Ganhar ou encantar: o que o brasileiro quer do Brasil em 2014?



Para quem acha que o importante é ganhar, não importa como, este post vai provocar urticárias. E a discussão aqui é a Seleção Brasileira.

O que vale mais? Vencer a qualquer custo, ou jogar um bom futebol, mesmo que a vitória não venha? E aí, chegamos à situação de Mano Menezes. Seu time não engrena, os resultados não vêm. Já são dois fracassos importantes: a Copa América e a Olimpíada. Em amistosos, padecemos contra rivais mais fortes, ganhamos dos bem mais fracos e só.

Aí, chegamos à questão central: o que incomoda as pessoas? A falta de resultados do time de Mano ou de um futebol que nos agrade?

A se julgar pelos nomes ventilados como soluções para o problema da Seleção, o que queremos é ganhar, não importa como. Felipão e Muricy, vencedores sem dúvida, não darão ao Brasil um futebol à la Barcelona, vamos dizer. Eles podem nos dar o título em 2014. Se apenas isso importar, a discussão está encerrada: tchau, Mano, venha Muricy e seu muricibol das bolas paradas, defesa sólida, ligação direta defesa/ataque, chutões pra frente, vitórias magras, gols de bola aérea. Ou venha Felipão, da família, da briga, do sofrimento, da pegada, do jogo mascado, das muitas faltas por jogo, que vence no limite.

O time de Mano faz muito mais do que isso? Ao menos o técnico tenta implantar uma filosofia de mais toque e valorização da posse de bola, domínio das ações, imposição do jogo. Se não consegue fazer (e muitas e muitas vezes não consegue mesmo) é outra história. E, vamos admitir, quando pressionado, Mano valoriza mesmo é a vitória, venha como ela venha.

A substituição de Mano Menezes do comando da Seleção não deveria ser simplesmente a troca do técnico para salvar a Copa de 2014. A discussão deveria estar ligada ao tipo de futebol que queremos ver em nossa Seleção. Muricy e Felipão podem nos tazer o título no Brasil. Mas quando o árbitro apitar o fim da decisão, com vitória brasieira, estaremos felizes ou apenas aliviados?

Esta é discussão. E aí, o que você acha?



  • Daniel Silva

    Desde que comecei a analisar táticas de futebol, achava que o futebol bonito tinha que prevalecer mas, depois das derrotas de barcelona e la u(entre outros) comecei a desacreditar um pouco. Mas, concordo com Marcelo Bielsa, tem que jogar bem para vencer, em vez de, escolher um ou outro.

  • A se julgar pelos nomes ventilados como soluções para o problema da Seleção, o que queremos é ganhar, não importa como. Felipão e Muricy, vencedores sem dúvida, não darão ao Brasil um futebol à la Barcelona, vamos dizer. Eles podem nos dar o título em 2014. Se apenas isso importar, a discussão está encerrada: tchau, Mano, venha Muricy e seu muricibol das bolas paradas, defesa sólida, ligação direta defesa/ataque, chutões pra frente, vitórias magras, gols de bola aérea. Ou venha Felipão, da família, da briga, do sofrimento, da pegada, do jogo mascado, das muitas faltas por jogo, que vence no limite.

  • Flurucava

    O Brasil precisa reinventar o seu futebol. Enquanto não faz isso, é melhor ganhar títulos jogando feio mesmo, afinal temos mais estrelinhas no futebol brasileiro do que jogadores de caráter, como em 1994 e 2002. STS.

  • Joao

    todos nos gostamos do futebol bonito mas ñ adianta jogar bonito e ñ ganhar nada é melhor jogar feio e ser campeao.

  • Joao

    esse mano e u idiota ñ sei como ele consegue deixar o lucas na reserva e quando bota ele, bota faltando 5 minutos pra acabar o jogo.ele poderia ter ajudado muito mais e a seleçao poderia ter ate ganhado as olimpiadas.

  • vando neves

    prefiro jogar feio e ganhar os titulos ,do que jogar bonito igual aquele time do AMARELÃO “ZICO; e nao ganhar nem copa america

  • guilherme

    li muitos comentarios falando que o problema esta na formação dos nossos jogadores que esta fraca, discordo plenamente, o Brasil tem, Ganso, Lucas, Neymar, Damiao, Pato, Oscar… são todos muito novos e de greande futebol e pontecial, o brasil do meio pra frente esta com uma geraçao muito boa, agora temos poucos zagueiros, mas minha opniao temos (thiago silva e david luis ou dede) e isso ja nos torna como umas das melhores dupla de zaga do mundo, laterais temos o marcelo e o daniel alves, esses 2 tem estilo de jogo ofensivo e o brasil não pode jogar pra traz entao eles serão muito uteis em um esquema de jogo ofensivo… atualmente eu escalaria o time da seguinte maneira… jefferson (botafogo), marcelo e dani alves nas laterais, zaga formada por david luis e thiago silva (melhor zagueiro do mundo), jogaria com 2 volantes q sabe jogar bola sendo eles paulinho e ramires (no lugar do paulinho tbm poderia ser o romulo ex vasco), meio com oscar e ganso (ou lucas pra dar mais velocidade)… no ataque neymar e damiao (podendo ser o pato no lugar do damiao)… olhando esse time, podemos ver um time muito rapido e criativo tendo os zagueiros q sabe jogar com bola no pe, 2 volantes q sabem desarmar e saem com velocidade e tecnica pro ataque, 2 meio de campos mt criativos e rapidos, e 2 atacantes q sabemos q podem decidir a qualquer momento… e quase o time da olimpiadas sim e quase ele mesmo… mas tem q manter o time jogando junto que eu tenho certeza q esse time traz a copa facil

  • Sem desmerecer o trabalho de nenhum jogador, muito menos dos goleiros reservas, o Fábio, hoje, é simplesmente meio time. Convenhamos, que torcedor que se sentiria totalmente seguro em uma partida sem o Fábio no gol? Posso dizer por mim, eu não!

  • Celio Angeloni

    Caro Tirone, SE tivéssemos craques como Raí, Romário, Bebeto, Zinho, Mazinho etc, poderíamos a duras penas, repetir aquele horror de 1994, é óbvio que não contamos mais, e talvez nunca mais, com jogadores como Sócrates, Zico, Falcão, Cerezo, Oscar, Luisinho, Landro e Éder para repetirmos 1982. Então terá que ser montado um esquema de arbitragem e tabela dirigida (isso na Fifa é comum) para tentarmos o penta. Sim porque com tantos campeões pré-fabricados (vide os últimos 3 brasileiros e a ultima libertadores) com tanta mentira, não chegaremos a lugar algum.
    Parabéns pela sua participação BB2.

  • Felipe Meucrevis

    Eu sou contra troca de tecnico como solucao para um time que nao esta ganhando. Geralmente o tecnico e’ bode expiatorio para acabar com crises em times. MAS no caso da selecao o Mano me preocupa nao pelos resultados negativos mas pelas declaracoes dele e das escalacoes e substituicoes dele. Depois que ele claramente errou ao escalar um lateral Alex Sandro como meia e botar o Lucas faltando tres minutos o Mano fala que as criticas sao injustas e que o credito e’ do Mexico? Ele nao reconhece o erro? O Juan foi pessima escalacao, o Bruno Uvini tambem. Pode errar mas tem que aprender dos erros e nao tenho certeza que seje o caso.

  • Levi

    Resultados antes da copa do mundo nao servem de parametro nenhum, para ser campeao da copa do mundo. Antes da Copa do mundo de 1998, foram campeoes da copa america e confederações em 1997, e sucumbiram na copa do mundo na final contra a frança, em 2006 tambem chegou com muita moral, ganhou tudo antes tambem, jogava um futebol maravilhoso com o quadrado magico q tambem caiu diante da frança, ja em 2010, mesmo sempre questionado o tecnico Dunga tambem fez uma otima campanha pre copa, eliminatorias impecavel, campeao da copa america e da copa das confederações e na copa do mundo cairam diante da holanda. Agora em 2002, chegaram a copa desacreditados, cairam nas quartas nas olimpiadas pra camaroes, ficou em 4º lugar da copa da confederações, caiu vergonhosamente diante de honduras na copa america, ai chegaram na copa do mundo e arrebentaram. Por isso que acho injusta a cobrança em cima do Mano Menezes, que nao é uma unanimidade, mas ele pegou uma seleção em fase de renovação, muitos jovens e isso leva um tempo pra construir uma seleção competente. Mas ele ta no caminho certo, tem que deixar ele trabalhar, e tambem levando em consideração que o tempo de treinamento na seleção é muito curto, intao leva um bom tempo pra ter o entrosamento necessario, mas creio que em 2014 teremos uma seleçao forte, competitiva pra ganhar o HEXA, jogando bonito ou apenas por resultado, o que importa é ser campeão.

  • Mario Pelicano

    Tironi,

    Nossa seleção está realmente num momento muito complicado!

    Temos carências em várias posições, principalmente a de goleiro! Não temos mais aquele cara que segura a onda, Dida, Marcos, Rogério, Taffarel, jogadores de confiança, hoje tempos apenas alguns bons goleiros, nada mais que isso.

    Os craques já não existem mais, com exceto Neymar, que se ainda não pode ser chamado de craque(isso é uma longa discussão), é um jogador muito acima da média, os demais são apenas bons jogadores, na média ou um pouco acima.

    São tempos difíceis, para irmos em frente teremos de ter uma boa administração durante o processo(precisa milagre então!), e principalmente um ótimo plano tático, porque apenas com a genialidade não vai dar não.

    Abraço.

  • Diego Carvalho

    Boa noite,
    O grande problema da seleção afeta também os clubes: Paramos tanto tempo de investir na base, formar jogadores e hoje a seleção sofre com isso. Não temos uma geração tão marcante como tinhamos antigamente. Hoje temos bons jogadores, que sabem jogar individualmente e que mais nada. Ganha-se muitos jogos graças a individualidade e mais nada. Pra Copa, não interessa como, o Brasil tem que ganhar. Mas o futebol bonito, ofensivo, de toque de bola e jogadas plásticas, infelizmente tá cada vez mais tornando-se raro, num jogo cada vez mais defensivo, com esquemas cada vez mais privilegiando a defesa. Hoje o esquema da moda no futebol é o 4-5-1. A seleção não vai demorar muito, vai partir pra esse esquema. Num país que ficou conhecido e marcado pelo 4-2-4, o que vemos hoje é bem diferente. Tomara que isso mude, mas pelo andar da carruagem, não será algo fácil. Abraços

  • tROLL

    Sabe o que falta pra seleção? RAÇA, AMOR A CAMISA… Esses muleques, sim todos esses jogadores da seleção só querem saber de seus clubes e dos seus salarios que são de ouro. Ficam de zuerinha, tirando fotinho no celular, e tmb um tecnico boca aberta que só quer aparecer para a platinada com seu amigo #calabocagalvao. Pra mim desde 2006, quando o Brasil começou a cair em seu buraco, o melhor jogador de todos foi o Lucio, que eu me lembro bem que ele cobrou para os jogadores da seleção que faltava garra, faltava reconhcecer a responsabilidade de usar a camisa amarela, e me lembro mt bem q foi ele que fez o gol de virada em cima dos Estados Unidos na Copa das Confederações na final… Ele vibrou mt e até meu pai, que disse que desde aquela copa que o Rossi eliminou o Brasil ele não ligava mais se a seleção ganhava ou perdia, ele vibrou e disse: Agora o Brasil vai golear.

    Se os jogadores, o capitão liderando e o tecnico orientando e incentivando o seu time a ser Raçudo, jogar com garra e alma, perdendo ou ganhando, driblando ou maltratando a bola, não importa…

    mas não… eles se preocupam com os patrocinios de cueca ou com seus penteados ou ate mesmo suas redes sociais…

    além do mais… tem mt jogador na seleção que a Nike que colocou la…

  • Marcos Roberto

    Bem que poderia ser o Guardiola ou o Bielsa, um treinador de fora para ver se traz novos ares e implante uma filosofia diferente da nossa, que está muito ultrapassada.

  • Rodrigo Santos

    Tirone,

    Quem vai dar esse padrão para a seleção brasileira? Qual o técnico que joga bem no Brasil. Tite da retranca interminável? Cuca das jogadas manjadas de falta e linha de fundo? Quem sabe Abel Braga, com seu 4-5-1? A verdade é que passamos por uma entresafra péssima da técnicos. Não tem ninguém bom, os times brasileiros ganham quando aparece um jogador diferenciado, que desequilibra no mar de mesmice que virou o futebol brasileiro. Então quem é o salvador da pátria? Dunga? Parreira? Felipão? Cuca? Abel? Dorival? Muricy? Tite? Todos são ultrapassados e ineficientes! Devemos baixar a cabeça e reconhecer que nossa fase áurea passou. Eu acho que devemos contratar um estrangeiro.

    Abraço!

  • Mario

    e por q tem q ser Felipão ou Murricy , chegou a hora de trazer um tecnico q ñ seja especialista em retrancas , um estrangeiro se necessario , o melhor é encantar e ganhar ou perder.

  • Lilya Alves

    Oi Tironi, sou sua fã. Adoro seu jeitinho de comentar os jogos…..uma perguntinha, vc é Flu?
    Se for te admiro mais.
    No caso do técnico da Seleção, nenhum desses dois, tem gente melhor por aí……é so procurar….
    quanto aos jogadores, deixe jogar os que jogam aqui, nada de chamar os que estão fora…não tem amor a camisa e jogam de salto alto. Temos muitos craques aqui no Brasil , não precisamos dos outros….não acha?
    bjos
    Lilya

MaisRecentes

Só punição pode acabar com a cafajestagem



Continue Lendo

Ainda é cedo para tudo



Continue Lendo

Nove verdades (ou não) e uma mentira (ou não) do mundo do futebol



Continue Lendo