Adriano deve ser cobrado



Andres Sanchez declarou nesta quarta-feira que não está interessado na vida pessoal de seus jogadores ao comentar a notícia de que Adriano esteve no Rio de Janeiro no fim de semana e que teria bebido cerveja em xícaras para não ser flagrado.

Disse o presidente do Corinthians: “Não sou babá de jogador. Ele faz o que quiser na folga dele. Ele que beba e encha a lata onde quiser. Vou mandar ele dormir às oito horas da noite ao invés das 11? Ele é um atleta e sabe o que é bom e ruim para ele”.

Pode-se argumentar que a vida privada de atletas não é notícia, algo que tendo a concordar. O caso Valdívia da semana passada é uma amostra de como pode ser nocivo o patrulhamento sobre jogadores.

Mas se alguém deveria se preocupar com certos aspectos da vida privada de um atleta além dele mesmo é quem paga seus salários.

Em outras palavras, Andrés tinha o “dever” de pelo menos saber o que o centroavante de seu time está fazendo com seu próprio corpo.

Uma vida desregrada fora de campo encurta a carreira de um atleta, aumenta o período de recuperação de lesões e o coloca fora de forma. Ninguém tem dúvida disso.

Quando Andrés diz que não está interessado na vida pessoal de seu jogador, passa a mensagem de que Adriano pode fazer tudo.

Aí, não é de se estranhar que, mesmo já livre da contusão grave que teve no tornozelo, o jogador não consiga chegar nem perto de sua forma. Tanto que nem relacionado para jogos ele vem sendo.

Para o bem do Corinthians, que Andres esteja mais uma vez blefando publicamente, mas agindo de outra forma no particular. Ou seja, que esteja cobrando compromisso de Adriano. A Fiel agradece.



MaisRecentes

Até mais!



Continue Lendo

Bem-vindo à Seleção, Tite!



Continue Lendo

Evolução



Continue Lendo