Cotas de TV quase pararam o Espanhol



Clubes da Espanha ameaçaram impedir o começo do campeonato nacional. Motivo: a divisão de cotas desequilibrada dos direitos de TV.

Uma reunião na terça-feira garantiu uma tréguia dos insurgentes e impediu a paralisação, mas o assunto continua em pauta.

Na Espanha os clubes negociam as cotas de TV separadamente. Isso ajudou Real e Barcelona a ganharem mais e polarizarem o campeonato, tornando os outros clubes meros coadjuvantes. Só para lembrar: no Brasil, as cotas de TV também são negociadas separadamente desde a implosão do Clube dos 13. No que isso vai dar?



  • Rafael Martins

    Ta bem nítido q a globo está querendo tornar o futebol brasileiro numa cópia do futebol espanhol, com apenas 2 clubes disputando o título e todos os outros como meros coadjuvantes. Gostaria apenas de entender o q ela ganha com isso. Sinceramente não consigo entender qual a vantagem dessa emissora transmitir um campeonato q perderá completamente a graça para os demais torcedores, consequentemente perdendo audiência desses mesmos torcedores q ficarão desmotivados vendo seus times entrarem num campeonato sabendo q não terão chance nenhuma de ganhar nada devido ao poderio financeiro q tanto fla quanto corinthians terão.Sinceramente gostaria muito de entender isso, pq não consigo ver q vantagem a globo terá em ¨destruir com os outros clubes¨.

  • Alexandre Dias de Oliveira

    A Globo está preparando a sepultura do modelo criado por ela. Isto ocorre por vários motivos: os “populares” aquinhoados com as maiores cotas estão lotados de parasitas, anulando esta diferença de cotas quase instantaneamente. Além disto, mesmo pagando cotas menores para os outros Clubes, a Globo se viu obrigada a aumentar as participações, pois os outros Clubes são muito fortes, também. O resultado disto é que os mais endividados começam a amortizar dívidas, outros estão aumentando seus investimentos, ficando cada vez mais fortes e preparados para impor cotas maiores à televisão. Além disto, os populares estão cada vez mais impopulares, rejeitados que são por todas as outras torcidas. Se os “populares” expulsarem os parasitas que vivem no seu entorno, é possível que eles se beneficiem temporariamente das cotas mais altas, mas isto é impossível, vez que raizes foram criadas e os parasitas não largam o osso.
    Em breve, maiores receitas serão obtidas pelos Clubes com torcidas fidelizadas, capazes de comprar produtos oficiais etc. As grandes farsas tendem a ser desmascaradas.

  • Jorge

    Está certinho, Corinthians e Flamengo devem receber mais por que dão maior audiência, isso é fato, são estatisticas e quem discute com fatos é louco. São Paulo, Vasco, Gremio, Internacional, Altético MG e Cruzeiro, deveriam receber um pouco menos que os dois gigantes. e o resto é resto mesmo, devem ficar com o que sobrar. basta ver a média de público, por exemplo, de Palmeiras e Fluminense, vergonhoso. O Palmeiras usa a desculpa que Barueri é longe, pura mentira. qualquer paulista sabe o quanto Barueri é próximo da capital, 20 ou 25 minutos de carro, se for de trem tbm não é muito mais que isso.

  • Carlos

    Talvez seja o noso futuro ou por outro lado fique demonstrado o équivoco da rede de tv. Isto pode ser calaro quando percebemos que a própria emissora de tv vêem mudando a transmissão em determinadas praças, no caso Minas (2º maior mercado consumidor do país) e Rio Grande do Sul, isto porque a Globo Minas e a RBS têm dado preferência à transmissão dos jogos dos clubes destes Estados e não de outras localidades, já que com a transmissão de jogos de Corinthians ou Flamengo, há uma queda grande nos indíces de audiência. O fato é que se ocorrer como é na Espanha vai ficar muito chato, o campeonato espanhol é como se fosse um campeonato gaúcho ou mineiro melhorado, só têm 2 times.

  • André

    Times médios e pequenos não fevem ganhar por sua popularidade e retorno de audiência. O Flamengo é a maior torcida e tem mais títulos, portanto deve ganhar mais. Times como Atlético de MG e Botafogo (que não ganham nada de expressão no cenário nacional e internacional) devem se contentar com a parte menor, proporcional a sua importância no cenário do futebol. O que esses times precisam entender é que eles só são “grandes” devido a importância dos campeonatos estaduais; como esses campeonatos estâo perdendo o valor a tendência é que tais clubes se transformem em times clubes médios no panorama nacional. Botafogo, os Atléticos de MG e PR, Internacional, Palmeiras, Bahia e tantos outros não fazem graça no campeonato brasileito há muito tempo…são times médios com torcidas regionais. Não podem ter o mesmo peso de um Flamengo ou Corinthians.

  • Mario

    os pequenos q exijam mais e os maiores q exijam mais ainda cada um de seus pulos e os cartolas q se F**** por só assinar com a Globo e pior já tem noticias de terem renovado ate 2018 e perdido a oportunidade de ganharem mais com a fox .

  • Daniel

    E mais, os clubes que se sentem prejudicados (se tiverem c.u.lhoes) montem uma liga e organizem um campeonato, pronto. que se dane a conmebol, a cbf, torcedor de futebol quer ver jogo, nao importa do que, quer zoar o rival etc.

  • Daniel

    Ridicula essa palhaçada da TV. A Audiencia que Corinthians em Flamengo dão é no máximo 10% em média que os outros paulistas ou cariocas…Se tem torcida maior que ganhem amis dinehiro com venda de produtos, sócios, bilheteria etc. É fácil acabar com isso, joga só so dois então. Demorou para os times espanhois pensarem nisso. Sem falar nas mentiras que dizem pro aí né, 30 milhoes de loucos, 40 milhoes de flamenguistas srsrsrsrsr. Se o corinthians e Flamengo dão tanta mídia assim cadÊ seus patrocínios???
    O mais justo seria pegar 50% do dinheiro e dividir igualmente a todos os clubes da serie A. 30% divide proporcionalmente conforme a audiência e 20% pela colocação do campeonato. se o Total dá 1 bilhao por exemplo, cada time ganharia 50 milhoes, 300 milhoes divididos confomrme a audiencia (se um time tem 10% da audiencia sozinho por exemplo ganha mais 30 paus) e os outros 200 paus divide coforme a colocação no campeonato. Quem não aceitar isso é porque não se garante. A “torcida” mairo deve refletir na audiencia e nos sócios, no retorno dos produtos, nos patrocinios.

  • Juliano

    Deveria ser feito o mesmo aqui, globo LIXO RIDICULA

  • Marcos

    Mário então que se faça um campeonato só com Flamengo e corinthians , e os outros vão para outro campeonato que, tu acha da idéia? , não existe campeonato sem os outros clubes também

  • Cristiano de Freitas

    O Mário (18:59) está equivocado.

    Prezado, já está provado por a+b que o telespectador de futebol hoje no Brasil quer ver jogos com grande apelo, independente de quais times estejam em campo.

    Essa estória de que Flamengo e Corinhtians por sí só já são motivos pra elevar audiência é passado, basta ver a medição dos índices de audiência, onde por exemplo, esse ano na libertadores, o jogo entre Fluminense x Boca Juniors deu mais audiência que Corinthians e Jorge W. , tendo ambos os jogos sido transmitidos no mesmo canal e na mesma faixa de horário.

    Os outros clubes do G12 têm é que se unir mais para evitar a “espanholização” que a rede globo quer implantar na cultura do futebol brasileiro.

  • RENAN

    FAZ UM CAMPEONATO SÓ COM REAL E BARÇA…. QUERO VER NO QUE DÁ…!!!
    ISSO É MUITO INJUSTO.. E A REDE ESGOTO ESTA FAZENDO O MESMO NO FUTEBOL BRASILEIRO… TOMARA QUE OS DEMAIS CLUBES DAQUI TAMBEM SABOTEM OS CAMPEONATOS EM BREVE…!!!

  • Mário

    Cada um ganha o que merece e o que representa. Não adianta chorar. Flamengo e Corinthians dão mais audiência, ou seja, a TV ganha mais com esses dois times. Quer ganhar mais dinheiro? Faça por merecer…
    Hipocrisia essa turma do “vamos dividir igual”. Se for assim, vamos dividir igual também todas as vendas de jogadores, patrocínios, etc.
    Quando um clube negocia sua cota de TV, ele está negociando sua imagem, e isso tem um valor. Cada clube recebe o que vale.

  • Marcel

    O que a Globo esta fazendo é uma sacanagem, entendo que o corinthians e o Flamengo tem mais torcida, porém, não possuem mais títulos, não são os maiores clubes no demérito esportivo.O flamengo é um clube grande, a maior torcida do brasil, mas não encanta o brasil há muito tempo, ganhou o brasileirão com o adriano, mas antes disso, de 90 pra cá, não ganhou NADA, e depois do brasileiro seguiu sem ganhar nada. O Corinthians ainda possui mais títulos que o flamengo, conquistou sua libertadores, mas também não faz parte do ranking dos três clubes com mais títulos no brasil, ou seja, as cotas deveriam ser negociadas em grupo, com valores um pouco maiores para os clubes detentores de mais títulos e audiência, aumentando com isso a competitividade do campeonato, como sempre foi, se continuar desta forma, em 2015, não teremos times para competir com esses dois, pois se um clube querer um jogador de qualidade para sua equipe, os dois clubes poderão ir lá, atropelar a negociação, oferecer mais e levar, isso é normal, faz parte do business, mas pensem que isso acontecerá e muito, e os outros clubes terão que depender da base.

  • Luiz Alan

    Tão querendo fazer a mesma coisa aqui. A globo esta com esta mentalidade tb, querendo transformar o curintias e o flalido em Barcelona e Real Madri.
    As cotas estão sendo maiores para estes dois clubes com uma desculpa esfarrapada de que são os dois clubes com maiores torcidas. Como se fossem apenas eles os responsáveis por grandes audiências. Esquecendo dos outros grandes clubes que existem.
    Claro que com mais dinheiro, melhor condição de trazer melhores jogadores e consequentemente mais títulos.
    E cada dia mais a torcida tende a aumentar. Pq ninguém vai querer torcer para times que não ganham nada.
    Infelizmente esta é a Globo que temos, que não tem respeito com o povo brasileiro.

    Futuramente só vai existir campeonado para estes dois times, os outros serão apenas coadjuvantes como nosso Rubinho Barrichelo e Felippe Massa são na F1.

    Triste realidade.
    Mas é assim o nosso Brasil!

  • marcelo lima

    Serve de alerta, isso pode ocorrer no Brasil com fla e timão a longo prazo . Os demais clubes grandes (os outos 10) deveriam já começar a questionar essa divisão de cotas, o sistema inglês é o mais indicado, salvo engano metade dos recusos é dividido igualitariamente, outro percentual grande pelo desempenho esportivo do ano anterior e um % menos de acordo com audiência televisiva.

  • AndréZão

    Como ficaria os campeonatos sem os times menores? Com quem os gransdes iriam jogar? As cotas deveriam se divididas igualmente para dar a oportunidade dos times menores chegarem fortes nos campeonatos.

  • José Luis

    Não vai demorar muito a acontecer isso por aqui. O que a Globo está fazendo, beneficiando os gambás e os urubus, indica que ela quer polarizar o campeonato entre estes dois ” clubes “.
    Se bem que aqui, os presidentes devem estar todos com o rabo preso.

  • Deveria acontecer o mesmo aqui.

MaisRecentes

O recado é: simular falta funciona!



Continue Lendo

Eles querem ter a posse de bola



Continue Lendo

Boas entrevistas à vista



Continue Lendo