou descobrir a utilidade dele)… a decisão foi do auxiliar, que levantou a bandeira. O lance era simples de se ver.

A lenda dos diferentes “eixos” espalhados pelo país ganha força por alguns motivos. O principal deles: a arbitragem é muito ruim. Esta, em particular, conseguiu errar dois lances grosseiros que interferiram diretamente no placar do jogo. Resultado: torcedor acreditando em forças extra-campo para um lado ou outro.

Arbitragem ruim não só atrapalha o espetáculo, mas também mina a credibilidade do esporte. E este é o perigo maior.



MaisRecentes

Existem ‘mentiras’ convenientes, Carille



Continue Lendo

Na forma da convocação, Inglaterra deu show. O Brasil segue careta.



Continue Lendo

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo