Contra o #Morumbizero



A torcida planeja um protesto no jogo São Paulo, contra o Coritiba, dia 8 de julho. Num ato que está sendo chamado de #Morumbizero, a orientação é a de que ninguém entre no estádio e que a manifestação seja feita do lado de fora do Morumbi. Os alvos: jogadores e diretoria.

Protesto de torcida quando um time não vai bem é legítimo, desde que não violento. Neste caso, ponto para o #Morumbizero. Por outro lado, não entrar no estádio lesa o clube. Quando se deixa de pagar ingresso, deixa-se de engordar os cofres do clube, mesmo que a receita de bilheteria seja nanica.

Além disso, abrir mão de entrar no estádio, dá armas (mais uma) ao adversário, que se sentirá à vontade ao ver uma arquibancada vazia e inofensiva. E se o São Paulo tem nove pontos no campeonato, todos foram conquistados em casa. Se o time começar a ser presa fácil em seus domínios também, aí é que a situação ficará mais complicada ainda.

A voz da torcida é a voz de quem ama o clube incondicionalmente e a voz de quem sofre nos maus momentos. Se a massa tricolor quer ver o time sair da situação em que está, deveria fazer sua parte: entrar no Morumbi e torcer com garra e organização. Tudo o que o time dentro de campo não tem.

Se muitos vão protestar na porta do estádio, muitos mais vão ficar em casa vendo o jogo no aconchego do seu lar, reclamando de tudo e de todos. E, pior, achando que dentro de sua casa está cumprindo seu papel de indignação com seu clube, já que a ordem é não ir ao estádio.

Que a torcida leve faixas, faça barulho, use nariz de palhaço… antes e depois da partida. Durante, é hora de sentar na arquibancada e jogar com o time. Ou pelo time.



MaisRecentes

Na forma da convocação, Inglaterra deu show. O Brasil segue careta.



Continue Lendo

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo

Chega de falar de arbitragem!



Continue Lendo