A convocação de Mano



Duas coisas me chamaram a atenção na convocação de Mano Menezes:

1) A temperatura morna com que a entrevista coletiva aconteceu. A ponto de, no final, o assessor de imprensa da CBF Rodrigo Paiva dizer que “tudo foi multo calmo”.

Bem diferente dos tempos de dupla Dunga e Jorginho, em que cada pergunta era encarada como uma ofensa.

Mas não vamos nos iludir: foi apenas a primeira convocação, a cobrança ainda nem existe e vivemos uma época de expectativa de de esperança.

Ainda assim, Mano é muito mais bem preparado e tranquilo diante de pressão do que seu antecessor. Se isso ganha Copa do Mundo? Não. Mas a convivência é bem melhor, sem dúvida.

2) Os volantes convocados por Mano Menezes. Hernanes (São Paulo), Jucilei (Corinthians), Ramires (Benfica), Sandro (Internacional) e Lucas (Liverpool), todos eles têm uma característica importante: sabem sair para o jogo.

Chegam bem para municiar o ataque, cada um deles pode atuar como um elemento surpresa vindo de trás.

Volantes que sabem jogar são muito importantes no futebol de hoje. O Brasil (e quase ninguém no mundo) produz meias como antigamente.

Portanto, estes jogadores que antes tinha funções quase que exclusivamente defensivas se tornaram importantes na armação das jogadas.

Se a cabeça de Mano pensa em utilizar sempre volantes assim, é uma ótimo indício para a Seleção.

E você, internauta, o que achou da primeira convocação de Mano Menezes?



MaisRecentes

A “injustiça” com Buffon



Continue Lendo

Chega de falar de arbitragem!



Continue Lendo

O juiz errou. E os outros?



Continue Lendo