O Bahia desrespeitado. De novo.



“Tite é o novo técnico do Palmeiras!”. Qual seria a reação do mundo do futebol se isso acontecesse de verdade? Eu não tenho dúvida: “Falta de ética!”, “Desrespeito”, “Roubo”, “Sacanagem”… daí pra baixo.

Pois o Palmeiras oficialmente tentou tirar Jorginho do Bahia na maior naturalidade. Como se tirar o técnico do clube do Nordeste não fosse tão desprespeitoso quando tirar Tite do Corinthians, Cuca do Atlético Mineiro ou Abel do Fluminense.

Outro dia mesmo o Bahia foi vítima do mesmo ataque. O Flamengo demitou Luxemburgo e, sem nenhuma cerimônia, pinçou Joel Santana do Tricolor. Isso pouco tempo depois de a diretoria Rubro-Negra esbravejar pelo fato de o Fluminense ter atravessado uma negociação e levado Thiago Neves para as Laranjeiras.

Técnicos, claro, têm parte de culpa nisso. Abrem mão de seus empregos pensando em cargos de maior vivibilidade ou projeção. Mas claro que relutam em fazer isso se já estiverem empregados em algum clube grande do sudeste ou do sul, por exemplo. Ou você imagina Ney Franco dando adeus hoje ao São Paulo e indo para o Santos? Ou Abel saindo do Flu para assumir o Vasco?

Defensores do “profissionalismo” vão dizer que é regra de mercado, pagou tem de ir, cada um pode escolher onde quer trabalhar, etc, etc… Este discurso, entretanto, não vale no futebol. Porque quando é conveniente apelamos para o amor à camisa, afinidade ou simpatia pelo clube.

Fato é que os clubes e a torcida do sul e sudeste enxergam clubes do Nordeste por cima. Acham que o Bahia é só “aquele clube da Série B”. Mas não é.



  • úma vergonha mas isto acontece toda hora no futebol brasileiro que pra mim esta falido uma vergonha este campeonato onde os pequenos servem de escada para os grandes nao cair. onde os juizes que apitam contra o timao é punido mas podem ajuda lo sempre ètica e transparerencia sao coisa que nao se ve em nosso futebol. alias vcs nao acham que o slogam da copa no brasil ficou perfeita ? aquelas 3 maos unidas quem seriam?.

  • Jurandir

    Olá, meu nome é Jurandir e sou torcedor do Bahia. Olha primeiramente não concordo com o termo time “pequeno” para o Bahia, pois um time campeão em 1959 e 1988 não pode ser considerado como tal. E outra coisa: não se pode comparar a realidade do Nordeste com a do sul e sudeste pela disparidade econômica existente.

    Concordo com o Tironi, pois é falta de ética mesmo. Mas nós nordestinos temos que reinvidicar, falar que está errado. Se ficamos calados é pior, acaba em pizza, fica tudo por isso mesmo!
    É uma pena este pensamento: se o atleta sai do seu clube é mercenário e se o seu time quer comprá-lo ele tem que sair pela proposta vantajosa. Dois pesos e duas medidas. Assim fica fácil!!

  • Átila Cordier

    Não é atitude anti-ética do clube querer tirar o técnico não. O problema é que os times do nordeste não tem a cultura de colocar uma cláusula rescisória pesada. Se fosse assim eles não iriam querer sair. Sou torcedor do Bahia e entendo que ninguém é insubstituível. Quer ir vá! Mas, dependendo da maneira como sair, não volta mais. Mesmo porque quando o time quer demitir o técnico ninguém questiona se é anti-ético ou não. Temos é que colocar cláusulas recisórias no contrato como os times do sul. Se for sair vai ter que pagar caro.
    Outra coisa. O desrrespeito foi do colunista que colocou o Bahia como um time de 2ª divisão. Ninguém fala que o Bahia é de 2ª divisão. O Bahia é um time grande mesmo estando fora do eixo. Fora do sul-maravilha. Fora dos holofotes da mídia. O colunista vem fazer comentário sobre o Bahia para tentar aumentar o complexo de inferioridade que já existe nos nordestinos. O Palmeiras fez uma proposta como faria para qualquer um. O cara vai se quiser. A seleção tentou e tirou o Mano Menezes do Corinthians. Ninguém diminuiu ele por causa disso. A um tempo atrás o Luxemburgo deixou o Palmeiras por outro clube. Isso é normal. José Mourinho largou a Inter de Milão e foi para o Real. Ninguém disse que a Inter era pequena. Então não me venha querer me diminuir não Sr. Tirone.

  • Rodrigo Magalhães

    Vemos isso todo dia…Flamengo, Fluminense, São Paulo, Corinthians…Todos esses clubes, só pra citar alguns, fazem isso direto. É só o Palmeiras fazer que pronto, vira notícia.

    Amadorismo puro.

    O São Paulo recentemente tentou tirar o Felipão do Palmeiras e ninguem falou um A sobre isso…

    Pelo amor de Deus, só vira notícia e absurdo quando parte do Palmeiras..

    A verdade é que todos os clubes fazem isso, e ninguem dá a minima.

  • João Santos

    Tá fazendo uma moralzinha com a torcida do Bahia?
    Hipocrisia pura.
    Defensor dos fracos (financeiramente) agora?
    Por um salário maior (muito maior) vc não sai da ESPN?
    Tá de brincadeira.

  • Jhonny Fogo

    Texto sem nenhum fundamento.

    Os técnicos têm todo o direito de escolher onde acham que seu trabalho será melhor desenvolvido, seja financeiramente, seja estruturalmente. A exposição também é muito importante, pois esse é um mercado que trabalha muito mais com a aparência e visibilidade do que propriamente com a técnica.

    Isso só não acontece nos clubes do sul/sudeste porque atualmente eles têm um poder aquisitivo maior, que garante que não aconteça esse troca-troca de comando. Os exemplos que você citou também não fazem sentido, já que Bahia e Palmeiras não são rivais, mas CORxPAL e FLUxVAS, sim. Abel iria para o Vasco? Hoje, não. Mas iria para Corinthians, Palmeiras ou Santos? Claro que sim.

  • Jurandir Silva

    Tironi… me desculpe mas você foi infeliz na sua avaliação. Não existe lei que proibe de se fazer uma proposta de trabalho para quem já esteja empregado, em qualquer seguimento profissional… O que você chamou de desrespeitoso na minha terra a gente chama de hipocrisia. Usando o seu exemplo, o Palmeiras tem todo o direito de fazer uma proposta para o Tite, assim como o Tite tem todo o direito de aceitá-la ou não. É lógico que eu como corinthiano ficaria puto com isso, mas não sou eu quem pago as contas do Tite.
    Agora, cá entre nós, se o Jorginho fosse para o Palmeiras ele estaria assinando um atestado de burrice sem tamanho… S.M.J. esse é o mesmo Palmeiras que a alguns anos atrás o demitiu para contratar o Muricy Ramalho, mesmo ele fazendo um bom trabalho…

  • luiz

    Tironi,
    Amigo do nordeste do Brasil

    Modestia a parte, o que o Bahia está jogando não é brincadeira não.
    Partindo-se a principio que o melhor futebol do mundo, como dizem os comentaristas é o do sudeste do Brasil, o que dizer do Bahia, jogando o fino, sem craques, o que falta para este reconhecimento que para nós nordestinos nada tem a ver, pois sabemos todos nós que os comentaristas do sudeste (alguns) são demasiadamente tendensiosos para as equipes do sudeste. Um tal comentarista disse que o Palmeiras de São Paulo é melhor que o Coritiba, Bahia, Sport, Nautico e talvez quem sabe do que o Barcelona e Chelsea, e simplesmente não entende porque está o tal palmeiras nesta situação, é simples o time é fraco, chega de Joel, Wanderley, técnicos ultrapassados pelo tempo, para mim é o suficiente, desculpe o portugues pois sou do nordeste do Brasil e não sei expressar-me corretamente. Sou Vitoria de coração e torço para o futebol brasileiro, os comentarista do sudeste, ( São Paulo e Rio de Janeiro) devem se reciclar imediatamente. Em outro caso iremos fazer campanha para termos no nordeste do Brasil uma emissora própia e não houvir essa gentália do sudeste do Brasil falando besteira sem nexo para todo o país. Desculpe Tironi, sou bahiano, brasileiro

  • Pedro Cabrial

    Galera está confundindo as coisas aqui… o que o Tironi falou, foi o fato de ser anti ético quando o um clube grande perde um jogador/técnico para outro clube grande, mas quando isso é feito por um clube grande com um clube pequeno, é normal e não deveria ser! Ele citou o exemplo do Thiago Neves, que preferiu o Flu do que o fra… Na época disseram que o Flu foi anti-ético, mas aí cito que foi dito por várias pessoas aqui, ele preferiu ir pro Flu, onde possivelmente achou que teria mais visibilidade, teria mais chances de disputar títulos… e aí, ele errou?

  • Rodolfo

    Não acredito que seja falta de ética fazer a proposta de trabalho pois cabe ao treenador aceitar ou não e ao clube querer ou não negociar o técnico mediante rescisão, assim como acontece com qualquer profissional em qualquer empresa. Talvez o erro do Palmeiras foi ter aberto demais e ai sim a mídia noticiado a possibilidade do jorginho..mas garanto que você como jornalista, se trabalha numa emissora, receber proposta para ir trabalhar em uma outra, certamente avaliará a situação!

  • THiago

    Que sensacionalismo barato !

  • Flavio

    É, editor… esse post é que não foi muito ético, pois você sugere que o Bahia é pequeno porque é do Nordeste.
    Não… O Bahia é um time pequeno, porque tem sido apenas um ilustre visitante da Série A e mesmo nas raras vezes que frequenta a primeira divisão, luta para não cair. Então, o Bahia atualmente é pequeno simplesmente porque é pequeno, e não porque seja do nordeste. Esse bairrismo reverso, é que alimenta o bairrismo primário.
    Depois que o Bahia permanecer por uns 10 anos na série A, formar e contratar jogadores de ponta, disputar umas 4 ou 5 Libertadores, ganhar ao menos uma Copa do Brasil, passar das primeiras fases de uma Sul-Americana, aí sim, poderemos voltar a chamar o Bahia de grande, caso contrário, será apenas uma saudo lembrança dos idos de 1988, onde se sagrou campeão brasileiro com um 0 x 0 no Beira-Rio.
    Abs

  • Quero ver quem receber uma proposta para ganhar talves até o triplo do que esta ganhando, se vai recusar. é a lei do mercado, quem tem mais, compra mais, quem tem menos, compra menos.
    se vc tem dinheiro voce compra um carro de cambio automático e tudo mais, se vc tm pouco dinheiro voce compra um carro de cambio mecanico e tudo a menos, não é mesmo.

  • Ben Domingues

    Ah! Tirone, você não aprende mesmo, as vezes eu acho que você deveria ser comentarista de Turfe, assim os leitores e apaixonados por futebol não perderiam tempo tendo que ler estas estupidezes que escreve, Nada contra a instituição Bahia, nada contra o povo da boa terra, mas a equipe do Bahia é muito fraca e o futebol do norte nordeste a muito tempo vive em baixa, baixa popularidade, baixa capacidade, baixa média de conquistas, o senhor deveria entender um pouco mais de mercado, mercado não supermercado, O Jorginho esta certo em não querer assumir esta confusão do Palmeiras, alias o Palmeiras não o valorizou quando ele esteve lá, o Leão bem que quer mas eu não acredito que seja capaz de tirar o time desta situação, porque o São Marcos e Cezar Sampaio não assumem, seria mais lógico, mais prudente, a torcida iria respeita los mais e os jogadores teriam mais incentivo, sabe porque não assumem, porque estão de olho na Presidência do clube da mais dinheiro.
    O palmeiras é o grande culpado da sua incapacidade, a segunda divisão esta mais próxima do que nunca, o futebol brasileiro caminha em passos largos para falência total.
    Tirone, tira umas férias ou vá escrever sobre Moda….
    Ben Domingues

  • Tironi, seu pensamento alimenta uma idéia de preconceito do Sul e Sudeste para o Nordeste. É fato que olhamos por cima sim, mas isso não obedece critério de região.
    *
    Bahia, Náutico, Vitória, Santa Cruz, Sport, Coritiba, Figueirense, Atlético Paranaense, Avaí, Paraná, Juventude, Ponte Preta, Portuguesa, Guarani…
    Analise a participação deles no Campeonato Brasileiro durante toda a história e me diga quantas vezes eles foram bem. Montaram pouquíssimas equipes de grande nível. Quando montaram, ganharam o título. Caso do Coritiba, o próprio Bahia, o Guarani.
    *
    Montem grandes equipes, ganhem títulos nacionais e enriqueçam vossos clubes e serão respeitados moralmente e comercialmente.

  • Flávio da Luz

    Edmar, Marcos, Thiago e os demais que se posicionam igualmente.
    Ética, caráter, decência, valores morais, hombridade, palavra de homem. Vocês fazem parte daquela maioria que tem que procurar o significado dessas palavras no dicionário. Nasceram com preço e prazo de validade na testa. São produtos que serão usados e descartados. SUBSERVIENTES, SUBMISSOS,CAPACHOS.
    Sigam assim, o mercado precisa de vocês. Continuem limpando a boca com pelos pubianos…, lavando as costas também, né? Um futuro brilhante os aguarda.
    Uns preferem muito dinheiro no bolso. Outros, o orgulho de ter caráter e poder passar isso aos filhos.

  • Corinthiano da Gávea

    O Flamengo vive fazendo propostas para tirar jogadores e técnicos de outros clubes.
    Não tem nada errado.
    Quem pode mais chora menos.

  • Corinthiano da Gávea

    Não vejo nada errado, nem é questão de ética.
    O clube fez uma proposta e o Jorginho aceita se quiser.
    Contrato existe para ser cumprido ou desfeito.
    Qualquer clube faz isso, o fato do técnico ou jogador estar empregado não significa que não pode receber ofertas de trabalho.
    E qualquer trabalhador pode receber proposta de outra empresa.
    O Bahia deveria considerar esse fato como elogio.

  • ricardo

    xupa que é de uva, desrespeito é o que fazem com o palmeiras, o tima ja não é la essas coisa, ai vem umas porcarias de arbitros e mete a mão , se bem que nem um time é uma grande maravilha, tirando fluminense, , o resto é td no mesmo nivel, mas n tem nada não o glorioso alviverde imponente, vai sair dessa, o resto vai xupar que é de uva, e se preparem timeco com stadio do governo, que no ano que vem , tem verdão na libertadors, esquecem libertadores no ano que vem , xupam que é de uvaaaa

  • Prezado, Tironi!

    Escrevi na minha coluna (O Regionalista) no http://www.ecbahia.com.br sobre essa falta de ética no caso Jorginho e mencionei o Vilaron (Sportv), também, como anti-ético e regionalista. Ele teceu um comentário sobre o caso, dos mais infelizes, contra o Bahia. Pequei por conta do momento, ao enquadrar a imprensa Sudestina no mesmo nível do comentário do Wagner Vilaron, a quem chamei, além de regionalista, discriminador. Por isso estou através de você, que faz uma imprensa isenta de regionalismo, pedindo desculpas à imprensa séria e profissional do Sul e Sudeste. Creia, não porque você escreveu a justa matéria acima, mas porque sei que existe a parte da imprensa sadia aí do Sudeste, especialmente, o pessoal da ESPN que dá um espaço muito bacana ao futebol nordestino.

    Atenciosamente

    Djalma Gomes..

  • Anderson Canha

    Acredito não ser uma falta de etica fazer uma proposta melhor para um profissional, seja qualquer o ramo de atuação, existe uma multa? então se a desejo de abas as partes pague-se a bendita e acabou, a opção do jorginho foi ficar, então acabou a historia…
    Postura do Porco foi correta, ligou pro Presidente do Bahia, para o Jorginho, eai sim teve a resposta….Nós Brasileiros temos que evoluir muito, nao existe isso de time menor ser coitadinho…

  • João Marcos

    O autor da matéria demonstra absoluta falta de consistência jornalistica. Sua opinião quer se referir à ética, mas a ética no futebol é outra. Se o clube contrata mal, não dá condições para o técnico, não tem uma gestão moderna e democrática, quem cai é o técnico. Sua posição,portanto está acima da ética porque é sempre ele o penalizado. No caso do Palmeiras, Jorginho é cria palmeirense, é apaixonado pelo Palmeiras e nunca negou isso. Tudo o que o Palmeiras precisa, neste momento é de alguém que goste dele, que se preocupe genuinamente com ele, unica e exclusivamente por amor, porque não tem dinheiro que pague o tormento de ser técnico do Palmeiras. Jorginho é o único que se enquadra nessa situação. Depois é EVAIR. O Corinthians atravessou várias negociações do Palmeiras. E a ética, Tironi? Flamengo atravessou tb e o Fluminense idem. Pq todos podem fazer isso com o palmeiras e o Palmeiras não pode consultar um palmeirense sobre a possibilidade de vir treinar seu clube?

  • Verdade

    Já basta toda a mídia inventar que Botafogo e Atlético-MG são grandes, antigamente era a Portuguesa…e o blogueiro quer inventar que o Bahia é grande.

    Posso inventar que os times que eu gosto, Juventus da Mooca, São Caetano, Santo André e São Bernardo são grandes também? já que é para apelar…

  • Murilo

    Tironi, senti neste post um tom de hipocrisia muito grande da sua parte, acho que vc na verdade quiz fazer uma moralzinha com a turma do Nordeste. Me estranha muito uma pessoa tão inteligente como vc, escrever um absurdo deste, respeito sua opinião, no entanto acho que foi uma péssima idéia este seu comentário. LEI DE MERCADO meu amigo.

  • CLAROMIDES BOCA

    Eu penso um pouco diferente de alguns comentários, a regra que vale para jogadores que não pode mudar de clube depois de 06 jogos, deveria valer tambem para tecnicos, quem me garante que técnicos faz seus besteiras de proposito para só mudar de clube e ainda receber multas monstruosas ou continuar a receber salários dos clubes que sairam. Acho certo continuar recebendo salários depois de dispensando de um clube até vencer o contrato, más depois que estiver em outro clube deveria parar de receber multas ou salários pois ja estaria empregado de novo.
    No caso do Jorginho acho que deveria ouvir proposta do Palmeiras, é verdade que não teria garantias nenhuma no Palmeiras, como tambem não tem garantia nenhuma no Bahia, é só perder uns três ou quatro jogos que estara fora do Bahia.
    Um abraço a todos.

  • Dyl Blanco

    O Bahia foi um time pequeno e não um clube pequeno. Tem estrutura e fôlego financeiro baseado principalmente em seus torcedores, desde os mais humildes que lotam o estádio e compram todos os produtos licenciados do clube, até os mais ricos que contribuem, e bastante, com os cofres do clube. Moro em Salvador a 11 anos e essa obstinada paixão pelo time, seja Vitória ou Bahia, sempre me chamou a atenção. Os próprios dirigentes, mais velhos e conservadores, adotaram essa postura de time pequeno, sempre contratando muitos jogadores conhecidos em fim de carreira, mas com pouco critério, uma tentativa frustrante de qualificar o elenco. Os novos dirigentes, principalmente o do Bahia, tem mudado isso. Ainda se utiliza de jogadores rodados, mas em menor quantidade e os que chegam só se efetivam depois de comprovar empenho e disposição. Na escolha dos técnicos restava ainda uma escolha pelos “medalhões”, para impactar um time composto na maioria de garotos com pouco currículo, mas parece que também mudaram esse aspecto a partir de Falcão e Carpegiani, que trouxeram uma postura mais firme e profissional, sem usar o clube como “escada”. Se essas políticas se mantiverem, estará armado o cenário para o surgimento de um novo pólo futebolístico, deslocado do eixo Sudeste. Aqui, gasta-se muito menos e aproveita-se muito mais que no Sudeste. Muitos profissionais já entenderam isso a algum tempo. Os do futebol agora começam a perceber isso. E se o resultado financeiro fica satisfatório, é muito melhor jogar em estádio lotado do que para 10.000 pessoas (isso nas decisivas) e andar na rua distribuindo autógrafo ao invés de passear ressabiado por um shopping, com medo de ser agredido ou sequestrado.

  • Gustavo

    Pura verdade!

  • Anderson

    Celso Roth recém havia chegado no Vasco, fez uns 2 ou 3 jogos e saiu para ser campeão da Libertadores com o Inter em 2010

  • Edmar

    Reportagem amadora.
    É a lei do mercado. Quem tem dinheiro faz a oferta e se a pessoa quiser aceitar, qual o problema?
    Não recebemos ofertas de trabalho em outras empresas quando realizamos um bom trabalho?

    Se um jornal rival oferecesse 3 ou 5 vezes o seu salário aposto que iria. A maioria faria e isto é normal. POR QUE? Porque todos buscamos uma condição de vida melhor, seja no sudeste, nordeste ou qualquer outro lugar.

    Se o Bahia pagasse 2 milhões por mês para o Tite, voce acha que ele não balançaria?
    Vocês são frágeis e sensíveis demais. Tudo isso faz parte.

  • Marco

    Tirone, se a BBC ou a CNN te pagassem um salário de R$ 300,000, você aceitaria ou iria continuar trabalhando no Lancenet ?????????????????????????????????????? Ou mais, se te fizessem uma proposta, informando o seu editor, você acharia que estas emissoras foram anti-éticas ?????????

  • Falta de ética mesmo. Sacanagem o que fazem com clubes do Nordeste que sobem para a elite do Brasileirão. Perdem os melhores técnicos e os melhores jogadores em virtude do “poder” que os clubes do Sul e Sudeste possuem. Mas, tem outro lado: quem nao quer jogar no Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Grêmio, Inter e outros mais?
    Tudo bem que, quando os clubes vão mal financeiramente, é preciso deixar os jogadores decidirem seu destino. Mas, antes disso, cada atleta tem que ter o respeito de amar a camisa que veste. Vamos respeitar mais os clubes desta rica região gente!!!

  • Claudio

    Quem seria LOUCO de pegar essa bucha chamada palmeiras!?

  • Guilherme Gomes de Lucas

    Torcedores do Bahia que me desculpem. Deixe me apesentar, sou Corinthiano, mas neste caso defendo o Palmeiras… Qualque um que leia este post deve ter consciencia que o Palmeiras iria pagar hipoteticamente pelo menos 5 vezes mais ao Jorginho. Isso é ser anti-ético ou admirar e acreditar no potencial do tecnico e pagar mais do que ele ganha para cumprir esta missão. Acredito que todos como eu, largariam a empresa que trabalham para ganhar pelo menos 5 vezes mais no exato instante sem pensar. A projeção, mídia que rola em São Paulo não tem em nenhum outro lugar do País. Se salvar o Palmeiras da degola, ganha crédto, se o Bahia chegar a Sul-Americana ninguém vai lembrar do técnico. É um abismo sem limites. Respeito a história do Bahia, porém ser gerente numa grande empresa em São Paulo é mais currículo que ser gerente numa empresa média na Bahia. Quem tiver mais leva (Real Madrid faz isso, apesar de não ser sinonimo de títulos).

  • Daniel

    Seria estranho Tite sair do Corinthians e ir pro Palmeiras, embora eu ache exagero falar em falta de ética! Mas não seria nada estranho Geninho sair da Portuguesa pro Santos ou Gilson Kleina sair da Ponte pro Palmeiras, o q inclusive já foi cogitado. Argumentos furados, a verdade é q hoje o Bahia é time pequeno e isso não se deve ao fato de ser do Nordeste.Nada a ver este post!

  • Thiago

    Eu acho muita frescura esse lance de anti-ética. É anti-ética a VW tirar um engenheiro da GM? O cara é profissional, sei que futebol é algo diferente, que mexe com paixão e etc. Mas tem os melhores profissionais quem paga melhor. É assim que funciona o mundo capitalista. Parem com esse MIMIMI irritante.

  • Eder James

    “Impossivel” – esqueceram de colocar “Impossível”.

  • Guilherme

    Como torcedor do Bahia e assinante da ESPN, te agradeço por abordar o assunto dessa forma. Não vi ninguém imprensa indignado com o comportamento da diretoria do Palmeiras. Pelo contrário, alguns comentaristas de um certo programa cheio de fanfarrões e publicidade que é exibido no canal aberto (pra todo o Brasil infelizmente) chegaram a falar que ” um time da grandeza do Palmeiras não podia ficar dependendo de Bahia”. Voce pelo contrário, teve a sensibilidade de enxergar com o nosso olhar, o que é bem raro dentro da crônica esportiva do centro-sul do país. Como vc mesmo falou, a regra é enxergar o Bahia com menosprezo, ignorando inclusive o fato do tricolor ter mais titulos nacionais do que pelo menos um dos 12 clubes considerados grandes. Por isso também te deixo meus parabéns. Abraço!

  • Rodrigo Cole

    Tironi, agora você vai ter que discutir com o Mauro Cesar, que discorda da sua opniao e acha normal essa falta de etica no futebol. Fez analogia com Bahia x Portuguesa/Guarani/Nautico etc para justificar o embate de Bahia x Palmeiras. Imprensa nacional (sudestina) já chega a ser ridicula só pelo fato de só ter sudestinos transmitindo para TODO O BRASIL.

  • Gutenberg Tadeu Mello

    Eu não achei desrespeito nenhum, só não faz o convite ao Tite pq ele não ira trocar ,pois tem a rivallidade paulista.Se for assim desrespeitou o São Caetano ,a Ponte Preta……
    Para de ver coisas e escreva coisa seria,estudou para escrever bobagens….
    abç

  • Felipe Ricco

    Mas que hipocrisia…

    Qualquer profissional no mercado quando recebe uma oferta melhor de salário tem o direito de analisar os prós e contras e decidir se continua onde está ou vai para a outra empresa que paga mais. Só no futebol isso não pode, é anti-ético, é sacanagem, blá, blá, blá…

    Vocês tem que parar de ver o futebol de forma romantica, jogadores e técnicos de futebol gostam tanto, ou até mais, de dinheiro como eu, você Tironi ou qualquer um.

    O ultimo cara que jogava com amor a camisa chama Marcos Roberto Silveira Reis e se aposentou do futebol em 04 de janeiro desse ano.

  • Marcelo

    Times do nordeste do Pais sofrem e muito com o clubismo e o favorecimento dos “intelectuais do sul” isso é histórico, mas grana é grana, mesmo no Palmeiras se Jorginho recebesse uma proposta do Manchester ele iria balançar, isso é fato.

  • carlos

    cria-se uma janela pra treinadores tambem e dai vcs verao que acaba essa palhaçada de demissao de tecnicos e essa falta de ética, ou seja assim como jogadores tem um ceto tempo pra serem contratadfos e registrados na cbf, para treinadores tambem, seria uma boa soluçao até, mesmo se o tecnico for bom ou ruim, sei la´. algo assim…

  • eduardo

    Engraçado não é isso apenas.
    Porque pouco me importa quem ganhará ou deixar de ganhar.
    ACHO MUITO ESTRANHO VC FALAR EM ÉTICA E ,COMO JORNALISTA MESMO QUE DEVERIA SER, NÃO INVESTIGAR AS PODRIDÕES QUE ROLAM EM ESQUEMAS DE JOGS E PRINCIPALMENTE COMO PODEM APOIAR CORINTHIANS CONSTRUINDO ESTÁDIO PRIVADO COM DINHEIRO PÚBLICO…
    MARACANAÇO DE BILHÕES, ESTÁDIOS DO NORDESTE PARA ESTADOS QUE NEM´TIMES…APOIAR COPA DO MUNDO E OLIMPIADAS ,NEM PROTESTAR, FICAR CONTROLANDO GASTOS…EXIGINDO PRESTAÇÃO DE CONTAS…

    VOCË NÃO ACHA ISSO ANTI-ÉTICO?
    Se o seu patrão não te permite isso porque não o favorece, porque perderá audiéncia,etc…E a sua ética em aceitar isso?
    Onde está a ética e o compromisso da imprensa do Brasil?
    ACHO MELHOR VC CONTINUAR COM TUAS REPORTAGENS..SEI QUE TIME VC GOSTA…É POR ISSO QUE VEM PUBLICAMENTE FALAR DO PLAMIERAS..CHUTAR CACHORRO CAÍDO É FÁCIL…
    POR QUE VOCË OU A ESPN NÃO FORAM UMA DAS VOZES QUE CLAMARIAM ALGUMA RACIONAL RAZÃO EM SE FAZER COPA AQUI?
    JUSTAMENTE POR CAUSA DA FALTA DE EDUCAÇÃO ,INFORMÇÃO DO POVO NORDESTINO, QUE APROVA SELEÇÃO ,COPA E OLIMPIADAS AQUI, QUE TODOS SE CALAM..BASTA DAR BOLSA FAMÍCIA(PÃO) E COPA( CIRCO) PARA ELES FICAREM MANSOS…
    OBVIAMENTE QUE EXISTEM NORDESTINOS MUITO CAPAZES E CONTRA TUDO ISSO QUE SE FALA AQUI…MAS NA ULTIMA PESQUISA QUE FIZERAM, APENAS O SUL E O SUDESTE TINHA INDICE DE REJEIÇÃO A ESSES DOIS EVENTOS AQUI..
    ESSA ESTÓRIA DE UNIÃO FEDERATIVA NAO É A MELHOR DEFINITIVAMENTE….
    Obvio que quanto o leite sai da vaca dos outros para ser dividido igual é lindo…mas quando sai da sua casa….
    E um dia isso se tornará estória, assim como no incio da colonização, os bandeirantes eram esquecidos aqui no sul, enquanto os nordestinos ricos nada dividiam…Lembram?
    PIMENTA NOS OOHOS DO OUTROS É REFRESCO…
    FALE DE ÉTICA QUANDO VC A TIVER…NINGUÉM DA IMPRENSA PODE FALAR NADA, DEPOIS QUE FICAM MANSOS SÓ VENDO TUDO QUE VÉM ACONTECENDO

    Reposta do blogueiro:

    Caro
    Tem certeza de q vc acompanha o q eu e a ESPN falamos sobre copa no Brasil, estádios construídos com dinheiro público e etc?
    Abs

  • Missori

    Se o Palmeiras descer à 2ª divisão é aí que a cobra vai fumar mesmo. Já pensaram quem vai querer disputar a Libertadores pelo alviverde sabendo que no segundo semestre terá que disputar a segundona? Se montar um time de médio valor prá disputar a segundona, provavelmente vai naufragar na Libertadores. É uma tremenda sinuca de bico para a “competente” diretoria do Palmeiras! Com todos os defeitos dele, o Felipão ainda era a melhor solução para o Palmeiras, o que era preciso, e continua precisando, é a diretoria se mexer mais, brigar menos internamente (confrontos de “familias”), usar a criatividade para buscar recursos e colocar bons jogadores à disposição do técnico. Não será Jorginho, Leão (putz!!!!!), Dorival Jr., Kleina, Joel Santana, Adilson Batista, Cristóvão Borges, ou o “escambau” que vai resolver a situação do alviverde… Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come…

  • luiz

    Comentarista Tirone,

    Acompanho seus comentários na ESPN, vejo quanto é imparcial e correto seus comentários.
    Sou da Bahia, (A Bahia também é Brasil, alguns comentaristas do sudeste não sabem disso), recentemente um deles disse que o Palmeiras embora estivesse entre os quatro ultimos é melhor que Coritiba, Sport, Nautico, Bahia. Digo-lhe comentarista amigo do nordeste brasileiro, para que isso, nosso clubes não prestam? No último jogo do Brasil tinham dois ex-juvenís do Vitória e um do Bahia. Hulk foi apresentado como ex jogador do São Paulo por uma emissora de TV.
    Agradeço seus comentários imparcial sobre os clubes da Bahia. O clube de futebol que mais revela no país é o EC Vitória, porém está relacionado apenas na 17 colocação feita pelos expert do sudeste brasileiro, que vergonha, a maioria dos comentaristas do sudeste teem que se reciclarem para poderem comentar o futebol brasileiro como um todo.

  • Maurício de Manaus

    Boa tarde TIRONI!
    Discrente de um Brasil melhor, para todos os brasileiros, faço aqui o meu comentário sobre o tema proposto!
    Palavras como caráter, moral, ética, …, infelizmente, só existem, em nosso País, no Dicionário da Língua Portuguesa. Há muito deixaram de ser parâmetros comportamentais, ou seja, vivemos o que o dinheiro possa vir a nos proporcionar, o resto não interessa… Seguimos o que temos observado em quem deveria dar exemplo de conduta, de retidão e não o fazem (juízes, políticos, militares, empresários, mandatários religiosos, médicos, advogados, etc…). O Brasil está apodrecido.
    Em relação ao assédio, creio que um Técnico de Futebol seria muito mais valorizado se erguesse, ou reerguesse, um clube tido como pequeno, a patamares ainda não-alcançados, do que assumir um time que já é renomado, por já possuir vários títulos de campeonatos passados. Fora o fato, de que ao vender-se a uma proposta de um Clube julgado mais famoso, estaria mostrando aos outros Clubes, que não preserva vínculo contratual trabalhista, podendo vir a assumir a mesma atitude, caso viesse a ser funcionário destes, colocando em dúvida futuras possibilidades de trabalho, por parte dos mesmos.
    O povo brasileiro tem que voltar a entender, que dinheiro não é tudo na vida! Precisamos de dinheiro, para viver uma vida feliz, mas acima de tudo honesta!
    Grande abraço!

  • Cunha

    Eu acho o seguinte em todas as profissoes quem paga mais leva,ou na imprensa nao e assim tambem, o palmeiras so nao levou o jorginho porque nao e vantajoso pra ele treinar um time de segunda divisao.

  • Jack wonder

    Ladrão não tem ética, vai e pega o que é dos outros. É por isto que o futebol brasileiro esta em declinio. Falta moralidade. Engraçado é que os mesmos que se acham superiores aqui no Brasil são menosprezados pelos times europeus. O Brasil esquece que o nordeste ja contribui com varios jogadores para Seleção; Bebeto, Rivaldo, Dani alves, Edilson, Vampeta e tantos outros. contudo isto, se o nordeste fosse um Pais seriamos umas das potencias do futebol.

  • Genilson

    Por isso que tenho certeza esse rebanho de porcos, novamente na segunda divisão.

  • Rayfran

    Eita Post de quem nao tinha oque publicar heim.

  • Luiz

    E não se o Tite fosse tentando pelo palmeiras comunicando a diretoria do Corinthians só o torcedor mais fanático acharia isso pessoas normais e dirigentes dos dois clubes achariam normal.

  • Luiz

    Não vejo isso como desrespeito, pois primeiramente como vários disseram se ele não tivesse vencendo seria mandado embora independeste do contrato ou não (ai é normal não é desrespeito), segundo e que o Palmeiras entrou em contato com a Diretoria do Clube falando sobre o interesse no jorginho, desrespeito seria se entrasse em contato com jorginho e fizesse ele criar um ambiente ruim para que fosse mandado embora e assim fechar com o palmeiras sem nenhuma compensação ao time do Bahia.

    E isso acontece com o Lance e qualquer emprego, ou você mesmo Tironi fosse mandado para o Qatar para ganhar 50 mil por mês mas não pode vim ver sua família, e de repente um outro jornal esportivo te oferece os mesmos 50 mil ou até mais para trabalhar ao lado de sua família será que você pensaria não por respeito ao meu contrato vou ficar aqui no Qatar sem minha família para ganhar menos.

    A para vai esse sentimento puritano só existe em gibi, nunca existiu nem na época de dom pedro

  • Bruno

    Se o Palmeiras fosse superior mesmo teria tirado o Jorginho de la. Isso tudo eh balela.

  • Marcos

    Olha Tironi acho que vc está errado na sua colocação.
    Hoje você trabalha para um determinado jornal e um concorrente do seu jornal te oferecer mais você não trocaria? Isso acontece todo dia em muitas empresas.
    E por que não com os técnicos? Se pagar mais e pagar a multa contratual pq não sair? Ele perde a oportunidade de ir para um outro clube ganhando mais, tendo mais projeção, recusando a proposta para ser integro e ético, depois passam 5 ou mais rodadas o time começa a cair de produção quem vai ser mandado embora? O técnico. Onde está a integridade e a ética da diretoria do clube o técnico tem que ser ético o clube não? Tem mais é que sair.
    Com jogador a mesma coisa não quer mais jogar no clube, paga a revisão e sai, mas seja ético e continue jogando e mostrando que mesmo insatisfeito é ético e profissional.

  • tricolor usa

    Muito bom Palmeiras a bem pouco tempo atras reclamaram de falta de etica do flu quando este contratou o Martinucio q tinha um “PRE”contrato com o time paulista mas agora vao la e tentam contratar um tecnico que tem um CONTRATO com o Bahia….e ainda tem coragem de falar de etica…timeco…segundona pra voces!!!!

  • cosme

    sindrome de vira latas não dá,os time do nordeste não fazem isto por não terem cacife,pq. falar muito eles sabem,bem me lembro em 2008 o presidente do sport arrotando grandeza humilhando o TIMÃO,chamando o de timinho de segunda divisão,aonde anda este otario hoje com o time dele subindo em um ano descendo no outro;agora culpar os torcedores daqui,isto é decisão do contratado,o tecnico,oferecer um trabalho a quem quer que seja não é crime,cabe ao tecnicodecidir se deve ou não aceitar,se tiver etica pode muito bem dizer não,e as torcidas do nordeste pararem com a sindrome de viralatas e cobrarem os presidentes de seus clubes uma infraestrura digna da historia e gloria dos seus clubes…

  • de fato o time mais anti ético que ja conheci na minha existencia foi esse tal time da terceira divisão o fluminense do rio…… acredito que o simples pro palmeiras pode resolver, quem sabe narciso não de jeito na situação, como jorginho fez em 2009, depois trouxeram o medalhão muricy e o palmerias lider do brasileiro em 17 rodadas, sequer chegou a libertadores….. as vezes a solução é caseira e esta perto

  • lupuz

    ”’GENIO”’,Palmeiras consultou Jorginho e Bahia,teve um não como resposta do Bahia e desistiu.Muito diferente do teu FLA.

  • Eduardo Andrade

    O Tirone por acaso vc é da familia do presidente do Palmeiras? Para vc que nao sabe o Palmeiras foi ético sim com o Bahia, ontem mesmo Pos negativa a diretoria já tirou o pé com o Jorginho, sabemos que o Lance ODEIA o Palestra, mais se infoe primeiro antes de falar ok!

  • INFELIZMENTE É ASSIM ,NO RIO DE JANEIRO QUEM GOSTA DE FAZER ISSO É O TAL DE FLUMINENSE,O TIMINHO BAIXO,PRINCIPALMENTE CONTRA O VASCO, TUDO DO VASCO INTERESSA AO FLUMINENSE:VÁRIOS JOGADORES FOI ASSIM,RODRIGO CAETANO E AGORA POR ÚLTIMO O HOTEL DA PRÉ TEMPORADA EM ATIBAIA ,ONDE O VASCO FICA O FLUMINENSE QUER.

  • Claudinei Quinino

    Gostaria de dizer , Caro Tironi , que concordo sem porcento com sua opinião . Antes de mais nada , devemos ser homens e honrar nossas calças com o respeito aos nossos compromissos . Hoje , infelizmente não só com o futebol , o valor da “PALAVRA” se perdeu . Uma palavra não vale mais nada , já não é um contrato de honra . Talvez nunca tenha sido , mas prefiro acreditar que algum dia isso já aconteceu … prefiro acreditar que em algum tempo fomos respeitosos, honrados e corajosos … porque o passado as vezes serve de esperança… outras vezes ele “É” a esperança . Trata-se de uma situação desrespeitosa, desonrosa e covarde . E gostaria muito de crer que outros clubes não fariam o mesmo , gostaria de crer que a maioria das pessoas não fariam o mesmo se em mesma situação . O que eu faria ? o que você faria ? o que ele faria ?

  • rene

    Srs vivemos eum um mundo capitalista e como tal cada um decide o que é melhor para si,não vejo desrespeito com o Bahia ou qualquer clube a troca de técnicos pois os clubes mandam embora quando querem.O Jorginho deveria sim aceitar a oferta do Palmeiras,pois dirigir um clube como o Palmeiras é uma honra p/qualquer técnico,além do mais o Bahia que se dane,pois sempre será pequeno perto do maior do Brasil…..

  • Jorge

    E quando o Time desrespeita o treinador e manda embora por uma sequencia de maus resultados, não é desrespeito também?
    E se ele não tivesse obtendo os resultados, alguém falaria em falta de respeito e ética se o Palmeiras ou outro time o quisesse contratar?

  • Leandro Gomes

    Discordo Tirone, não há desrespeito algum e explico o por que!

    Jorginho é um profissional como outro qualquer, caso ele receba uma proposta que ele entenda como vantajosa, ele tem todo o direito de sair é claro arcando com a multa de rescisão contratual. Nenhum profissional no mundo deixa de trocar de empresa quando entende que recebeu uma proposta melhor! Ou você acha que o Manchester United desrespeitou o Arsenal no caso da transferencia do Van Persie? Isto na verdade é apenas aquilo que a imprensa sempre cobrou dos clubes, profissionalismo. Vai lá contrata o profissional e paga a indenização para o outro clube. Simples assim!

  • Igor

    Marcos, o bahia demitiu apenas falcao. Joel saiu da mesma forma, roubado pelo flamengo e caio junior pediu para sair por problemas pessoais

  • a gente vamo para de hipocrisia todos que aqui postaram gostam de R$ não me venham com essa de desapego a bens materiais vemos todo dia na TV irmãos se matando por dinheiro eu que não era assim cansei o dinheiro fala mais alto sempre!!!!!!!!!!!!!!!!!!INFELIZMENTE

  • Marcio Vianna

    Futebol e politica neste pais são totalmente iguais, não há um pingo de credibilidade, ética e moralidade.

  • ALESANDRO

    O PRESIDENTE DO PALMEIRAS TA MAIS PERDIDO QUE CEGO EM TIROTEIO!!!TODO MUNDO TEM O DIREITO DE ERRAR,MAS ERRAR EM TUDO NAO DA!!!!!!!
    EU COMO CORINTIANO DEVERIA ESTAR FELIZ COM ISSO MAS NAO ESTOU,ACHO PESSIMO O PALMEIRAS ESTAR NESSA SITUAÇAO E DIGO MAIS TRAGAM QUEM FOR PARA TECNICO NAO VAI RESOLVER,QUEM CHEGAR NAO TERA PAZ PARA TRABALHAR,SERA INFERNIZADO PELA TORCIDA,PELOS DIRETORES,PELO PRESIDENTE ENFIM O CAOS!!! SO VEJO UMA SAIDA TRAGAM ALGUEM EXPERIENTE(EU ACHO Q JOEL SANTANA SERIA O CARA),LEVEM O TIME PARA OUTRA CIDADE(ISOLAR DESSA CONFUSAO)E AFASTAR E MANDAR EMBORA JOGADORES Q NAO TAO NEM UM POUCO AFIM DE JOGAR,PEGAR OS CHINELINHOS,LARANJAS PODRES E MANDAR PRA BEM LONGE!!!!!!!!

  • MSS

    EU QUERO MAIS É QUE O PALMEIRAS SE EXPLODA… QUERO VER O CIRCO PEGAR FOGO!

    MAS MAIS QUE TUDO, QUERO RIR MUITO DO PARMERINHA JOGANDO CONTRA O ASA, ABC, BRAGANTINO, GUARATINGUETÁ E OUTROS EXPOENTES DA SÉRIE B!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Vitor Hugo Camargo

    Tironi (será que é parente do Banana Tirone presidente do S.E.P?), e quando o Atletico PR contratou o Jorginho e o demitiu 30 dias depois como fica? Agora é desrespeito ele ir para o Palmeiras? O Palmeiras pode estar na serie G, mas sempre sera maior que o Bahia e sempre tera mais projeçao que o Bahia… Deixa ele ficar 5 jogos sem vencer no Bahia e voltar a entrar no Z4, quero ver se o presidente do Bahia vai dizer: “O Jorginho fica ate o final independente dos resultados”. nao vai acontecer. é mandado embora como acontece com todos nesse circulo vicioso do futebol, que ninguem sabe quem começou, mas nao ira terminar nunca.

  • Renato SEP

    Concordo em parte contigo… concordo no sentido de que times do Sul e Sudente enxergam os demais como “pequenos” e por isso, acham que podem ir lá e pegar quem bem quiser… mas, discordo quanto à ética, afinal tem muitas coisas a serem pesadas, além da visibilidade´, que é estar recebendo, provavelmente, um sálario maior daquele que ele recebe hoje, além de ter a possobilidade de estar morando mais próximo da família e amigos… Se a multa for paga, e o técnico quiser ir… não há problema algum, pra nenhum dos lados…
    Duvido que qualuqer um que deixe seu comentário aqui, não trocaria seu atual emprego, pra fazer a mesma coisa, ganhando mais e trabalhando do lado de casa…
    Lembrando que estou tentando ser genérico no comentário (não querendo citar apenas o caso do jorginho)

  • Marcos

    Falando em respeito,quantos tecnicos o Bahia mandou embora neste ano ?

  • Fagner

    Tirone,
    Gostaria da sua opinião sobre isso
    Cartão vermelho para as coincidências
    Um dos fenômenos que se repete são as expulsões sucessivas de atletas dos adversários do Atlético-MG, e numa escala jamais vista no Brasil. Em geral, elas acometem os melhores jogadores dos rivais.Para que se tenha ideia, foram expulsos 10 atletas rivais entre a 20ª e a 38ª rodada de 2011. Neste mesmo período, foram anotados 5 pênaltis a favor do Atlético-MG.
    No campeonato deste ano, em 23 rodadas, 10 atletas rivais foram expulsos até o momento, dos quais três ainda nos primeiros 45 minutos. Ou seja, nos últimos 42 jogos do Atlético-MG no Brasileiro, 20 atletas rivais foram expulsos! A média é de quase um adversário expulso a cada dois jogos!

    http://flusocio.com.br/blog/2012/09/14/cartao-vermelho-para-as-coincidencias/#comments

  • Concordo com voce, tb acho falta de etica.
    Mas não acontece isso aqui porque a multa recisória dos clubes de SP, Rio, etc é bem maior que as do times do nordeste.

  • Raffael

    Sensacional!

  • FLU_CAMPEÃO

    Lei da oferta e procura. Simples assim.. Se o Bahia puder pagar um salário alto e montar um time competitivo, o seu funcionário não sairá!
    Não existe bonzinho nesse meio e um clube “canta” o funcionário de outro mesmo.

    O FLUMINENSE contratou o Thiago Neves que jogava no flamengo, assim como o flamengo”cantou” o Rafael Moura, mas não conseguiu.

    o São Paulo pegava vários jogadores de outros clubes. Sempre assediou. Inclusive o Rogério Ceni foi “cantar” o Washington em 2008 quando o centroavante jogava no FLuminense. Hoje, sem o mesmo poder, o são paulo perdeu o Oscar para o internacional e ficou reclamando de ética..

    O palmeiras reclamou que o flamengo “cantou” o Cleber gladiador. Reclamou de ética. Agora está fazendo a mesma coisa..

  • Junior

    Ué quase todos nesse País não defende o capitalismo????? A imprensa então nem se fala… Isso é capitalismo, vc pisa na cabeça da mãe, se preciso for, pra ganhar dinheiro e ter lucro!!!! Então um treinador querer trocar um clube por outro pra ganhar mais dinheiro não é nada demais se vivemos numa “DEMOCRACIA”! Eu particularmente odeio esse sitsema capitalista, mas como ser Socialista nesse país é como ser um ser maléfico, tento viver.

  • Gabs

    Parem de encher o saco do Palmeiras…
    Não sabem mais o que fazer pra tumultuar ainda mais o clube…

  • Yuri

    Excelente o seu comentário, Tirone.

    O mesmo que alguns dirigentes dos clubes do sul/sudeste fazem com os clubes do norte e do nordeste é semelhante ao que fazem os clubes europeus quando querem os nossos jogadores e treinadores ou, como vc falou, entre eles mesmos, no caso do Flamengo/Thiago Neves/Fluminense.

    O Palmeiras já teve o mesmo expediente quando Falcão esteve no Bahia e também fez um convite a Paulo Angioni para que o mesmo assumisse a direção de futebol do alviverde. Será que não se enxergam?

    Quem exige ser respeitado tem que respeitar também.

    O Palmeiras é grande, mas, assim como o Bahia, tem uma diretoria de SEGUNDA DIVISÃO!

  • Vinícius

    Sem mais palavras! Perfeito!

  • Seria uma falta de ética enorme por parte do Jorginho, que está realizando um belíssimo trabalho para manter o Bahia na Série A. A se confirmar esta “troca” ele irá trabalhar exatamente contra o Bahia na Série A, pois o tricolor é ainda adversário direto do Palmeiras, assim como Sport, Figueirense, Flamengo, Náutico, Portuguesa. Qualquer troca nesse grupo que privilegie um em detrimento do outro terá sido um desrespeito ao futebol e ao campeonato brasileiro. O Tite não é o melhor exemplo, Tirone. O melhor exemplo desta falta de ética é o Dorival Jr, que segundo um jornalista, teria sido procurado pelo Palmeiras. Seja qual for o motivo, Dorival não aceitou. Fez bem.

  • Roberto

    É isso aí, tem que respeitar!

  • Tati

    Gosteei e isso é culpa da imprensa sul/sudeste.
    Mais respeito com o nordeste, por favor.

  • André

    Então nenhum empregado pode receber uma proposta de emprego enquanto trabalha???? é isso???

    Se um time pode demitir um tecnico sem mais nem menos, um tecnico pode aceitar a proposta e tbm pode demitir um time sem mais nem menos.

  • Oliver

    Pelo post. É o que acho também. Infelizmente falta ética. Por exemplo, o Leão que assumiu o São caetano em 31 de agosto já disse que não tem problemas em aceitar um convite do Palmeiras. Isso é desrespeito com a instituição.

MaisRecentes

A lição de Carille e o que vem por aí



Continue Lendo

Em onze dias, o Brasileiro mudou



Continue Lendo

‘Doping’ estimula jogadores do São Paulo



Continue Lendo