No Engenhão, cerveja não entra. Mas vândalo sim



Cinco dias entre o crime e a divulgação da pena definitiva. 30 anos afastados dos estádios de futebol. Estes são os números que chamam a atenção no caso do torcedor do Ajax que invadiu o campo e tentou agredir Esteban Alvarado, goleiro do AZ Alkmaar, em jogo pela Copa da Holanda.

O infeliz tem 20 anos e só poderá pisar novamente em uma arquibancada quando tiver 50. Até lá, terá tido tempo bastante para pensar na asneira que fez.

A punição exemplar surgiu no mesmo momento em que foi noticiada no Rio de Janeiro (Brasil) a proibição de bebidas alcoólicas no entorno do Engenhão. Os dois fatos parecem não ter nada a ver, mas têm sim.

Enquanto na Holanda estão chutando dos estádios os arruaceiros, no Brasil quem não entra é a cerveja, mas os baderneiros podem seguir batendo nos outros à vontade, desde que sóbrios.

Os legisladores brasileiros abusam da criatividade na tentativa de coibir a violência. Há anos os estádios paulistas são os mais tristes do Brasil porque ali é proibido entrar com bandeiras. Como se o mastro não necessitasse de um torcedor para mandá-lo na cabeça de um rival.

A proibição de bebida alcoólica no entorno do Engenhão é só mais uma dessas pirotecnias pouco efetivas. O mesmo já ocorre no Maracanã e o secretário de Ordem Pública do Rio de Janeiro, Alex Costa, disse ter “informações de que a ação no Maracanã ajudou a coibir as brigas”.

Há dados sobre isso? Seria interessante se a sociedade fosse convencida com base em dados concretos.

Enquanto isso, uma medida que poderia começar a ajudar no afastamento de baderneiros de verdade de dentro dos estádios patina. O credenciamento das torcidas organizadas, parte do projeto Torcida Legal, vem sendo feito a passos de tartaruga e ainda de maneira nebulosa.

O governo federal, através do Ministério do Esporte ainda na administração Orlando SIlva, repassou R$ 6,2 milhões para o Sindicato das Associações de Futebol (Sindafebol) fazer o cadastramento. O dinheiro foi todo pago, mas o projeto jamais andou.

E a culpa não foi da cerveja.



  • edson

    proibir cerveja reprimir drogas tudo isso e valido mas so proibir nao adianta tem que ter uma atuaçao forte do estado,e tambem tem que brotar da terra tambem um cidadao realmente macho mas muito macho mesmo com o saco bem roxo,e banir nao so do estadio mas pulverizar do universo esta desgraças maleficas chamadas de torcidas organizadas .ou entao liberar geral todas as porcarias,bebidas drogas e os marginais uniformizados.mas a policia teria de sair de dentro dos estadios pra ver se eles se matavam logo e seria um grande alivio para o a sociedade eo futebol ficaria mais limpo e muitoooooooooooooo mais seguro

  • A prática de esportes é um passatempo muito comum no Rio de Janeiro, sendo o futebol o mais popular deles. O Rio abriga cinco clubes brasileiros bastante tradicionais: América , Botafogo , Flamengo , Fluminense e Vasco . A sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) localiza-se em um edifício da Barra da Tijuca , zona oeste .

  • Erik

    Lembro-me de ter ido em um jogo do Gremio, em Porto Alegre, na época em que lá ainda se vendia cerveja no estádio (Campeonato Estadual).
    Sou de Sao Paulo e foi muito divertido, poder tomar uma cerveja sentado na arquibancada… Cantando as musicas e curtindo o jogo com os amigos.
    Faz do programa de ir ao estádio um momento de lazer mais verdadeiro. Nao que se precise de cerveja pra curtir o jogo, mas é como churrasco de domingo: nao precisa, mas se tiver, melhor!

    E poder beber no estádio contornaria o problema da bebida excessiva antes se entrar na arquibancada. Muita gente entorna a lata antes do jogo e isso sim dá problema…

    Mas é isso, o Brasil sempre da um jeito de contorcer o problema e dar voltas pra resolver: A educacao tá ruim? Nao, nao melhora a qualidade do ensino fundamental e médio nao… Cria cotas!
    Tem violência nos estádios? Nao, nao cria ferramentas jurídicas pra punir torcedores. Também nao perde tempo cadastrando as organizadas (que todo mundo sabe que estão na raiz do problema)… Faz assim, proíbe a cerveja nos estádios!

    Brasil, ziu, il..

  • Kleber

    É fácil.
    Exemplo. Torcedores de Flamengo e Palmeiras brigaram (EXEMPLO !!!!). Ambos perdem 10 pontos na classificação. Brigaram de novo. 20 pontos e assim por diante.

    E sem a desculpa de que o clube “naõ tem culpa”. Eu tbm não tenho culpa e não posso ir com a camisa do meu time no jogo por causa de marginais travestidos de torcedores.
    Sem dizer que o mundo inteiro sabe que os clubes financiam torcedores.

    Outra desculpa esfarrapada é que um torcedor colocaria a camisa do rival para prejudicar.

    Comecem a punir os clubes de maneira pesada, comecem a punir as pessoas de forma pesada, que o problema acaba.

    A única questão é que aplicando leis severas, muita gente ficara sem voto nas eleições.

  • Ricardo Prata

    No Brasil a justiça anda no sentido contrário ao resto do mundo.Enquanto lá fora busca o fim da impunidade,aqui no Brasil a justiça favorece a cada dia mais a impunidade,e impede aos bons cidadãos o acesso aos seus direitos.Futebol sem cerveja é que nem arroz sem feijão,Claudinho sem Buchecha.Na Alemanha a cerveja é vendida nos estádios,e na devolução do copo se recebe uma diferença de 1 euro.Com isto,o cidadão tem um certo monitoramento,e ainda mantem a limpeza do estádio.E se ele se exautar,e fizer alguma bobagem , a pena é severa.Com isto,ir aos jogos é uma excelente opção de lazer para toda a família,pois é um evento que vai além do futebol. Vc tem restaurante e lanchonete,exibições em telões,etc. Depois reclamam que torcedor não vai ao estádio.Sofrer para chegar ao estádio,acomodação ruim,alimentação de péssima qualidade,violência,depois sofrer com arrastões e engarrafamentos,e tudo isto de bico seco.Tem de ser masoquista…

  • CÍCERO

    Ou seja. Em vez de proibir os bandidos, vamos liberar as cervejas. Não é pessoal? Aff…

  • felipe

    Daqui irão proibir o futebol nos estadios. Por que só tem violencia no dia de jogo…
    Essa é tipica solução que ataca a consequencia e não a causa do problema

  • Cacá Albuquerque

    Tironi, é aquela história: todo mundo “macomunado” com todo mundo (TV, governo, polícia) e quanto menos torcedor no estádio, mais torcedor no ppv. Só pode ser.

    O certo mesmo é proibir o futebol, já que a culpa é toda dele … rs

    Quero ver se vão proibir cerveja na copa!!

  • pedro

    qualquer confusão que acontece nos estádios esse povinho fica botando culpa nas organizadas!

  • Michel Holanda

    Tem que proibir mesmo!! O Botafogo paga caro pelo estádio e quer comercializar bares e restaurantes dentro do Engenhão então nada mais justo que acabar com ambulantes que não pagam imposto do lado de fora.

    Na verdade isso é proibido em qualquer lugar do Rio , vira e mexe tem repressão da guarda municipal a ambulantes no Centro da cidade.

  • rodrigo de leon

    e maconha e cocaína, pode?? sim, pq quem frequenta estádio sabe que o que mais rola é isso

  • blog do rey fdl

    infelizmente proibem bandeiras ,faixas,camisas,rojoes de fitas e bebidas ,mas os imbecis que fazem todas as merdas possiveis nunka vão parar na cadeia sendo eles de torcidas organizadas ou não .ai vem alguns jornalistas que nunca foram na arquibancada torcer e diz que isso vai ajudar na violencia nos estadios.isso vai acabar com a aleghria de torcer dos estadios,o prazer que era de ir nos estadios de sp que hj em dia não tem graça nenhuma ir no pacaembu até a barraca do pernil tiraram do lado de fora pq?violencia? violencia e o preço de um ingresso de futebol ,o do lanche dentro do estadio então nem diga issi sim é violencia .
    ODIO ETERNO AO FUTEBOL MODERNO

  • Euvaldo Palacios

    Na copa de 2014 teremos verdadeiras batalhas dentro e fora do Maracanã afinal teremos vendas de cerveja dentro do estádio, aí como o prefeitinho não pode proibir… será isto ? ou será ao contrário porque o povo que irá ao estadio ver os jogos no estádio estarão lá apenas para assistir ao jogo e vai tudo transcorrer de forma tranquila ? a Bebida está sendo colocada como culpada em muita coisa como acidentes automobilisticos, brigas de torcidas, mas o que os politicos não querem e fazer leis que sejam cumpridas, ocasionou uma batida estava bebado punição exemplar ( lembra o diretor do Detran que atropelou, matou, fugiu com ajuda dos amigos participantes da lei seca e até agora esta por aí), brigou no estadio ou arredores, punição exemplar como no caso da holanda, é só isto. Futebol já perdeu a graça faz tempo.

  • Renato

    Frequento o engenhão e já frequentei muito o maracanã.

    Digo com propriedade que a venda de bebidas no entorno ou dentro do estadio não estão relacionadas com as brigas das organizadas.

    Essas brigas pra quem são combinadas com antecedencia, a torcida organizada é escoltada pela policia e não se mistura ao torcedor comum, exceto quando entra e sai do estadio. Nenhuma relação desse pessoal com a galera que toma a sua cervejinha nos bares do entorno.

    Outro ponto é com relação aos ambulantes, estes sempre foram proibidos, a prefeitura não os combate porque não quer, nada tem a ver com a bebida alcoolica. Seria muito mais combativo ter bares e restaurantes dentro do estadio, porque faz o torcedor entrar antes no estadio e evita tumultos.

    Esta proibição é como enxugar gelo, na prática andaremos alguns quarteirões para ruas fora da zona de proibição e entraremos cada vez mais em cima da hora do jogo causando tumulto nas roletas.

  • cristhinne taubaté

    enquanto a proibição de cerveja nos estádios eu sou contra pq briga por briga acontece msm devido ao estinto animal do homem rs…, seja por futebol ou por qualquer outra coisa, agora essas leis brasileiras são uma piada pois aqui em são paulo proibem a venda de bebidas alcoolicas para menores “isso está corretíssimo” mais fiscalizam somente estabelicimentos devidamente legalizados pq assim podem multar e assim arrecadar muitos milhões, mais ao msm tempo não fiscalizam bailes funks onde crianças participam de orgias regada a drogas, bebidas etc…pq? se todo mundo sabe que isso acontece com frequencia e como as autoridades não sabem? hj o estatuto da criança e do adolescente só serve pra protejer menores infratores onde se aproveitam dessa lei para praticar crimes e não sem punidos mais este estatuto não proteje realmente as crianças indefesas, pois vimos tantas barbaridades e nada é feito, a pedofilia tá aí na nossa cara, menores se prostituindo em bailes funcks, no nosso bairro, na escola, na nossa cara! e nada é feito, e lá no nordeste então até sabem os pontos e as autoridades locais sabem mais fingem que não sabem de nada entre outras coisas e cadê o estatuto da criança e do adolescente? se for falar tudo de errado das nossas leis melhor escrever um livro pq é muita coisa, agora nossos queridos deputados,senadores, ministros etc.. estão de férias merecidas é claro, pois trabalham demais, dá até dó, ralam pra caramba o ano inteiro só pra fazerem leis que beneficiem a si próprios, como aumento de salários acima de 60 por cento no mínimo pq se aproveitam que o povo tá animado com as festas de fim de ano e não se ligam em política e pecebem que na calada eles estão trabalhando demais

  • cristhinne taubaté

    coincidência logo nos últimos anos de mandato de 1 presidente declarado ser torcedor corintiano roxo o corinthians conseguir tudo isso em pouco tempo? sendo que em 100 anos de história nunca havia conseguido? logo de cara a aproximação do andrés com o RT, logo depois a construção do seu CT, logo o anúncio da contratação do ronaldo “articulação do LULA” depois a suposta construção do travecão nunca tiveram dinheiro mais de uma hora pra outra conseguiram, daí a exclusão do morumbi e o anúncio do tal fielzão sem nem msm sair do papel, cito este num bairro de periferia e sem estrutura alguma pra receber um evento desse porte? entre outras falcatruas, uma vergonha para o brasil, agora para piorar o andrés e o ronaldo na CBF?, isso é chamar a gente de otários, logo o andrés será o presidente da CBF aí nem dá pra imaginar, ou o povo acorda pra vida e veja que essa copa de 2014 virou uma lavanderia de dinheiro público e quem vai pagar conta? nós..torcedores brasileiros haja carga tributária pra dar conta…o impostômetro vai ficar maluco de tanto arrecadar só o tal do “fielzão” vai custar quase 2 bilhões aguardem culpa do LULA!

  • Edgard Alan Souza (@R9Sal)

    Em alguns lugares ja proibiram tambem a torcida visitante

  • carlos henrique

    bricadeira, eu frequento o engenhão, o pessoal do entorno tem chance de ganhar uma grana extra, vai o nosso sensacional prefeito e corta, o maracanã todos sabem q o pau canta na praça da bandeira, na brasil, no engenhão todos sabem q em cascadura, méier, na taquara sempre em dia de clássico o bicho pega, será q cerveja q faz isso acontecer……..isso se chama impunidade, eles se matam e não acontece nada……

  • Fui ao show do U2 onde venderam cerveja a vontade, resultado: não vi uma briga se quer, ninguem foi provar que é homem na base da porrada e em determinada hora a policia militar estava na parte superior da arquibancada em grupos conversanso. Detalhe foram 80.000 pessoas a única nota dissonante foi os eternos cambistas, vendedores de porcaria, flanelinhas (leia-se marginais), falta de acessos e saída, mas isso nínguem quer saber principalmente os nossos defensores públicos, Fim da presença de uniformizadas (deveriam vestir uniforme de presidiários) que vão para mater ou morrer estimulados por profissíonais da imprensa que só sabem falar da paixão do torcedor, sofrimento e todas as pieguices que levam imbecis a resolver seus traumas pessoais e sua incapacidade de viver em sociedade na base da porrada usando o futebol para isso. Punir que é bom nada.

  • Rubem da Silva Moreira Neto

    pelo preço que cobram dentro dos estádios,com certeza a cerveja seria impossivel de se comprar.agora não é só isso que querem proibir.falaram que vão proibir os estacionamentos irregulares nos terrenos próximos ao Engenhão,dizem que o botafogo esta tendo prejuizo.agora eles querem que eu coloque meu carro num estacionamento que leva 40 minutos para entrar,e 2 horas para sair.deve ser brincadeira.quando coloco meu carro num estacionamento de uma casa na rua que da acesso ao estádio,em 5 minutos eu estou na linha amarela,e eles querem que eu coloque meu carro num estacionamento que leva 2 horas para sair,deve ser brincadeira.se for assim,fico em casa.

  • Fernando

    Aqui em Sampa a incompêtencia toma conta da polícia bando de nó cego não tem comando.

  • E ISTO AI TIRONE VANDALOS A VAGABUNDO PODE TUDO NESTE PAIS HOJE SER DIREITO ESTA DIFICIL MAIS FACIL SER TUDO MENOS TRABALHADOR E TER EDUCAÇAO VIU LA NO MORUMBO QUE COISA FEIA O NEIMAR PRESTANDO UM SERVIÇO A POPULAÇAO MAIS CARENTE E VEM JUSTO A TORCIDA DOS MAIS CARENTES E VAIA POR ISTO ESTA DIFICIL DE VIVER POR AQUI SO TEM VAGABUNDO E VANDALOS NE

  • Leone

    É muito mais facil proibir cerveja doque torcedor,vc quer proibir torcida de ir ao estádio?Impossible,vândalos ou não,eles dão dinheiro,muito mais que a cerveja.

  • Isaias Palma

    Perfeita a análise.
    Aos poucos vão proibindo tudo.
    Mais um tempo e nos proibem de sair de casa daí teríamos menos acidentes, melhorariam os indices de segurança públicas, etc…

  • Walberto Castello

    É vdd. Vamos ter de esperar até 2014 pra tomar uma cerveja no Maraca. Pq na Copa do Mundo com certeza vai haver. E aí???? O Brasil não é msm um país sério. Só tem brincalhão nessa terra… aff.

  • Paulo

    O São Paulo copia tudo que o timão lança, agora é a vez do Cruzeiro. O tricolor não é pioneiro em nada a não na construção do Morumbi com dinheiro público?

  • Paulo

    Os bambis e porcos criticaram tanto o fato de haver recursos do município através de títulos públicos, isto é, isenção de imposto para quem investir na região de Itaquera. São Paulo e Palmeiras gostaram da idéia e já procuraram o prefeito para ter uma ajuda com dinheiro público.
    Dessa forma, o Morumbi que já foi construído com dinheiro público vai ter agora uma reforma com dinheiro público. O Prefeito também prometeu ajudar as obras do palestra.
    Ué, agora o dinheiro público vale?
    Que vergonha.

  • GUSTAVO

    É brincadeira, ir ao estádio de futebol e não poder tomar uma cervejinha, pior é proibirem tudo e continuarem a deixar o filho duma égua fumar na nossa cara, é brincadeira isso.
    legislação brasileira de merda.

  • Claudio Viana

    Caro Tironi, esse ano fui ao Engenhão 4 vezes, e como todos sabem é proibido venda de bebida alcoólica dentro do estádio, mas quando olho para o camarote vejo a cerveja rolando solta, a conclusão que eu cheguei é que a lei só existe para os menos favorecidos.

  • fabiano

    Por proibirem a cerveja, não vou mais aos estádios. Está muito melhor ver o jogo no bar com os amigos. Continua com emoção, claro que não a do Maraca, tem segurança e cerveja gelada…. TEM CERVEJA E PAZ.. COMO PODE???

  • washington de campo grande RJ

    TIRONE GOSTO MUITO DO SEU BLOG MAIS VENHO AQUI PARA INFORMA A VOÇÊ, QUE SEU AMIGO DE BLOG JOÃO MARCELO GARZEZ ESTA DE SAIDA DO SITE PODRE DO GLOBO.COM. ONDE ELE SALVOU COM POSTURA CORRETA, VENHO FAZER LOBI PARA O LANCE CONVIDA ESSE PROFISSIONAL DE GRANDE CAPACIDADE.

    DESDE JÁ MUITO OBRIGADO PELO ESPAÇO TIRONE WASHINGTON.

  • Everton Martins

    Concordo com a matéria, pois com cerveja ou não os vâncalos continuarão botando terror dentro e fora dos estádios. Mas quero falar de algo que não tem nada a ver com a matéria. O Neymar é sem dúvidas um dos melhores do mundo e eu era um de seus admiradores. Mas quando fiquei sabendo que ele e seu pai cobraram R$ 200.000 para participar de um jogo beneficiente, minha opinião sobre ele mudou. Esse negócio de ajudar as pessoas na verdade não existe, esses jogadores querem mesmo é se auto promover, mostrar que são ” bonzinhos “, e em alguns casos como esse do Neymar, até cobram.
    Eu não vou a esses eventos, prefiro levar alimentos em uma instituição para não ser conivente com essa farça.

  • leandro

    troço mais sem noção.

    qq um sabe que dá pra comprar umas latinhas dentro dos estádios..através do mercado negro.

    outra coisa….o máximo q algupém poderia beber..seria umas 4, ,,5 latinhas..pq nem dá tempo..pra mais do que isso…

    e quem quiser ir doidão, vai beber no carro ou no busao…

    e quem quiser brigar..vai brigar sóbrio ou doidao…

    e é isso aí!

    futebol sem cerveja..é a mesma coisa de cinema sem pipoca…tem nem lógica…

  • Henrique

    Parece que Goiânia eh um dos poucos locais do Brasil onde a cerveja eh liberada. Sinceramente, não vejo qualquer diferença entre o período em que foi proibido e agora que voltou a ser liberado. Os marginais seguem fazendo atrocidades, cometendo crimes e usando suas drogas.

    Enfim, a culpa não eh da cerveja!

  • Marcus

    Caro Tironi. Normalmente não concordo com suas opiniões. Mas desta vez preciso tirar o chapéu.
    Parabéns pelo post…

  • Devilla

    nooooooooooooooooooooormallllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
    punir realmente os vândalos eles (os donos do futebol) não querem, isso lhes tiraria $$$$…

    vergonha! nd de estranho. É soh ver quem comanda o futebol nesse país…

  • Ricardo

    É a velha história, como as autoridades públicas não têm capacidade nem competência (nem vontade?) para fazer cumprir as leis eles fingem que estão fazendo algo ao restringir a liberdade de todo mundo. Inclusive da maioria que não cria nenhum problema e só quer se divertir assistindo o jogo. E agora ligando o sarcasmo. Pensando bem (estupidamente como nossas brilhantes autoridades), se houve queda da violência em jogos com a proibição de venda de bebidas alcoólicas no entorno do Maracanã, que tal proibir os jogos. Imediatamente teríamos uma redução de 100% da violência em jogos. Brilhante! E se proibíssemos a existência de seres humanos no Brasil todo tipo de violência iria a zero do dia para a noite. Nossa, como é fácil cuidar da segurança pública no Brasil.

  • Fabião

    Como sempre!!!
    Proibiram as bandeiras.
    Proibiram a cerveja.
    Liberaram a VIOLÊNCIA!

    Vc está coberto de razão, Tironi! O que gera a violência é a IMPUNIDADE, não as bandeiras (lindas!) ou a cerveja!!

  • @Tiago_Menezes14

    Será que se o governo brasileiro quiser , ele pode extinguir os alambrados e os vândalos dos estádios brasileiros ??

  • Proibiram os bandeirões…

    Proibiram as cervejas…

    Não me surpreenderei se daqui um tempo proibirem o futebol.

MaisRecentes

Só punição pode acabar com a cafajestagem



Continue Lendo

Ainda é cedo para tudo



Continue Lendo

Nove verdades (ou não) e uma mentira (ou não) do mundo do futebol



Continue Lendo