Seleção: o elenco é esse. A paixão diminui



O gramado era ruim, o goleiro adversário jogou muito, o Brasil perdeu uma quantidade absurda de chances. Tudo é verdade. Mas isso não alivia em nada o vexame que passamos na Copa América, um dia depois de boa parte da torcida brasileira rir à toa com a eliminação argentina (não foi o meu caso).

Analisando friamente, em quatro jogos o Brasil jogou bem cerca de 30 minutos contra o fraquíssimo Equador. Criou chances, mas não conseguiu furar o bloqueio paraguaio. Volta pra casa de cabeça inchada e com as barbas se preparando para entrar no molho.

O período é de renovação, Mano Menezes teve ainda pouco tempo para trabalhar. Tudo isso pode ser levado em conta. Porém, o elenco é esse aí. Ou alguém consegue achar uma grande injustiça nesta convocação? Alguém que pudesse mudar nosso destino na terra dos hermanos?

Há tempo para evoluir. Não dá ainda para duvidar da capacidade desta geração, Neymar e Ganso principalmente.

Mas é necessário colocar este time para rodar, treinar, enfrentar adversários duros. E ver no que vai dar.

Muito se fala da falta de sintonia que a Seleção Brasileira tem com a torcida e como a paixão pela amarela vem diminuindo rapidamente ano após ano.

Só há um jeito deste fogo renascer: com um time que jogue bem e encante. Isso é diferente de ganhar.

A Seleção de Dunga ganhou tudo até a Copa de 2010 e nem por isso caiu nas graças do povo brasileiro.

A questão aqui é encantar. Se a Seleção de Mano tivesse feito uma primeira fase boa, jogado como jogou hoje e, num sopro de azar, fosse desclassificada, a derrota teria sido mais doída. Mas exatamente o sofrimento de perder jogando bem poderia ajudar trazer a Seleção para dentro de nossos corações novamente.

Do jeito que foi, o torcedor passa a borracha e vai cuidar da sua vida sem nem sequer discutir a eliminação.

No fim, ele só lembra mesmo que o Brasileirão terá seus princi-pais jogadores de volta agora que a Seleção se desmanchou. E acaba vendo vantagem nisso.



MaisRecentes

Bem-vindo à Seleção, Tite!



Continue Lendo

Evolução



Continue Lendo

Vai começar uma nova Copa



Continue Lendo